20 Jun, 2018

6 veteranos que ainda brilham na Premier League

Gonçalo MeloAbril 29, 20186min0

6 veteranos que ainda brilham na Premier League

Gonçalo MeloAbril 29, 20186min0
Naquela que é para muitos a liga mais competitiva de todas, estes são os melhores veteranos que ainda se exibem a bom nível na competição.

Naquela que é para muitos a melhor liga do mundo, onde todos os anos se destacam novos craques e aparecem jovens promessas, há também espaço para os mais experientes darem o seu contributo. Nesta lista, destacamos os 6 melhores veteranos em atividade em Terras de Sua Majestade.

Darren Fletcher – Stoke City

Aos 34 anos, o internacional escocês continua a revelar as qualidades físicas e táticas que o tornaram num dos homens de confiança de Sir Alex Ferguson ao longo dos anos ao serviço no Manchester United. Garra, empenho e atitude sempre foram as principais armas do jogador, que foi evoluindo muito técnica e taticamente com a ajuda do técnico que mudou o Man United. 25 aparições na Premier League, com um golo e uma assistência são os números do experiente escocês que ainda sonha com a difícil manutenção do seu Stoke City, que está a tres pontos da salvação com mais um jogo disputado do que o Swansea, primeira equipa acima da linha de água.

Resultado de imagem para darren fletcher stoke
Fletcher ainda tenta manter o seu Stoke na Premier League (Foto: Sky Sports)

Glenn Murray – Brighton

O avançado Inglês tem tido a melhor época da carreira aos 34 anos. Contratado no início da temporada ao Bournemouth, o também ex-Crystal Palace é atualmente o melhor marcador dos Seagulls, com 12 tentos em 32 jogos, que ajudaram a sua equipa a conseguir uma época tranquila e acima do esperado, uma vez que se previa uma aflitiva luta pela manutenção para os homens do sul de Inglaterra.

O seu poderio físico e jogo aéreo mantiveram-no no onze, mesmo com a concorrência de nomes como o israelita Hemed, ou dos reforços de Janeiro Ulloa e Locadia, o inglês que esteve muitos anos nas divisões inferiores do país conseguiu já na parte final da sua carreira a melhor época de sempre, que lhe deverá proporcionar pelo menos mais uma época ao serviço do Brighton na Premier League, ele que acaba contrato em 2019.

Resultado de imagem para glenn murray brighton
Murray é o melhor marcador do Brighton (Foto: 90min)

Jermaine Defoe – Bournemouth

O veterano internacional inglês não precisa de ser esmiuçado. Velocidade, técnica e uma capacidade de decidir em frente à baliza são as características principais do 57 vezes internacional por Inglaterra, pela qual já apontou 20 golos. Uma época de 2017/18 menos produtiva, fruto da concorrência de Joshua King e do aparecimento do jovem francês Lys Mousset.

Ainda assim, o  veterano ponta de lança de 35 anos soma 22 partidas na Premier League, com 4 golos apontados. Números que por si só não impressionam, no entanto, a capacidade de explosão, velocidade e qualidade no transporte continuam presentes em Defoe, que ainda deve alimentar a pequena esperança de marcar presença em mais um mundial, apesar da concorrência de Harry Kane, Jamie Vardy ou Daniel Sturridge.

Resultado de imagem para jermain defoe
A velocidade e técnica de Defoe ainda são muito úteis ao Bournemouth (Foto: Sky Sports)

Bruno Saltor – Brighton

O veterano capitão do Brighton teve de esperar até aos 36 anos para se estrear na principal divisão do futebol inglês. O jogador formado no Espanhol de Barcelona, que se notabilizou no Almería e no Valencia, está desde 2012 no sul de Inglaterra, onde conquistou o estatuto de capitão. 22 partidas disputadas no campeonato (não foram mais devido à lesão que sofreu), dividiu um pouco o protagonismo com o ex-Sporting Schelotto.

Apesar da veterania, uma anormal frescura a percorrer o corredor direito e uma boa capacidade de cruzamento continuam presentes do lateral espanhol, que é também bastante eficaz a fechar o seu corredor. Com mais um ano de contrato e a manutenção assegurada, vamos certamente ver o espanhol em ação na próxima época na Premier League, ele que poderá muito bem encerrar a carreira aos 38 anos a atuar ao mais alto nível.

Resultado de imagem para Bruno saltor
Bruno chegou em 2012 e ajudou o Brighton a chegar à Premier League (Foto: Daily Mail)

Peter Crouch – Stoke City

O homem mais alto da Premier League continua a fazer moça com o seu jogo aéreo (é o jogador com mais golos de cabeça da historia da Premier League). Em 22 aparições, a maioria delas como suplente utilizado, apontou até ao momento 4 golos, ele que tem sido alternativa ao senegalês Diouf e ao camaronês Choupo-Moting.

A sua presença na área continua a impor respeito aos adversários, e a ser uma arma utilizada pela sua equipa, que procura muito o jogo direto quando este está em campo. Com contrato até 2019, e em vias de descer com o seu Stoke, esta pode ter sido a ultima temporada do veterano com mais de 2 metros na Premier League, caso nenhuma equipa queira contar com os seus serviços na divisão de elite.

Resultado de imagem para peter crouch
O gigante inglês continua a fazer moça com o seu jogo aéreo (Foto: Esporte Interativo)

Gareth Barry – West Brom

O veterano médio defensivo de 37 anos foi um dos melhores jogadores do desanpontante West Brom que já viu confirmada a descida de divisão. O ex-Everton e Manchester City mantém intactas as suas qualidades, sobretudo o bom posicionamento e a qualidade de passe. Apesar de já não revelar a condição física que outrora lhe permitia constantes vaivéns de uma área à outra, o internacional inglês que esteve no mundial em 2010 tornou-se um jogador mais cerebral e importante a marcar os ritmos de jogo, não sendo definitivamente por sua culpa que o West Brom se encontra condenado ao Championship.

Com 25 jogos disputados na Premier League, onde soma um golo e uma assistência, o jogador formado no Aston Villa acaba contrato esta época, não sendo surpresa alguma equipa primodivisionária querer na próxima época contar com a experiência e qualidade do médio de 37 anos, que pode optar por uma liga periférica de modo a enriquecer a sua conta bancária.

Resultado de imagem para gareth barry
Barry não conseguiu evitar a despromoção do West Brom (Foto: Sapo Desporto)

Nomes como Heurelho Gomes, Patrice Evra, Michael Carrick, Phil Jagielka ou Ángel Rangel podiam também fazer parte da lista, só não o fazendo devido ao considerável menos número de minutos ao longo da época.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter