Quem são os melhores assistentes do Campeonato Nacional?

José NevesJaneiro 23, 20208min1

Quem são os melhores assistentes do Campeonato Nacional?

José NevesJaneiro 23, 20208min1
Hoje em dia é possível aceder a várias informações estatísticas do campeonato da 1ª divisão como as faltas de equipa e as bolas paradas, mas existe um dado importante que passa muitas vezes despercebido. Afinal, quem são os jogadores que mais golos oferecem aos companheiros?

Nos dias que correm é fácil encontrar vários dados estatísticos referentes ao campeonato nacional da 1ª divisão, o site hoqueipatins.pt, é desde há vários anos uma referência na modalidade no que à sua divulgação diz respeito, e as fichas de jogo online disponibilizadas pela federação, ainda que ocasionalmente não disponham da informação 100% correta ou não a tenham de todo, é igualmente uma ferramenta que aproxima o hóquei em patins dos adeptos.

Ainda assim existe um dado estatístico que não é possível encontrar em qualquer meio de divulgação da modalidade, as assistências para golo. Várias vezes a assistência é tão ou mais preponderante que o próprio golo, por isso, e recorrendo às gravações dos jogos disponibilizadas pela Federação de Patinagem de Portugal através do seu canal de Youtube, fizemos a contagem de todas as assistências para golo em todos os jogos realizados.

Uma vez que a 13ª jornada, e última da primeira volta, ainda não se disputou na sua totalidade, os dados recolhidos, e os resultados a seguir apresentados, correspondem às primeiras 12 jornadas do campeonato.

Na quarta posição do ranking, predomina o número seis

Iniciamos a contagem com um grupo de seis jogadores que contabilizam seis assistências nos doze primeiros jogos do campeonato. Entre eles encontram-se quatro atletas que lutam pela conquista do título de campeão nacional, e dois hoquístas que alinham em equipas que se encontram actualmente no miolo da classificação.

Começando por um jogador que tem sido um dos, senão mesmo o melhor hoquísta até agora da prova, Ezequiel Mena, jovem craque do OC Barcelos, é um dos atletas que somam seis assistências no campeonato.

Um dos principais responsáveis pela excelente campanha do Barcelos no campeonato, que com a vitória de ontem diante do Benfica garantiu a liderança isolada no final da primeira volta, Mena foi titular em todas as partidas do campeonato do Óquei de Barcelos. É o jogador do emblema barcelense com mais assistências para golo, e o segundo melhor marcador da equipa com 12 golos apontados, tendo estado directamente ligado a 18 golos da equipa.

No FC Porto outro jogador tem estado em grande destaque em 2019-20, Gonçalo Alves tem deliciado os adeptos portistas com uns impressionantes 29 golos marcados, mas no que a assistências diz respeito o líder da equipa é outro. Rafa é o jogador azul e branco com mais assistências para golos, com seis, mais duas que Gonçalo Alves que junta quatro assistências aos seus 29 golos.

Rafa é o principal assistente do plantel portista nesta temporada, contabilizando mesmo mais assistências do que golos marcados, o avançado soma apenas quatro golos marcados nas primeiras 12 jornadas de campeonato.

Noutro dos candidatos ao título, no Sporting, o principal assistente da equipa é igualmente um hoquísta habituado aos golos, mas que nesta edição do campeonato parece mais predisposto a oferecê-los aos companheiros de equipa. Pedro Gil leva seis assistências para golo, e apenas quatro golos apontados à 12ª jornada, sendo somente o 5º melhor marcador da turma de Alvalade.

Apesar do número reduzido de golos marcados, o veterano espanhol continua a ser uma das peças mais importantes da equipa de Paulo Freitas como provam os seis golos que já ofereceu a companheiros de equipa.

Na Oliveirense surge igualmente um atleta com seis assistências averbadas no campeonato, mas ao contrário dos jogadores até agora listados, este não é o líder da sua equipa neste dado estatístico.

Jordi Bargalló é outro veterano espanhol que, juntamente com Pedro Gil, definiu uma era de enorme sucesso para o hóquei patinado do país vizinho, e tal como Gil, Bargalló contabiliza seis assistências para golo até ao momento no campeonato.

O nome de Jordi Bargalló surge igualmente no top dos melhores marcadores do campeonato, onde ocupa a quarta posição com 15 golos apontados, tendo o jogador da Oliveirense participado activamente em 21 dos golos da sua equipa.

Aos 40 anos Jordi Bargalló é uma das referências da Oiveirense, e do campeonato (Foto: Filipe Farinha/ Record)

Os restantes dois jogadores são os “intrusos”, sendo os únicos dois hoquístas a actuar em equipas que não são candidatas ao título a figurar nos lugares cimeiros desta lista, ainda que um deles esteja contratualmente ligado a um desses emblemas.

Xavier Cardoso é um dos atletas da Sanjoanense emprestados por grandes da modalidade, estando o defesa/médio ligado contratualmente ao Benfica. Com seis assistências e cinco golos apontados, Xavier Cardoso é um dos destaques de um recém-promovido Sanjoanense que tem conseguido ocupar lugares no miolo da tabela classificativa.

Depois de um início de carreira promissor no Valongo e de uma muito curta passagem pelos encarnados antes do empréstimo, Xavier Cardoso está a mostrar-se a grande nível a Alejandro Dominguez, sendo um dos principais construtores de jogo da equipa de São João da Madeira.

Completando o lote de quartos classificados, um jogador de características defensivas que à várias épocas é um dos esteios da sua equipa na primeira divisão, falamos de André Pimenta, jogador do HC Turquel. Pela ponta do seu stick passa muito do jogo da sua equipa, sendo um dos atletas mais utilizados pelo técnico João Simões.

Pimenta é um dos jogadores mais preponderantes do jogo do Turquel, não pelos golos que marca (conta com apenas dois), mas pela segurança defensiva que oferece à equipa e pela capacidade na construção de jogo, característica que lhe vale um lugar de destaque nesta lista com seis assistências para golo.

 

André Pimenta é um dos pilares do HC Turquel (Foto: HC Turquel)

Um pódio que alinha 100% de vermelho

Os três jogadores que ocupam os lugares do pódio não são companheiros de equipa, apesar de em tempos o terem sido, mas alinham em equipas que têm no vermelho a sua cor predominante.

No segundo lugar com um total de oito assistências temos Carlos Nicolia, o craque argentino que está na sexta época de águia ao peito sempre se notabilizou pelos golos que marca, mas também pelos que dá a marcar, voltando nesta época a ser um dos melhores do campeonato neste último capítulo.

Quer se goste ou não do argentino, a verdade é que é difícil ficar indiferente ao avançado do Benfica que colocou o seu nome como um dos mais marcantes da última década do hóquei em Portugal.

Tal como referido anteriormente, Jordi Bargalló não é o único jogador da Oliveirense a figurar nesta lista, empatado no segundo lugar com oito assistências para golo surge Marc Torra.

É indiscutível que Bargalló e Torra são os dois motores do jogo da equipa de Oliveira de Azeméis e os números comprovam-no. Se Bargalló esteve directamente envolvido em 21 golos, Marc Torra esteve em 26, com 18 golos e 8 assistências, neste capítulo o terceiro elemento mais preponderante no jogo ofensivo da Oliveirense é Jorge Silva, que conta apenas com 7 golos e 3 assistências.

Números que provam a importância dos dois experientes jogadores espanhóis na equipa de Renato Garrido, sendo que Torra mantém a tendência da temporada passada, onde foi igualmente uma das principais individualidades do campeonato.

Conforme descrito no início do parágrafo, o trio que compõe o pódio da tabela dos assistentes partilhou, em tempos, o mesmo balneário. Na temporada 2015-16, época de ouro para o hóquei em patins do Benfica, Marc Torra vestiu a camisola das águias, onde foi companheiro de equipa de Carlos Nicolia e de Diogo Rafael.

Diogo Rafael é o jogador com mais assistências no campeonato (Foto: SL Benfica)

Se na lista de goleadores desde cedo Gonçalo Alves se destacou, na categoria das assistências Diogo Rafael fez o mesmo, liderando de forma destacada. Com 10 assistências averbadas nos primeiros 12 jogos do campeonato, o jogador encarnado tem sido, em 2019-20 um dos elementos em melhor forma da equipa de Alejandro Dominguez, tendo oferecido vários golos a Lucas Ordoñez e Jordi Adroher, principais goleadores da equipa esta época.

A formação do Benfica, que conta com dois nomes no top3 desta lista, é mesmo a equipa com maior número de assistências nesta edição do campeonato com 30 assistências, distribuídas por 8 jogadores, contra a 28 do FC Porto, as 26 da Oliveirense, e as 25 de Sporting e Barcelos.

Tabela dos melhores assistentes do campeonato nacional da 1ª divisão

(Foto de Capa: Isabel Cutileiro / SL Benfica)


One comment

  • Jaques

    Janeiro 24, 2020 at 10:27 pm

    Boas

    Eu também faço a minha compilação estatística e contabilizo até agora 7 passes para golo de Romero (2 para Souto, Paço de Arcos e Tigres, 1 para Platero, UDO, 1 Verona, Paço de Arcos, 1 Font, Tigres, 1 Toni Perez, HC Braga, e 1 Gil, HC Turquel)…

    O Romero é o mais completo jogador do Sporting — lidera nos passes para golo (7), é o segundo melhor marcador do Sporting (14 golos em 3 provas), é o primeiro nos golos em remates de longa distância (6), tem ainda 4 golos em desvios à boca da baliza, e soma ainda 2 golos de Livre Directo.

    Reply

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter