Derby County: o clube que tarda em acordar para repetir o passado

Pedro SousaSetembro 27, 20204min0

Derby County: o clube que tarda em acordar para repetir o passado

Pedro SousaSetembro 27, 20204min0
O Derby County tem um desafio complicado esta época, mas como a equipa chegou até aqui? O Pedro Sousa do Bola na Relva conta-nos tudo aqui!

Pedro Sousa é autor do projeto Bola na Relva e colaborador do Fair Play!


O Derby County é um dos históricos do futebol inglês. Lançado no final da década de 60 por Brian Clough, os The Rams conquistaram Inglaterra pela subida de patamares realizada de forma rápida. Caíram no final dos anos 70, voltando, esporadicamente, ao principal escalão, mas sem nunca se fixaram. Sonharam voltar à Premier League com Frank Lampard, no entanto, perderam na final do play-off de acesso ao principal escalão inglês. Esta temporada, com Phillip Cocu, o Derby County vai tentar renascer, mas terá de se superar.

A era de Brian Clough e Peter Taylor

Quem viu o filme “Maldito United” conhece bem a carreira da dupla inglesa à frente da formação do centro de Inglaterra. Chegaram ao clube quando estava no fundo da tabela da II Divisão e colocaram a coroa do título inglês na cidade de Derby. Claro que Brian Clough, treinador principal, ficou sempre mais conhecido, mas Peter Taylor foi apelidado como o “mestre da tática”. A personalidade de Clough, o fator como geria o grupo de trabalho e a fome de ganhar foram sempre complementados com o génio de Taylor. Formaram a dupla perfeita e o Derby County ainda vive na sombra dos sucessos alcançados por eles. Abandonaram o clube após Clough ter sido despedido devido à sua ambição e ao ódio que tinha pelo Leeds United de Don Revie.

Dois históricos do Derby County (Foto: County Times)

O Derby County ainda se manteve no topo do futebol inglês, graças a Dave Mackay, mas por pouco tempo. O emblema inglês começou a cair e nunca mais conseguiu sair da sombra dos sucessos atingidos em finais da década 60 e 70. Após essas conquistas apenas venceram a Division Two, em 86/87, e a Premier League Sub-18, em 18/19.

Frank Lampard esteve perto da Premier League

O trabalho de Frank Lampard à frente dos The Rams foi quase perfeito. A atual técnico do Chelsea partiu para a primeira experiência no banco de suplentes e quase conseguiu recolar o Derby County no patamar mais alto do futebol inglês. Falhou na final do play-off de acesso, mas valorizou ativos e, principalmente, o seu trabalho.

Conseguiram pôr os adeptos a sonhar com um regresso à Premier League, mas o Aston Villa foi mais forte, no jogo decisivo.

Frank Lampard quase levou a equipa ao sucesso (Foto: Derby County)

Na equipa que liderou tinha Mason Mount, Fikayo Tomori, Harry Wilson, entre outros. Para além destes jogadores que estavam emprestados por grandes formações inglesas, haviam jovens atletas que estavam a despontar. Muitos deles conquistaram a Premier League Sub-18 nesse ano e ainda foram lançados por Lampard. Contudo, não era tudo juventude. Curtis Davies, Richard Keogh, Ashley Cole, Martyn Waghorn, Scott Malone, Tom Huddlestone e Scott Carson eram os jogadores mais experientes no plantel.

A mistura de juventude e experiência foi conjugada de forma perfeita e Frank Lampard soube gerir bem o grupo de trabalho, mantendo-o motivado e com futebol atrativo. Harry Wilson e Mason Mount foram as estrelas que mais brilharam nessa época, sobretudo, no triunfo em Old Trafford, referente à Taça da Liga inglesa. Foi uma época de muitos altos e o sonho só “tombou” no derradeiro jogo da época.

 

Phillp Cocu tem uma missão árdua pela frente

O treinador holandês foi o substituto de Frank Lampard no comando técnico do Derby County. Na época passada, Cocu levou a equipa ao 10º lugar, mas ficou a sensação de curto. O início não foi fácil, no entanto, o ex-internacional holandês colocou os The Rams na rota pela subida. A meio desse temporada, Wayne Rooney juntou-se à equipa e a chegada do internacional inglês e a subida de forma estão interligados. Falharam nas últimas jornadas uma presença no play-off de acesso à Premier League, mas o atraso no começo da época não agoirava lutar pela subida.

Um histórico inglês com um trabalho árduo pela frente (Foto: Derby County)

Agora, esta temporada, o Derby County começou com duas derrotas e dá a sensação que a equipa está longe de estar completa. Há muita juventude, mas também muito trabalho pela frente. Será uma tarefa difícil para Phillip Cocu, mesmo com a ajuda de Wayne Rooney.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter