Andebol Luso na Europa 8# Benfica apurado e Sporting perto do objectivo

Bernardo GalanteDezembro 3, 20214min0

Andebol Luso na Europa 8# Benfica apurado e Sporting perto do objectivo

Bernardo GalanteDezembro 3, 20214min0
Só o SL Benfica conquistou vitória nesta semana de andebol europeu, e Bernardo Galante dá conta do que se passou nesta jornada neste artigo

Na EHF European League, o SL Benfica venceu no Pavilhão Nº2 da Luz e o Sporting CP não foi além de um empate, perante os seus adeptos. Na Liga dos Campeões, o FC Porto não conseguiu surpreender o FC Barcelona.

LEÕES NÃO SEGURAM A LIDERANÇA DO GRUPO D

Os comandados de Ricardo Costa receberam, na passada terça-feira, o Eurofarm Pelister da Macedónia do Norte, sendo que o objetivo era ganhar, de forma a segurar a liderança do grupo.

O jogo esperava-se equilibrado, mas sempre com os leões na frente do marcador – porém, tal não aconteceu. O Eurofarm foi sempre pautando as vantagens do encontro, fixando-se sempre em 1 ou 2 golos de vantagem. Este foi o filme da primeira parte, em que o Sporting CP esteve sempre a correr atrás do marcador.

De recordar, que o Eurofarm Pelister, vice-campeão macedónio, conta com dois conhecidos do andebol português – Reinier Taboada e Martón Szekely. Taboada, representou as cores da Artística de Avanca durante duas temporadas (entre 2016 e 2018) e Martón Szekely, esteve emprestado ao FC Porto proveniente do Veszprém, durante a segunda metade da temporada passada, realizando apenas 14 jogos.

Na segunda parte do encontro, verificou-se a mesma história, sendo que os macedônios não desarmavam. Com desvantagens a rondar os 3 e 4 golos, os pupilos de Ricardo Costa foram obrigados a correr atrás do resultado até ao apito final, acabando por conseguir um empate a 27 bolas.

Com este resultado, o Eurofarm Pelister faz 6 pontos e fica a apenas um do Sporting CP, na tabela classificativa. Os leões encontram-se na 2ª posição em igualdade pontual (7 pontos) com o líder, o USAM Nimes. O lateral Reinier Taboada (Eurofarm Pelister) foi o melhor marcador do encontro faturando por 7 vezes, seguido de Jens Schöngarth (Sporting CP) com 6 golos.

Na próxima jornada, a turma de Alvalade irá visitar o reduto do Eurofarm, tendo a possibilidade de vingar este resultado.

ÁGUIAS COM APURAMENTO (QUASE) GARANTIDO

O SL Benfica comandado pelo espanhol Chema Rodríguez não têm vivido um momento bom, mas tinham no jogo frente ao Riihimäen Cocks uma excelente oportunidade de mudar o chip e darem um grande passo, tendo em vista o apuramento à próxima fase da competição.

A história do jogo é bastante simples: o SL Benfica entrou no Pavilhão Nº2 da Luz e, rapidamente, chegou aos 6 golos de vantagem (10-4). A partir daí, a primeira parte foi comandada pelos benfiquistas, chegando ao intervalo a vencer por 17-12.

A segunda parte carimbou ainda mais a diferença entre ambas as equipas, sendo que a vantagem foi-se alastrando ao longo dos últimos trinta minutos, culminando numa vitória por 14 golos de diferença – a maior ao longo do encontro.

Com este resultado, as águias regressam ao primeiro lugar do Grupo B com 8 pontos, os mesmos que o TBV Lemgo (Alemanha) e mais um que os dinamarqueses do GOG e que os franceses do Nantes. Ole Rahmel (SL Benfica) com 13 golos em 14 remates foi o artilheiro de serviço deste encontro, seguindo-se Teemu Tamminen (Riihimäen Cocks) com 9 tentos.

Na próxima jornada, os comandados por Chema Rodríguez encontram a difícil missão de superar o HBC Nantes dos portugueses Alexandre Cavalcanti e Pedro Portela, em partida a realizar, na cidade francesa.

DRAGÕES NÃO CONSEGUEM SURPREENDER (NOVAMENTE) O CAMPEÃO EUROPEU

Ao contrário do que aconteceu no Dragão Arena (empate a 33 bolas), o Futebol Clube do Porto não foi além de uma derrota por 38-31 no reduto do campeão europeu, o FC Barcelona.

O FC Barcelona entrou em jogo e, rapidamente, conseguiu uma vantagem de 4 golos perfazendo um parcial de 4-0. O FC Porto não se voltaria a aproximar mais, sendo que a vantagem dos catalães foi aumentando, culminando num 20-13 aquando da ida para os balneários.

Na segunda parte, o atual campeão europeu entrou igual a si próprio, acabando por não deixar que a turma comandada por Magnus Andersson se aproximasse no marcador eletrónico. O encontro acabaria por terminar com um resultado favorável ao FC Barcelona em 7 golos de diferença, culminando num 38-31 a registar no placar eletrónico.

Aleix Gómez, ponta do FC Barcelona, esteve com a mão quente sagrando-se o melhor marcador do encontro com 12 golos em 14 remates. Do lado portista, Fábio Magalhães e Pedro Cruz foram os jogadores mais perigosos ofensivamente com 9 e 6 golos, respetivamente.

Com este resultado, o Futebol Clube do Porto encontra-se na 7ª posição do Grupo B com 5 pontos conquistados em 9 jogos (2 vitórias, 1 empate e 6 derrotas), encontrando-se assim com a necessidade de pontuar.

Na próxima jornada, a turma da Invicta recebe os polacos do Vive Kielce, em encontro a contar para a 10ª jornada da EHF Champions League.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter