[Bisca da Primeira Divisão Feminina] Clube de Futebol “Os Belenenses”

João BastosMarço 8, 20185min0

[Bisca da Primeira Divisão Feminina] Clube de Futebol “Os Belenenses”

João BastosMarço 8, 20185min0
Analisamos o naipe da equipa feminina do Clube de Futebol "Os Belenenses" para ir a jogo na 1ª divisão nos próximos dias 17 e 18 de Março em Coimbra

O Campeonato Nacional de Clubes da 1ª divisão realiza-se em Coimbra nos dias 17 e 18 de Março. O Fair Play faz a análise das 12 equipas masculinas e das 12 equipas femininas que disputarão o título de clubes mais importante da natação nacional


Tal como a equipa masculina, também a equipa feminina d’Os Belenenses é a vice-campeã da 2ª divisão em título. E de facto a valia de ambas as equipas é muito similar.

O técnico Fernando Couto vai a jogo com uma boas cartadas:

Ás – Jéssica Vieira

A internacional por Moçambique é das melhores sprinters que estarão presentes em Coimbra. Faz parte do restrito grupo de nadadoras em Portugal que já nadou 50 livres abaixo de 27 segundos. No activo só há 9 nessas condições e 3 não estarão na primeira divisão, o que por aí se percebe que Jéssica será um elemento chave na equipa feminina d’Os Belenenses. Na época passada venceu os 50 e os 100 livres na 2ª divisão. Inclusivamente fez melhor tempo nos 100 metros do que a vencedora da 1ª divisão. Veremos como se sai no confronto directo.

Foto: Nadar CFB

Rainha – Rita Costa

Muita da estratégia de abordagem d’Os Belenenses à primeira divisão passa por Rita Costa. Porquê? Porque a equipa de Belém tem talento de sobra nas provas rápidas e alguma carência em provas longas e técnicas. A especialidade de Rita é a técnica de mariposa, mas o CFB está bem servido de mariposistas (nos 50 e nos 100), o que poderá levar Rita a nadar provas que também nada bem como 200 e 400 estilos, 400 e 800 livres.

Foto: Nadar CFB

Dama – Laura Rodrigues

É uma nadadora com características semelhantes a Jéssica Vieira. Forte nas distâncias curtas, deverá nadar as suas grandes especialidades: 50 e 100 livres, 50 e 100 mariposa, fazendo dupla com Jéssica nas provas de livres, o que garante que Os Beleneneses serão muito pontuados nessas provas…assim como na estafeta de 4×100 livres onde as azuis até podem ganhar.

Foto: Nadar CFB

Manilha – Ana Beatriz Fonseca

Um reforço desta época que veio da Académica de Coimbra e que veio aumentar ainda mais a qualidade da equipa de Belém nas provas de velocidade. Certamente que as nadadoras d’Os Belenenses lamentam não haver estafetas de 50 metros na 1ª divisão porque seriam fortes candidatas a vencê-las. Onde Ana Beatriz é mais forte é nos 50 e 100 livres e 50 mariposa, mas nessas provas só podem nadar 2 nadadoras e entre Beatriz, Jéssica e Laura, o técnico Fernando Couto terá boas dores de cabeça para escalar a equipa.

Foto: Luís Filipe Nunes

Joker – Ana Beatriz Pereira

Noutra fase da sua carreira, Ana Beatriz Pereira seria a carta de maior valor no naipe do CFB. Afinal, é a 9ª melhor portuguesa de sempre nos 200 metros mariposa para além de ser uma excelente nadadora de bruços. A justificação para estar na posição de incógnita é que a nadadora de 27 anos ainda não competiu nesta temporada. A última competição onde esteve presente foi no Open de Portugal onde esteve ao seu nível nas provas de 50 e 100 metros, mas aos 200 já ficou um aquém do que melhor sabe fazer. Ainda assim, será sempre muito útil ao Belenenses em provas como 200 bruços e 200 mariposa.

Foto: Nadar CFB

Trunfos – Margarida Pimenta, Luana Rodrigues, Lidiana Rodrigues e Carolina Rodrigues

Os Belenenses têm uma equipa bastante apetrechada. Margarida Pimenta deverá desdobrar-se entre o meio fundo e/ou fundo das provas de livres e as provas de costas. Luana Rodrigues é uma brucista júnior de bom nível que também tem vindo a evoluir nas provas de costas. A irmã, Lidiana, é ainda juvenil-B a quem se adivinha um grande futuro. Tal como a irmã também tem preferência pelas provas de bruços. Carolina Rodrigues é uma nadadora já com grande currículo mas que não se via em competição há um ano. Em Novembro último nadou os 50 costas numa competição em Espanha ficando aquém do seu recorde pessoal cerca de 2 segundos, mas de Novembro a Março há tempo para encurtar uma parte dessa distância.

Prognóstico Fair Play

Já referimos abundantemente que a equipa feminina d’Os Belenenses tem mais tracção ao sprint (até se pode considerar uma tradição, já que a recordista nacional dos 50 metros livres foi formada no clube do Restelo) e esse facto pode criar algumas descompensações entre provas. Mas, para a equipa 2ª classificada da 2ª divisão da época passada, o objectivo deverá ser ter uma vida tranquila na 1ª divisão e para concretizar este objectivo não é problemático ter provas menos conseguidas, desde que nos “pratos fortes” tudo corra dentro da normalidade.

Fazendo fé na normalidade, antevemos que a equipa feminina do Clube Futebol “Os Belenenses” o 6º lugar.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter