Então WSL, o Dreamtour fica para 2021?

Palex FerreiraJulho 22, 20203min0

Então WSL, o Dreamtour fica para 2021?

Palex FerreiraJulho 22, 20203min0
O Dreamtour deverá ficar para 2021 mas ainda subsistem dúvidas em relação às ideias da WSL em relação ao campeonato mundial do surf. Será que vai mesmo acontecer?

Este ano tem sido muito diferente, mas será apenas este ou isto é apenas o princípio de tudo mudar? A pandemia chegou sem aviso, e não deixou ninguém preparar nada, o surf também foi apanhado nesta novela dracolesca que tem sido desde Março 2020.

As competições pararam a 100%, a primeira liga a retomar a actividade foi a liga profissional portuguesa, que com uma equipa de luxo conseguiram reactivar o surf de competição, para alegria dos nossos inúmeros competidores, já existe agora calendário para o bodyboard 2020, e pouco mais no que respeita a competições.

A World Surf League alterou o Dream Tour e avisou que só regressa em 2021, ou seja, 2020 não vai ter nenhum campeão do principal escalão do surf mundial, não vão haver subidas nem descidas de divisão (dos WQS (world Qualifying Series) para o World Surf League), o circuito WSL só regressa em 2021 e cheio de novidades, menos provas e um face to face para sagrar um campeão mundial.

A etapa portuguesa muda de Outubro para Fevereiro, e isso pode ser uma mais valia, tal como o Director Geral WSL Francisco Spínola comunicou à comunicação social, “há mais ondas e mais propensão a haver ondas grandes, fortes em Fevereiro do que em Outubro), isso é garantido, no fim do inverno e na chegada da primavera as tempestades são mais consistentes, e isso resultará em princípio num espectáculo ainda maior do que costuma ser. (esperemos todos que sim!!)

Em relação aos surfistas profissionais as coisas podem não ser assim tão lineares, porque têm acordos com marcas, recebem material, treinam e depois não há provas. Para alguns será um ano de treinos forte para atacarem ainda melhor o ano 2021, para outros haverão problema em manter esses patrocinadores, porque com crise muitas marcas deixaram de vender como vendiam, e dessa forma não conseguem suportar atletas. O Ano 2020 está perdido em termos de competição, ou em grande parte danificada.

Porque para irem às etapas que vão acontecer, terão que viajar por países onde a pandemia aparentemente não está controlada, e as marcas que se propuseram a sustentar essas etapas, serão colocadas à prova neste esforço gigante, num ano de crise.

Após este desabafo, vindo de um apreciador de surf ao mais alto nível, fico preocupado não com a modalidade, porque essa está bem de saúde, mas com os potenciais danos colaterais que podem advir desta crise.

Boa sorte e continuem a elevar o surf, que existam outra vez muitas etapas, quer da WSL, quer da FPS, e até dos clubes regionais (ASCC; ESC, SCCS, etc etc, ) e em todos os circuitos (Surf, Longboard, Bodyboard, skiming etc etc).

 

O desafio vai ser enorme, e esperemos que tudo termine bem!

O novo formato da WSL para 2021 – VIA: WorldSurfleague.com

Plano da WSL 2021 –

2021 Championship Tour Season*:

*All events and dates subject to change due to applicable COVID-19 related restrictions, including global travel restrictions.

  • Shiseido Maui Pro presented by ROXY: Maui, Hawaii | November 25 – December 6, 2020
  • Billabong Pipe Masters: Oahu, Hawaii | December 8 – 20, 2020
  • MEO Pro Portugal: Peniche, Portugal | February 18 – 28, 2021
  • Corona Open Gold Coast presented by Billabong: Queensland, Australia | March 18 – 28, 2021
  • Rip Curl Pro Bells Beach: Victoria, Australia | April 1 – 11, 2021
  • Margaret River Pro: Western Australia, Australia | April 16 – 26, 2021
  • Oi Rio Pro presented by Corona: Saquarema, Brasil | May 20 – 29, 2021
  • Surf Ranch Pro: California, USA | June 10 – 13, 2021
  • Quiksilver Pro G-Land: Indonesia | June 20 – 29, 2021
  • Corona Open J-Bay: South Africa | July 7 – 19, 2021
  • Outerknown Tahiti Pro: Teahupo’o, Tahiti | August 26 – September 6, 2021
  • The WSL Finals: Location TBD | September 8 – 16, 2021

Fonte: https://www.worldsurfleague.com/ 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter