Mundial da Rússia 2018- Luka Modric, o visionário Croata

Gonçalo MeloMaio 8, 20182min0

Mundial da Rússia 2018- Luka Modric, o visionário Croata

Gonçalo MeloMaio 8, 20182min0
A Croácia é provavelmente a seleção mais forte do grupo D a seguir à favorita Argentina. Uma equipa com nomes sonantes, mas que vale sobretudo pelo coletivo. E para esse coletivo funcionar, é necessário um dos elementos estar especialmente bem. E esse elemento é Luka Modric

LUKA MODRIC 

Idade: 32 anos

Clube: Real Madrid

Posição: Médio-centro

Internacionalizações/Golos: 103/12

Conquista mais Importante da carreira: 3 Ligas dos Campeões

Avaliação de qualidade: 5 em 5 estrelas

Modric é a principal referência da sua seleção, sendo capitão da mesma desde 2016, e vai este ano para o seu terceiro mundial na carreira, ele que se estreou em 2006 com apenas 20 anos (a Croácia falhou o apuramento em 2010).

Um dos melhores médios da atualidade, capacidade de passe enormíssima, inteligência, visão de jogo, e uma capacidade de aparecer no campo todo nos momentos certos e onde a equipa precisa, é a melhor forma de descrever o criativo croata, que explodiu no Tottenham e levou o Real Madrid a pagar 40 milhões para contar com os seus serviços. Pela seleção, são mais de 100 internacionalizações e presenças em 2 mundiais e 3 europeus.

A nível de clube são já 3 ligas dos Campeões, 3 Mundiais de Clubes, uma taça do Rei, 2 supertaças de Espanha, 3 supertaças europeias, 3 campeonatos e 2 taças croatas. São estes os números do médio croata, ele que já ganhou por 7 vezes o título de melhor jogador croata do ano.

Esta temporada Modric leva já 40 partidas disputadas, onde já conseguiu assistir para golo por 7 vezes e fazer o gosto ao pé por duas, ele que tem sido novamente fundamental em nova caminhada impressionante do Real Madrid na Liga dos Campeões, que depois de eliminarem os colossos Juventus e Bayern marcam presença na final pelo terceiro ano consecutivo.

Na Rússia, os croatas depositam muita da sua esperança na criatividade e qualidade individual do médio, uma seleção que é apontada com uma das candidatas a surpreender, e onde se destacam, para além de Modric, o defesa Dejan Lovren, os médios Milan Badelj e Ivan Rakitic e os avançados Mario Mandzukic e Ivan Perisic.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter