Mundial da Rússia 2018: Forsberg, o maior destaque da Suécia

Pedro CouñagoMaio 15, 20182min0

Mundial da Rússia 2018: Forsberg, o maior destaque da Suécia

Pedro CouñagoMaio 15, 20182min0

Emil Forsberg (RB Leipzig)

Idade: 26

Clube: RB Leipzig (Alemanha)

Posição: Extremo

Internacionalizações/Golos: 33/6

Conquista mais importante na carreira: Campeão da Suécia (2013 e 2014)

Avaliação de qualidade: 4 em 5 estrelas

Esta não era uma decisão fácil, visto que é uma seleção que vale essencialmente pelo coletivo e que tem alguns jogadores de qualidade que poderiam também ser mencionados, como Victor Lindelof ou Viktor Claesson. Com Ibrahimovic a estar definitivamente fora do Mundial, Emil Forsberg é o elemento escolhido.

O extremo é o elemento que pode fazer a maior diferença para a seleção nórdica, tal é a sua qualidade técnica, visão de jogo e capacidade de fazer assistências. É certo que esta época não tem sido a melhor, com uma lesão que o impediu de jogar dois meses e uma forma algo inconsistente, mas a qualidade está lá, e em muita quantidade.

O percurso do sueco tem sido bastante relevante e, aos 26 anos, Emil tem agora uma boa oportunidade de jogar o principal certame de seleções. Depois de ser dois anos campeão pelo Malmö FF, está já agora a completar a terceira temporada pela equipa que pertence à Red Bull e já ultrapassou largamente a centena de jogos pelo clube. Portanto, tem já experiência num dos melhores campeonatos europeus e, na verdade, se fizer um bom Mundial, poderá estar na porta de saída do clube, visto que ele até tem sido associado a outros clubes de maior dimensão europeia.

Forsberg poderá ser um importante elemento decisor graças à sua imprevisibilidade no ataque da Suécia, e poderá ser uma das principais armas que o selecionador Jan Andersson vai usar neste certame. A Suécia tem de ter como objetivo a passagem à próxima fase, mas não terá tarefa fácil, principalmente perante México e Alemanha, e mesmo a Coreia não será propriamente fácil. Será curioso de perceber o desfecho do Grupo F.

Veremos a influência deste jogador multifacetado nos desempenhos suecos, com a certeza de que a Suécia é uma equipa equilibrada e que não será fácil de bater. A sua força nas bolas paradas e a importância das mesmas no futebol sueco pode ser a diferença?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter