18 Jun, 2018

Reforços “Despromovidos” para Sérgio Conceição (1/3)

Francisco da SilvaMaio 22, 20185min0

Reforços “Despromovidos” para Sérgio Conceição (1/3)

Francisco da SilvaMaio 22, 20185min0
Nas principais ligas europeias, inúmeros talentos individuais foram relegados ao segundo escalão em 2017/2018. Nesta primeira parte, o Fair Play recomenda 4 potenciais reforços de cariz defensivo para Sérgio Conceição potenciar.

Anualmente, inúmeros talentos individuais são relegados para os escalões secundários fruto de temporadas menos felizes dos seus coletivos. Atendendo à débil saúde financeira do FC Porto e à qualidade de muitos elementos que fazem parte dessas mesmas equipas, o Fair Play irá realizar um conjunto de três artigos onde irá propor 12 reforços para o plantel azul e branco oriundos de diversas formações das principais ligas europeias que foram despromovidas ao segundo escalão em 2017/2018. Nesta primeira parte, recomendamos 4 elementos de cariz defensivo.

Fabian Schär (RC Deportivo da Corunha)

O defesa central helvético esteve durante vários anos no radar dos principais tubarões europeus, contudo, uma aventura menos feliz em Hoffenheim associada a inúmeros problemas físicos levou Fabian Schär até à Galiza. Ao longo da temporada, o suíço foi o defesa central mais utilizado do despromovido Depor e um dos poucos destaques individuais da formação galega, somando boas exibições e contribuindo com alguns golos (2) e assistências (2) na feroz luta pela permanência. Avaliado em cerca de 3 milhões de euros*, Fabian Schär seria um nome extremamente apetecível para reforçar o eixo defensivo azul e branco quer pela sua qualidade futebolística quer pela sua maturidade competitiva. Aos 26 anos, o helvético é um central irrepreensível no posicionamento tático, fortíssimo no desarme e na antecipação, desequilibrador nas bolas paradas e ainda extremamente competente a sair a jogar com a bola controlada. O maior handicap de Fabian Schär seria a sua condição física, contudo, num campeonato português muito menos exigente que o espanhol, o defesa nascido em Wil não teria dificuldades em mostrar toda a sua maturidade e capacidade de comando no Dragão.

Fabian Schär | Fonte: elgoldigital.com

Ahmed Hegazy (West Bromwich Albion)

Certamente desconhecido para a grande maioria dos nossos leitores, o central egípcio foi o jogador mais utilizado em todo o plantel dos baggies e a maior referência defensiva do WBA, à frente de nomes como Craig Dawson, Jonny Evans e Ben Foster. Com 193 centímetros de altura, Hegazy é um defesa imponente nos duelos físicos e imperial no jogo aéreo mas que conserva agilidade e velocidade para acompanhar os avançados mais irreverentes. Porém, o que mais impressiona no egípcio de 27 anos é a forma como este se entrega de corpo e alma ao encontro, independentemente do resultado do marcador, como tal, Hegazy não teria dificuldades em se impor numa formação liderada por Sérgio Conceição, formando uma dupla muito física e temível com Felipe. O internacional pelo Egipto está avaliado em 5 milhões de euros*, pelo que uma eventual transferência para o FC Porto estaria apenas facilitada pelo facto do WBA ter sido despromovido ao Championship e pelo salário reduzido auferido por Ahmed Hegazy (um dos mais baixos do emblema inglês).

Ahmed Hegazy | Fonte: goal.com

Gideon Jung (Hamburgo SV)

A despromoção do histórico Hamburgo atirou para o segundo escalão do futebol germânico um dos defesas centrais mais promissores. Gideon Jung apareceu na equipa principal Die Rothosen em 2015 e desde então tem ganho anualmente maior protagonismo na formação de Hamburgo, alinhando quer no eixo da defesa quer na posição mais recuada do meio campo. Este é precisamente um dos maiores trunfos do jovem de 23 anos, além de atuar como defesa central o alemão de ascendência ganesa é também competente na posição “6” onde utiliza a sua inteligência tática e envergadura física para tapar os caminhos da sua baliza. Com um valor de mercado a rondar os 4 milhões de euros*, o potencial de Gideon Jung há muito é apreciado por emblemas germânicos, contudo, a montra da Liga dos Campeões e a insígnia de “campeão nacional” podiam trazer esta promessa para solo lusitano. Gideon Jung tem todas as características físicas e qualidades técnico-táticas para vingar no curto prazo, falta apenas limar a vertente psicológica onde continua a pontificar excesso de agressividade e de confiança.

Gideon Jung | Fonte: kicker.de

Moussa Niakhaté (FC Metz)

Mencionar um elemento defensivo da equipa com mais golos sofridos na Ligue 1 pode causar alguma celeuma, no entanto, a forma como o jovem Moussa Niakhaté se impôs na primeira temporada ao serviço do Metz coloca o franco-maliano justamente nesta lista. Contratado ao Valenciennes em 2017/2018, o internacional gaulês pelas seleções jovens desde cedo pegou de estaca na equipa do nordeste da França, nomeadamente devido à sua capacidade atlética (190 centímetros de altura) imprescindível para dominar os céus e controlar a profundidade. Aos 22 anos, o rol de interessados é cada vez mais extenso e os 3 milhões de euros* parecem um valor justo para a grande revelação do Metz na temporada que agora finda, especialmente se tivermos em conta que esta foi a sua primeira época no principal escalão francês. Fisicamente parecido com Diego Reyes, Moussa Niakhaté teria via aberta para assumir-se como 3º ou até 2º central na hierarquia azul e branca, encontrando um técnico que aprecia o futebol gaulês e gosta de apostar em matéria-prima jovem.

Moussa Niakhaté | Fonte: omnews.fr

*valores de mercado atuais indicados pelo portal Transfermarkt


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter