Contagem decrescente para o arranque da fase final

José NevesAbril 22, 202110min0

Contagem decrescente para o arranque da fase final

José NevesAbril 22, 202110min0
É já neste fim de semana que a fase final do campeonato nacional da 1ª divisão arranca, com o jogo 1 dos quartos de final do playoff.

Terminada que está a fase regular do campeonato nacional da 1ª divisão, chegou a hora do início dos playoff. No próximo sábado as quatro eliminatórias da ronda inaugural desta fase final arrancam com o primeiro jogo de três possíveis, em casa das equipas melhores classificadas.

Numa primeira eliminatória de resolução rápida, com os jogos 2 e 3 agendados para os dias 1 e 5 de Maio, os oito clubes que entram em prova jogam pelo acesso ás meias finais, aí já à melhor de 5 partidas.

Quadro para o playoff (Fonte: hoqueipatins.pt)

(1º) FC Porto vs A Juventude Viana (8º)

É no Dragão Arena que os playoff arrancam, com o vencedor da fase regular a receber os minhotos da Juventude de Viana.

O FC Porto iniciou a época com o patim esquerdo, tendo sido goleado na jornada inaugural no Pavilhão da Luz por 7-3, mas essa foi a primeira de apenas duas derrotas que os dragões averbaram em todo o campeonato.

O “reforço de inverno” Carlo Di Benedetto, que perdeu os primeiros dois meses da época por lesão, foi preponderante na melhoria do Porto ao longo da temporada. Desde o regresso do craque francês apenas por duas ocasiões o FC Porto não venceu, nos empates 4-4 em Tomar, e 2-2 em casa frente ao Sporting.

Do lado vianense, apenas na última jornada o passaporte para o playoff foi carimbado com a goleada por 6-0 em Almeirim, frente ao já despromovido Tigres, aliada à derrota da Sanjoanense no Pavilhão João Rocha.

Para que a equipa de André Azevedo cause sensação e elimine o vencedor da fase regular já no arranque da fase final, terá forçosamente de fazer algo que apenas por duas vezes na sua história conseguiu, vencer o FC Porto na condição de visitante.

Foi já nas longínquas épocas de 1981/82 e 1986/87, que a Juv. Viana visitou a casa portista e de lá saiu com os três pontos, com os resultados de 2-5 e 1-2, respectivamente. Mesmo nos jogos realizados em Viana do Castelo, para encontrarmos a última vitória vianense temos de recuar a 2010-11, nessa época a Juventude Viana acabou despromovida e o FC Porto conquistou o deca-campeonato, mas na visita ao Pavilhão de Monserrate a equipa azul-e-branca perderia por 9-6.

FC Porto e Juventude de Viana é já um encontro clássico no playoff, nas últimas duas temporadas em que o campeonato foi decidido em formato de playoff, portistas e vianenses defrontaram-se com a vitória a sorrir em ambas as ocasiões aos dragões.

Em 2007/08, numas meias finais jogadas à melhor de 3 partidas, a Juventude de Viana não esteve longe de eliminar o FC Porto que havia terminado a fase regular no 1º lugar. Com vitória do FC Porto no jogo 1, os minhotos venceriam o jogo 2 em sua casa num encontro decidido apenas no desempate por grandes penalidades. De volta ao Porto para o jogo decisivo, os comandados por Franklim Pais acabariam por sair vitoriosos, mas apenas na decisão por golo de ouro. Após o susto das meias frente à Juventude de Viana, o FC Porto acabaria por vencer o campeonato numa final à melhor de 5 perante o Benfica, necessitando apenas de 4 encontros.

Já em 2008/09 o duelo ficou marcado para a final do playoff, o FC Porto, mais uma vez vencedor da fase regular, encontrava na final uma Juventude de Viana 3ª classificada, que nas meias finais havia deixado pelo caminho o 2º classificado Oliveirense. Mas mais uma vez na final foi o FC Porto a festejar, e mais uma vez os dragões sagravam-se campeões em 4 jogos.

Últimos cinco jogos oficiais entre ambos:

FC Porto 7-5 Juv. Viana (Campeonato Nacional 2018/19)
FC Porto 3-3 Juv. Viana (Campeonato Nacional 2019/20)
Juv. Viana 2-2 FC Porto (Campeonato Nacional 2018/20)
FC Porto 4-2 Juv. Viana (Campeonato Nacional 2020/21)
Juv. Viana 0-6 FC Porto (Campeonato Nacional 2020/21)

Juv. Viana é o primeiro obstáculo no caminho para a revalidação do título do Porto (Foto: Ivo Carvalho)

(2º) Sporting CP vs AD Valongo (7º)

A 1ª jornada dos quartos de final encerra no Pavilhão João Rocha, Sporting e Valongo serão as últimas equipas a entrar em pista no próximo sábado.

O Sporting apenas na última jornada de fase regular chegou ao segundo lugar, com uma vitória frente à AD Sanjoanense por 10-6, e beneficiando da derrota do OC Barcelos, equipa que ocupava o 2º posto à entrada para a derradeira partida, no terreno do Benfica.

Pelo contrário, o Valongo foi uma das poucas equipas que entrou para a última jornada já sabedora do seu destino. No caso, qualquer que fosse o resultado dos valonguenses na receção ao HC Turquel (que acabou por ser uma derrota que salvou os turquelenses da despromoção), o 7º lugar da fase regular já não escaparia à equipa de Edo Bosch, que esperava apenas pelo adversário para esta fase final.

Duas equipas com bons registos defensivos, os leões terminaram a fase regular com a segunda defesa menos batida do campeonato com 64 golos sofridos, apenas mais dois que o eterno rival Benfica, que, apesar do 4º lugar final, foi a equipa que menos golos consentiu na fase regular do campeonato.

O Valongo terminou com o 4º melhor registo defensivo com apenas 79 golos sofridos, um número de destaque para uma formação que não se apresenta como candidata ao título. Apesar dos bons números defensivos, a equipa de Edo Bosch foi o terceiro pior ataque da competição com 66 golos marcados, contrastando com os 116 do Sporting.

O histórico recente vem confirmar o favoritismo leonino para o embate deste playoff, a última vitória do Valongo perante o Sporting foi um 5-3, na época 2015/16. Fora de portas, o último triunfo do Valongo aconteceu na temporada 2013/14 de boa memória para o clube valonguense, na caminhada para o título de campeão nacional, a equipa onde pontificavam, entre outros, os actuais leões Ângelo Girão, João Souto e Telmo Pinto, venceria um Sporting que à altura lutava por outros objectivos por 2-3.

Últimos cinco jogos oficiais entre ambos:

AD Valongo 1-2 Sporting CP (Campeonato Nacional 2018/19)
Sporting CP 9-1 AD Valongo (Campeonato Nacional 2018/19)
AD Valongo 2-3 Sporting CP (Campeonato Nacional 2019/20)
Sporting CP 3-3 AD Valongo (Campeonato Nacional 2020/21)
AD Valongo 4-7 Sporting CP (Campeonato Nacional 2020/21)

Sporting terá no Valongo um primeiro adversário de valor no playoff (Foto: Sporting CP)

(3º) OC Barcelos vs SC Tomar (6º)

O mais recente candidato ao título, OC Barcelos, terá pela frente nos quartos de final um perigoso SC Tomar, que apesar de recém-promovido à 1ª divisão, apostou forte para chegar à posição em que terminou a fase regular.

O Barcelos, esta época já declarado candidato ao título, passou toda a temporada nas quatro primeiras posições, tendo inclusive liderado o campeonato em 9 jornadas. Acabou relegado para o 3º posto já no último minuto da última jornada, depois de ver o SL Benfica virar na ponta final da partida um 3-4 em 5-4, uma reviravolta encarnada que colocava os barcelenses no caminho do SC Tomar.

Os ribatejanos, tal como o Valongo, era uma das equipas que já não lutava por qualquer posição à entrada da última jornada, mas isso não impediu a equipa de Nuno Lopes de terminar a fase regular em alta, batendo o já despromovido Riba d’Ave por 6-3.

Uma deslocação tradicionalmente difícil para qualquer adversário, nos últimos 10 anos a vitória mais folgada do Barcelos em Tomar foi um 1-3 em 2017/18. Essa vitória colocou fim a uma série de 5 derrotas consecutivas dos minhotos em terras templárias (entre as épocas 2010/11 e 2017/18).

Em Barcelos, a última vitória nabantina (5-7) aconteceu na época 2010/11, temporada de despromoção para o Tomar que, ainda assim, fez 6 pontos frente a um Barcelos que terminou essa edição do campeonato no 9º lugar.

Últimos cinco jogos oficiais entre ambos:

SC Tomar 1-3 OC Barcelos (Campeonato Nacional 2017/18)
SC Tomar 0-0 OC Barcelos (Campeonato Nacional 2018/19)
OC Barcelos 4-4 SC Tomar (Campeonato Nacional 2018/19)
OC Barcelos 7-3 SC Tomar (Campeonato Nacional 2020/21)
SC Tomar 3-4 OC Barcelos (Campeonato Nacional 2020/21)

Oc Barcelos terá teste de fogo perante SC Tomar (Foto: mediotejo.net)

(4º) SL Benfica vs UD Oliveirense (5º)

Quando no início da época o sistema de playoff foi anunciado, ficou a certeza de que haveria confronto entre candidatos ao título na primeira eliminatória da fase final. SL Benfica e UD Oliveirense, dois candidatos ao título nacional e europeu, vão batalhar para não ficarem pelo caminho mais cedo que certamente esperavam.

Claramente as duas formações mais irregulares de entre os cinco candidatos, irão agora lutar, não só pela continuidade da sua candidatura ao título, como também por um lugar na próxima edição da Liga Europeia.

A época do Benfica tem sido de altos e baixos, se por um lado a equipa de Alejandro Dominguez goleou categoricamente Liceo e Barcelona em noites consecutivas na Liga Europeia, por outro, foi também surpreendida no campeonato pelo agora despromovido Riba d’Ave, que dos 18 pontos que conquistou o longo da época, 6 foram às custas das águias.

O 4º lugar final do Benfica pode mesmo justificar-se com os pontos perdidos frente a equipas com objectivos mais modestos, já que no mini-campeonato entre os cinco candidatos, o Benfica liderou com 14 pontos nos confrontos directos.

Do outro lado está uma Oliveirense que, nesse mesmo mini-campeonato a 5, foi de longe a pior das equipas, averbando apenas 4 pontos nos confrontos directos (vitória caseira frente ao Sporting 3-1 e empate na Luz 2-2).

Outro dado que salta à vista na Oliveirense é o número de golos sofridos (92), a equipa de Oliveira de Azeméis foi apenas a 9ª melhor defesa do campeonato, tendo consentido mais golos que o sexto Tomar (89), o sétimo Valongo (79), o oitavo Juv.Viana (90), e o décimo primeiro Turquel (89).

Tal como FC Porto e Juventude Viana, também Benfica e Oliveirense se encontraram nos playoff de 2007/08 e 2008/09. Em 2007/08 o confronto deu-se nas meias finais, com as águias a vencerem na “negra”, em 2008/09 defrontaram-se na eliminatória de 3º/4º lugares, com as águias a saírem mais uma vez vitoriosas, desta vez em apenas 2 jogos.

Últimos cinco jogos oficiais entre ambos:

UD Oliveirense 5-2 SL Benfica (Final da Taça de Portugal 2018/19)
SL Benfica 8-3 UD Oliveirense (Campeonato Nacional 2019/20)
UD Oliveirense 3-5 SL Benfica Campeonato Nacional 2020/21)
SL Benfica 3-3 (7-5 após pen.) UD Oliveirense (Meia Final da Taça 1947)
SL Benfica 2-2 UD Oliveirense (Campeonato Nacional 2020/21)

Benfica e Oliveirense defrontam-se já no início do playoff (Foto: Catarina Maria/FPP)

(Foto de Capa: Afonso Ferraz/FPP)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter