Schalke 04 e Estugarda: Os Campeões de Mercado na Bundesliga

Gonçalo MeloSetembro 10, 20185min0

Schalke 04 e Estugarda: Os Campeões de Mercado na Bundesliga

Gonçalo MeloSetembro 10, 20185min0
Quem investiu melhor o seu dinheiro e abordou de forma mais assertiva o mercado de Verão? Schalke 04 e Estugarda destacaram-se dos demais rivais, formando plantéis competitivos e profundos.

O mercado na Bundesliga é provavelmente o menos mexido e extravagante de todos os mercados das principais ligas europeias, não sendo por isso fácil elevar destacar vários campeões de mercado. As equipas preocupam-se sobretudo em manter o núcleo duro, contratando pouco mas mantendo braços de ferro no momento de vender.

No mercado deste ano, escolhemos duas equipas que se movimentaram de forma quase exímia no que tocou a reforçar o plantel.  Essas duas equipas são o Schalke 04 e o Estugarda.

Os mineiros tinham a complicada tarefa de preencher as vagas dos seus meninos bonitos Max Meyer e Leon Goretzka, que não renovaram os seus contratos e rumaram a Crystal Palace e Bayern Munique, respetivamente. A juntar a estas baixas, o Schalke necessitava ainda de montar um plantel mais profundo para atacar a Liga dos Campeões, e parece ter conseguido satisfazer os pedidos do técnico Tedesco.

Resultado de imagem para baba rahman
Baba vai continuar em Gelsenkirchen por empréstimo (Foto: Daily Star)

Para a defesa chegaram o gigante central senegalês Salif Sané, a troco de 7 milhões de euros, proveniente do Hannover. Para além do central de 1,96 metros, o Schalke garantiu ainda novo empréstimo do lateral esquerdo ganês Baba Rahman junto do Chelsea, e resolveu ainda dar-lhe concorrência com a aquisição do marroquino de 21 anos Hamza Mendyl por 7 milhões de euros, junto do Lille.

No meio campo encontrava-se o maior buraco do plantel do Schalke. Para o preencher, a equipa recebeu após um ano de empréstimo ao Sevilha, o médio defensivo Johannes Geis, ao qual se juntaram Omar Mascarell, contratado por 10 milhões ao Real Madrid (estava cedido ao Eintracht Frankfurt), e Suat Serdar, jovem promissor médio internacional sub21 alemão, contratado ao Mainz. Mas o reforço bomba foi guardado para a parte final de mercado, com a chegada do internacional alemão e ex-Bayern Sebastian Rudy, por um razoável preço de 16 milhões de euros.

Resultado de imagem para sebastian rudy and suat serdar
Serdar e Rudy, aqui ao serviço de Mainz e Bayern, vão agora ser companheiros de equipa

A nível ofensivo, juntaram-se aos talentosos Embolo, Konoplyanka ou Harit, o extremo Steven Skrzybski e o ponta de lança Mark Uth. O primeiro destacou-se ao serviço do Union Berlim, tendo custado cerca de 3 milhões de euros, já o segundo foi o melhor marcador do Hoffenheim na época passada, e chega a custo zero depois de terminar o contrato que o ligava à equipa de Julian Nagelsmann. No total foram gastos cerca de 55 milhões de euros em reforços, valores aceitáveis tendo em conta que o clube conseguiu fazer quase 44 em vendas.

O Estugarda quis elevar o nível do seu plantel, para se aproximar dos rivais que lutam pelos lugares europeus, e podemos afirmar que foi a equipa que sofreu o mais profundo aumento de qualidade de um ano para o outro. Para além de ter mantido as principais figuras, como Benjamin Pavard ou Santiago Ascacíbar, a turma de Tayfun Korkut viu chegar elementos de qualidade para várias posições.

Na defesa, o Estugarda garantiu um dos defesas mais cobiçados na Alemanha, Marc-Oliver Kempf. O estatuto de jogador livre desde Janeiro fez correr muita tinta em relação ao ex-Friburgo, que acabou por assinar até 2022 com o clube patrocinado pela Mercedes. Para além do central, chegaram ainda os jovens e promissores laterais Pablo Maffeo e Borna Sosa, de 21 de 20 anos respetivamente. O espanhol Maffeo chega proveniente do City após um ano de empréstimo ao Girona, já Sosa chega do Dinamo Zagreb. Juntos custaram 15 milhões de euros.

Para a zona nevrálgica do meio campo o Estugarda tratou de movimentar-se de forma célere, garantindo dois nomes que chegam para elevar o nível de jogo da equipa de forma considerável e dar mais rotatividade ao miolo. Gonzalo Castro, médio altamente experimentado em terras germânicas, com passagens por Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund, chegou a troco de apenas 5 milhões de euros, e vai trazer ainda mais dinâmica ao meio campo da equipa. A outra boa notícia para os adeptos foi o regresso de Daniel Didavi. O canhoto que pode atuar como “10” ou a partir da direita regressa ao clube que o formou, após uma curta passagem de dois anos pelo Wolfsburgo, tendo custado apenas 4 milhões de euros.

Resultado de imagem para gonzalo castro daniel didavi
Duas contratações de peso para o meio campo do Estugarda (Foto: VfB Stuttgart)

Para o ataque chegou apenas um reforço, tratando-se do jovem argentino Nicolás González, por quem foram pagos 8 milhões de euros. O avançado ex-Argentinos Juniors era um dos jovens mais cobiçados do campeonato argentino, tendo o Estugarda conseguido antecipar-se a Boca Juniors e Racing Avellaneda, e a algumas equipas da Serie A italiana. No total o Estugarda gastou 35 milhões de euros, e embolsou cerca de 17.

Resultado de imagem para nicolas gonzalez stuttgart
Nicolás González, o novo parceiro de Mario Gómez (Foto: VfB Stuttgart)

Numa liga competitiva, onde Bayern e Dortmund gastam mais que as restantes equipas, foram Schalke e Estugarda a dominarem o mercado de Verão, sendo de esperar épocas a condizer com a qualidade dos plantéis que conseguiram formar.

Previsão Fair Play

Schalke 04- 4º lugar

Estugarda- 7º lugar

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter