Calendário do Campeonato de Andebol 1 2019/2020

João de MatosJulho 29, 20193min0

Calendário do Campeonato de Andebol 1 2019/2020

João de MatosJulho 29, 20193min0
O Campeonato Nacional de Andebol da I Divisão já foi sorteado, tendo ditado que o primeiro jogo do FC Porto, campeão nacional, é em casa, diante do Madeira SAD.

O primeiro clássico do Andebol 1 de 2019/20 ocorre à terceira jornada, com o Benfica-Sporting, no dia 7 de setembro.

O Campeonato Nacional de Andebol da I Divisão já foi sorteado, tendo ditado que o primeiro jogo do FC Porto, campeão nacional, é em casa, diante do Madeira SAD, algo que, curiosamente, já havia sucedido na temporada passada. De resto, também o Benfica defrontará o mesmo adversário da época anterior, o ISMAI, só que, agora, o conjunto de Carlos Resende estará na condição de visitante. O Sporting arranca com uma visita ao terreno do Boa Hora.

Nesta primeira jornada, marcada para 31 de agosto, há também a curiosidade de se defrontarem duas equipas que vieram da 2ª Divisão: FC Gaia e V. Setúbal.

O SL Benfica-FC Porto será à 11.ª jornada, a 9 de novembro, e o FC Porto-Sporting logo na jornada seguinte, do dia 16 do mesmo mês.

1.ª jornada:

Maia – Benfica

Boa Hora – Sporting

SC Horta – Águas Santas

Gaia – Vitória de Setúbal

ABC – Belenenses

FC Porto – Madeira SAD

Esta época teremos um FC Porto idêntico ao da época transata, um Sporting com um lema assumido de aposta da juventude, e o maior reforço de todos, uma nova cara para o banco, o treinador Anti. Já o rival da segunda circular, o Sport Lisboa e Benfica, entrará no campeonato de cara lavada, e com a determinação e foco de conquistar o tão desejado título de andebol, que já foge às águias há 11 épocas.

A ter atenção é o plantel do Madeira SAD, que desde há umas épocas para cá tem feito um bom investimento na equipa de andebol, com contrações e aposta em jovens portugueses como Valter Soares, pivot proveniente do SL Benfica por empréstimo e Hugo Lima central de 25 anos também oriundo das águias, e juntando a este plantel de jovens, o Madeira SAD junta também grandes veteranos do andebol português, como Cláudio Pedroso, Elledy Semedo e Elias António, tudo jogadores que outrora eram titulares nos clubes grandes do andebol nacional.

 

Apenas um nota sobre o assunto do momento, que esta semana o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Andebol emitiu, um comunicado a dar conta do arquivamento do processo de inquérito de natureza disciplinar relativo ao chamado caso “Cashball”.
Em causa, recorde-se, está o alegado envolvimento do Sporting num esquema de corrupção para vencer o campeonato da época 2016/2017, colocando fim a jejum de 16 anos.

Com toda a imparcialidade do mundo, o Fair Play repudia todo o tipo de comportamento indiciado neste processo, e com o objetivo de barrar completamente os comportamentos e indícios que acontecem nos respectivos clubes no Futebol, para não transpor para a modalidade que é o andebol, o Sporting na época 16/17 esteve a um nível muito exemplar do que é uma equipa digna de campeã, com resultados sempre muito dilatados contra a maioria dos adversários e em confronto direto co os seus adversários mais fortes esteve sempre por cima, coincidindo com um total de 7 vitórias em 10 jogos na fase final do campeonato, e com um plantel muito diferenciado de SL Benfica e FC Porto, foram os justos vencedores.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter