Copa América – curiosidades do torneio de seleções mais antigo

Thiago MacielMaio 29, 20215min0

Copa América – curiosidades do torneio de seleções mais antigo

Thiago MacielMaio 29, 20215min0
A Copa América é um torneio de seleções de futebol da América do Sul . E neste artigo te mostro algumas curiosidades deste torneio

Disputada há mais de 100 anos, a Copa América é a competição mais antiga do mundo entre seleções de futebol.
A Copa América tem início marcado para o dia 11 de junho. Inicialmente, seria disputada em dois países, mas a Conmebol transferiu todo o torneio para a Argentina depois da Colômbia adiar a disputa em virtude da crise social que o país vive. Devido a uma segunda onde do Coronavírus nas cidades argentinas, existe ainda uma possibilidade de o torneio ser disputado nos Estados Unidos.

Algumas Curiosidades

1. Mais antiga do que quem organiza

A Copa América é mais antiga do que a Conmebol. Houve um torneio em 1910, na Argentina, envolvendo os donos da casa, Uruguai e Chile, considerado não-oficial. A Conmebol acabou fundada em meio ao campeonato, em 9 de julho. A Conmebol só reconheceu o torneio como sendo oficial em 1916. Naquele ano, a competição foi promovida no Uruguai, e os anfitriões sagraram-se bicampeões, vencendo novamente a Argentina na final.

copa américa
Estádio Presidente Perón, sede da final da primeira Copa América

2. Uruguai, o maior vencedor

A seleção celeste é a maior vencedora da Copa América contabilizando 15 títulos, sua última conquista em 2011. A Argentina fica logo atrás com 14 títulos. Brasil é o terceiro, 8 títulos na bagagem.

3. Sem sede

As edições de 1975, 1979 e 1983 não tiveram sedes. A mesma foi realizada com jogos no sistema ida-e-volta nestas três edições.

4. Troféu itinerante

O troféu da Copa América tem posse transitória a cada edição, sendo entregue a partir da 2ª edição, em 1917 – em 1916, não houve premiação. Feito de prata e com base de madeira, ele foi comprado numa joalheria de Buenos Aires, mede 75 cm de altura e 30 cm de diâmetro e pesa 9 kg, o dobro da taça da Copa do Mundo.

5. Não tão sul-americana assim

A partir de 1993, a Conmebol passou a contar com seleções de outras federações como convidadas na Copa América, principalmente, as equipes da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf). Também houve a participação do Japão e Qatar pela Confederação Asiática de Futebol (AFC).

Os primeiros convidados foram os Estados Unidos e o México. Já em 2016, na edição do centenário, foram convidadas seis seleções.

No total, até 2019, participaram da Copa América nove seleções de outros continentes. Confira:

Concacaf: Costa Rica (1997, 2001, 2004, 2011 e 2016), Estados Unidos (1993, 1995, 2007 e 2016), Haiti (2016), Honduras (2001), Jamaica (2015 e 2016), México (1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2004, 2007, 2011, 2015 e 2016) e Panamá (2016)

AFC: Japão (1999) e Qatar (2019)

Para 2021, o Qatar e a Austrália eram as seleções convidadas na Copa América. Porém por questões envolvendo a Logística por conta da pandemia desistiram da disputa.

6. Nunca na história dessa competição

Nenhum dos três países (Uruguai, Argentina e Brasil) ficaram fora dos quatro primeiros lugares.

7. Anfitriões bem na fita

Uma outra das curiosidades interessantes é que todos os torneios da Copa América realizados no Brasil e no Uruguai foram ganhos pelo país anfitrião. Nas duas edições em que sediou o torneio, a Bolívia chegou à final, aproveitando-se da vantagem de jogar na altitude de La Paz (3.600 metros acima do nível do mar). Foi campeã em 1963 e vice em 1997, perdendo para o Brasil.

8. Atravessando gerações

O uruguaio Diego Forlán, ao conquistar a Copa América em 2011, foi a terceira geração de sua família a levantar a taça. Seu pai, Pablo Forlán, e seu avô materno, Juan Carlos Corrazo, que era treinador, também venceram a competição em anos anteriores;

Diego Forlan (Foto: Eurosport)

9. Grupo dos sem títulos;

O Equador e a Venezuela são os únicos países da América do Sul que nunca conquistaram a Copa América;

10. Pelé e Maradona

A última das últimas curiosidades é que mesmo que Brasil e Argentina vivam na discussão do “Quem foi melhor? Pelé ou Maradona?”, na Copa América nenhum dos dois conquistaram títulos. Pelé só disputou a Copa América uma vez, em 1959, sendo artilheiro com 8 gols e vice-campeão. Diego Armando Maradona disputou por três vezes o torneio sul-americano. Na estreia em 1979, a primeira competição oficial com a equipe, terminou como vice. O camisa 10, já consagrado, ainda foi quarto em 1987 e terceiro em 1989. Em 1993, jogou apenas duas partidas, Ele fora suspenso em 1991 por um ano e meio por uso de cocaína, ausentando-se da vitoriosa Copa América daquele ano.

As próximas edições da Copa América, depois de 2021, já têm sede definida. A partir desta edição, o torneio passa a ser quadrienal, em anos pares, simultaneamente à Eurocopa. Primeiro, será na Argentina. Depois, em 2024, ocorrerá no Equador.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter