O Negócio da Semana (INT): Gabigol e “mengão” na luta pelo título?

Fair PlayJaneiro 9, 20193min0

O Negócio da Semana (INT): Gabigol e “mengão” na luta pelo título?

Fair PlayJaneiro 9, 20193min0
Foi no Brasil que se deu o melhor negócio desta semana, com o Flamengo a conquistar o empréstimo de Gabigol. O "mengão" reforçou-se com o objectivo de lutar pelo título em 2019

O Mercado está a carburar e a nível internacional já se deram novidades! Entre milhões e milhões, reforços sonantes, mexidas surpresas e muito mais! O Fair Play avalia todas as semanas o Melhor Negócio da Semana e esta é a nossa escolha!

GABIGOL (INTER DE MILÃO -» FLAMENGO)

Nome: Gabriel Barbosa
Idade: 22 anos
Nacionalidade: Brasileiro
Épocas na Europa: 2
Temporada 18/19: 35 jogos, 18 golos e 7 assistências
Valor de Mercado: 8M€
Valor de Transferência: Empréstimo com condicionantes (Flamengo paga o salário na totalidade)

Gabriel Barbosa é o novo artilheiro do Flamengo. Após perder Vinícius Jr. no meio da época passada e sofrer com um declínio na produtividade do ataque no restante do ano, quando seus principais goleadores, Henrique Dourado e Fernando Uribe terminaram o Brasileirão com apenas 6 golos cada, a equipa carioca também viu seu artilheiro da época, Lucas Paquetá (com 10 golos) deixar o Rio de Janeiro rumo à Milão, Gabigol aparece para preencher um espaço interessante no já recheado elenco rubro-negro.

A explicação é simples. Gabigol arrematou 18 golos no Campeonato Brasileiro de 2018 e foi artilheiro da competição. Mas não somente por isso, o jogador servirá ao novo treinador Abel Braga de diferentes maneiras, já que poderá atuar pelos lados do campo, carregando a bola até o fundo e arriscar o 1×1 como faz bem, ou jogar centralizado (o famoso centroavante, como é chamado no Brasil), como o jogador a finalizar as jogadas, sendo decisivo no tiro, como fez em sua última passagem pelo Santos, alternando posições com Eduardo Sasha e Rodrygo.

Gabigol mostrava sinais de que poderia acertar uma permanência no Brasil, porém na equipa flamenguista. Suas exibições ao longo de 2018 criaram em todos dúvidas se Gabigol ainda teria que provar sua capacidade em solos tupiniquins, ou se já estaria pronto para um regresso à Europa.

Em Dezembro de 2018, na cerimônia de premiação do Brasileirão, Gabriel disse:

“Ainda não sei o que vai acontecer. Sinto esse carinho deles aqui, nas ruas e nas redes sociais. Tenho vontade de jogar no Flamengo, só não sei quando isso vai acontecer. Tenho contrato com a Inter de Milão, volto para lá em Janeiro, depois a gente pode conversar com calma”.

Fato é que a mudança para o Flamengo deixou clara a vontade do jogador, de não retornar agora à Europa e acabar sendo preterido na Inter de Milão, ficando sem o espaço que gostaria para mostrar seu trabalho.

Ainda que noticiado o interesse do West Ham, da Inglaterra, que também poderia ser um excelente desafio para Gabriel se consolidar em alguma competição europeia e se ambientar no velho continente de vez, o jogador parece ter preferido algo mais concreto, onde as chances de se destacar são continuamente melhores do que a incerteza de jogar um campeonato desconhecido para ele.

Gabigol chega ao Flamengo por empréstimo de 1 ano, mas em situação diferente daquela que teve anos passado no Santos. Dessa vez, o rubro-negro arcará com 100% de seu salário, gastando cerca de 3.5 milhões de euros ao longo do contrato. E mais, Gabigol poderá deixar a equipa a qualquer momento se houver uma oferta de compra definitiva que a Inter de Milão aceite.

Neste caso, porém, o Flamengo terá direito a 5% do valor da transação como forma de compensação. O acordo ainda envolve a preferência de compra da Inter de Milão em jogadores das categorias de base do Fla.

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter