O Negócio da Semana (INT): Sala para afinar o ataque de Cardiff

Francisco IsaacJaneiro 19, 20193min0

O Negócio da Semana (INT): Sala para afinar o ataque de Cardiff

Francisco IsaacJaneiro 19, 20193min0
O desespero ofensivo do Cardiff City forçou uma ida ao mercado dispendiosa com Emiliano Sala a ser o alvo escolhido. O que vale o argentino? E conseguirá salvar os galeses da descida?

O Mercado está a carburar e a nível internacional já se deram novidades! Entre milhões e milhões, reforços sonantes, mexidas surpresas e muito mais! O Fair Play avalia todas as semanas o Melhor Negócio da Semana e esta é a nossa escolha!

SALA (FC NANTES -» CARDIFF CITY)

Nome: Emiliano Sala
Idade: 28 anos
Nacionalidade: Argentino
Épocas na Europa: 9
Temporada 18/19: 21 jogos, 13 golos e 2 assistências
Valor de Mercado: 16M€
Valor de Transferência: 11M€

Formado nas escolas do Bordéus, o argentino, nascido em Santa Fé, sai pela primeira vez na sua vida dos campeonatos profissionais franceses para subir um patamar na sua carreira, agora em direcção à Premier League. Emiliano Sala, ponta-de-lança que se destacou ao serviço SM Caen, FC Chamois Niort e FC Nantes é, para já, a grande contratação de inverno do Cardiff, o antepenúltimo classificado da Premier League.

O Cardiff vive uma situação dramática no que concerne à eficácia ofensiva. Os seus três pontas de lança, Gary Madine, Kenneth Zohoré e Danny Ward não corresponderam à exigência da Premier League, contribuindo juntos com a módica quantia de 1 golo. A situação ganha ainda mais relevo quando o melhor marcador da equipa na Premier League é o lateral direito adaptado a ponta de lança(!) Callum Peterson, com 4 golos apontados, seguido do médio espanhol Victor Camarasa.

A eficácia ofensiva da equipa galesa é preocupante, sendo o segundo pior ataque, apenas à frente do ultimo classificado Huddersfield. Esta falta de eficácia ofensiva fez a equipa de Neil Warnock mexer-se no mercado, tendo garantido o argentino Emiliano Sala junto do Nantes e Oumar Niasse emprestado pelo Everton.Perante esta inoperância ofensiva, a chegada de Sala vem tentar salvar os galeses de uma descida divisão (anunciada) na forma de golos.

Mas realmente, o que Sala pode acrescentar aos comandados de Neil Warnock? Ao serviço do Nantes mostrou-se como um dos grandes artilheiros da Ligue 1, com 48 golos em 133 jogos sobressaindo-se nas acções nas bolas paradas ou nas movimentações dentro da grande área, onde se assume como um típico e clássico ponta-de-lança de área.

Não sendo fenomenal em certos aspectos físicos, como a velocidade ou no aguentar do mesmo nível de intensidade, é um avançado feito para o choque e confronto físico, apresentando bons índices na disputa entre os centrais. Controlo de bola satisfatório e com um sentido de oportunidade minimamente bem trabalhado, o argentino vai adequar-se bem às exigências atacantes de um clube como o Cardiff City.

Se há garantias que Sala vai garantir a salvação do Cardiff em golos? Esse aspecto terá de ser o próprio a responder, mas a urgência dos galeses em conquistar pontos pode ser contraproducente para a adaptação do argentino na liga inglesa.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter