Mundial Futebol Praia Rússia 2021: Os Jogadores a acompanhar

Tiago PelicanoAgosto 16, 20213min0

Mundial Futebol Praia Rússia 2021: Os Jogadores a acompanhar

Tiago PelicanoAgosto 16, 20213min0
Depois dos candidatos ao Mundial de Futebol de Praia 2021, fica a conhecer alguns dos jogadores a ter em atenção, com dois portugueses a merecer destaque

Existem muitos jogadores nas principais seleções aos quais sempre vamos tomar atenção, e são até os que mais aguardamos para ver neste Mundial do Futebol de Praia. Podemos falar nos históricos da seleção das Quinas, como sejam o “Mago” Nuno Belchior, o “Beach Soccer King” Bruno Torres ou os gémeos Martins, na seleção canarinha os tão conhecidos Mauricinho, Datinha, Catarino, Rodrigo, Filipe Silva e Lucão. Também Stankovic e Ott da Suíça, Antonio Mayor e Llorenç da Espanha, Shishin da Rússia ou até Ozu Moreira do Japão. No entanto, vou destacar alguns jogadores que podem neste mundial dar cartas e chamar a atenção.

João Gonçalves “Von”: pivot da seleção nacional e do Sporting CP, estreou-se no mundial em 2019 mas não teve uma competição ao nível daquilo que nos vinha a habituar tanto em qualificações como na Liga Europeia. Neste mundial poderá voltar a ser decisivo com os seus magníficos golos de bicicleta, com que tantas vezes nos deliciou, decidindo jogos importantes a favor das nossas cores.

Ruben Brilhante: o jovem da Nazaré estreou-se em mundiais no Paraguai, em 2019, assumindo a responsabilidade de usar a mítica camisola 6 de Alan, e desta feita envergará o 7 de Madjer. Isto pode acarretar algum peso e pressão extra sobre os ombros do “Golden Boy” português, mas de certeza que irá estar a altura. Tem uma margem de progressão enorme e, tendo sido campeão nacional pelo SC Braga, chegará com certeza motivado para fazer um grande mundial.

André Lourenço: não será tanto uma novidade visto que até faturou na final de 2019, mas será mais uma confirmação do “Rising Star” português, esta poderá ser a sua oportunidade de mostrar que está à altura de fazer o lugar de Jordan Santos e lançar-se como uma estrela, deixando o estatuto de “Rising Star”.

Edson Hulk: o jogador do Sampaio Correia FC tem vindo a revelar-se um atleta de muita qualidade, tendo sido peça fundamental na qualificação do Brasil para o Mundial na Rússia. Irá também querer dar continuidade ao bom momento que atravessa e destacar-se no mundial.

Chiky Ardil: o pivot espanhol da CB Loures fez um campeonato irrepreensível, contabilizando 14 golos no campeonato português. Dotado de uma bicicleta que cria perigo a partir de qualquer zona do campo, foi o jogador mais decisivo da caminhada da CB Loures rumo aos 1/4 de final na EuroWinners Cup 2021 e até à final do campeonato português, no qual se classificou em 2º lugar. Depois de ajudar a CB Loures a alcançar as suas melhores classificações de sempre nas respetivas competições, vai chegar ao mundial com a confiança em alta e com muita vontade de confirmar o seu estatuto enquanto pivot de top mundial.

Edu Suarez: o espanhol do Sporting CP não teve uma época muito feliz, tendo inclusivamente estado afastado da fase final do campeonato português por lesão contraída no último fim-de-semana antes da fase decisiva. No entanto, embarca rumo ao mundial com algumas contas a acertar com a sua temporada individual e será certamente um jogador importante para a seleção castelhana se estiver bem fisicamente.

São assim estes os seis jogadores que considero importante estarmos atentos, para além dos nomes incontornáveis referidos acima. Este mundial vai ser sem dúvida uma competição a não perder, com muitas seleções a pretender tomar em mãos o almejado ceptro de campeões do mundo.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter