O que esperar das equipas portuguesas na Europa?

José Nuno QueirósSetembro 27, 20205min0

O que esperar das equipas portuguesas na Europa?

José Nuno QueirósSetembro 27, 20205min0
Mais uma época europeia vai começar para as equipas portuguesas (para algumas já começou) e a expectativa volta a ser grande. Com 3 equipas já garantidas na fase de grupos e 2 a tentar ganhar o seu espaço a pergunta é: Até onde podem chegar estas equipas?

A UEFA Champions League e a UEFA Europa League já sabem que vão contar novamente com representantes portugueses nas suas fileiras. Se na Champions League Portugal vai contar com apenas uma equipa, na Liga Europa às duas já asseguradas poderemos ter mais 2 a caminho. Mas afinal até onde podem sonhar as equipas portuguesas?

FC Porto

O FC Porto é o único representante da Liga NOS na principal prova de clubes europeia. O clube que já venceu por duas vezes esta competição sabe que os tempos agora são outros e que não é de todo realista sonhar com uma presença na final da competição. No entanto os Dragões irão certamente carregados de ambição para a caminhada europeia e esperam conseguir alcançar os quartos de final, eliminatória que, infelizmente, parece ser o máximo que se pode ambicionar por cá.

Inserido no Pote 1 o FC Porto poderá ter um caminho mais facilitado se se livrar dos tubarões que estão no pote 2 ( Atlético Madrid, Barcelona, Manchester City, Manchester United, Sevilha, Borussia Dortmund, Chelsea e Shakhtar Donetsk), destes nomes talvez o Shakhtar seja o mais simpático e que mais possibilidades abre de conseguir disputar o 1º lugar que é tão importante no sorteio dos oitavos de final. Aqui e conseguindo um segundo classificado de valia equivalente ou inferior os dragões podem então disputar o acesso aos quartos de final.

SL Benfica

Depois do fracasso que foi a eliminatória com o PAOK, os responsáveis encarnados e Jorge Jesus que bradavam aos sete ventos a dimensão europeia do Benfica e até o sonho da conquista da Champions League só tem agora uma possibilidade: Conquistar a UEFA Europa League!

Não há mesmo volta a dar, por culpa do patamar colocado pela direção e equipa técnica. Depois desta união ter resultado em 2 finais europeias consecutivas e do investimento realizado para este ano, o Benfica tem que conseguir chegar longe.

Para começar a estadia no Pote 1 garante à priori um grupo acessível para os encarnados ultrapassarem, caso o façam em primeiro conseguem também evitar os tubarões que caírem da Champions e podem com relativa facilidade chegar aos 16 avos de final. Aqui começam as verdadeiras batalhas e caso não existam nomes sonantes a cair de forma surpreendente do escalão acima, o Benfica começara a sonhar de forma mais assertiva com esse sucesso europeu.

É que a Liga Europa é muito mais competitiva do que há uns anos atrás. Arsenal é presença garantida e clubes como o Tottenham e o Milan estão já nos playoffs e de olhos postos na competição!

SC Braga

O Braga é o 3º clube com presença já garantida na fase de grupos das competições europeias e vai acompanhar o Benfica na caminhada pela Liga Europa.

O clube minhoto sabe que dificilmente estará no pote 1 (era preciso haver muitas surpresas no playoff) e terá que suar mais que os outros (em teoria) para conseguir a qualificação e mais ainda, conseguir o 1º lugar do grupo, repetindo assim o feito da última época.

Longe dos tempos em que chegou à final em Dublin o SC Braga sabe que a maior competitividade e, nomeadamente, o aparecimento constante de equipas de primeira linha inglesa nesta competição retiram espaço para ter demasiada ambição, no entanto, os arsenalistas esperam fazer melhor que na última época e conseguir chegar pelo menos aos 16 avos de final da prova, olhando depois para a competição “jogo a jogo”.

O início no campeonato não está a ser promissor para o clube e caso não consigam inverter esta tendência, a Liga Europa pode começar a passar para segundo plano.

Sporting CP

Ultrapassada que esta a difícil recepção ao Aberdeen, os leões vão ter agora o LASK Linz como derradeiro opositor na chegada à fase de grupos da Liga Europa. Um adversário que os leões conhecem bem e do qual não tem memórias particularmente felizes.

Não chegar à fase de grupos era um duro golpe nas aspirações leoninas e um fracasso gigante na preparação da época, pelo que só a vitória pode interessar ainda para mais jogando em casa.

Caso consiga ultrapassar os austríacos, os leões sabem que podem ficar fora do Pote 1 e por isso terão as mesmas dificuldades que o SC Braga para conseguir a qualificação e o 1º lugar, algo que ficará simplificado caso fique no pote dos favoritos. Daí para a frente será sempre uma incógnita uma vez que não se sabe quem virá da Champions League, mas pelo menos os oitavos de final pode ser um objetivo realista para os leões se o sorteio for simpático.

Rio Ave FC

O Rio Ave tem a tarefa mais complicada para conseguir chegar à fase de grupos. Depois de ter ultrapassado o Borac, os vila-condenses tiveram nova deslocação fora frente ao gigante Besiktas e conseguiram a qualificação já nos penaltis, tendo agora pela frente o colosso do AC Milan.

É mais que justo dizer que o Rio Ave já fez mais do que se calhar muitos esperavam, principalmente se tivermos em conta que o clube perdeu os seus melhores jogadores de um ano para o outro. Posto isto, chegar à fase de grupos eliminando o AC Milan era um feito histórico, fruto da vitória frente a uma equipa que estamos habituados a ver ganhar todos os jogos frente a equipas portuguesas.

É certo que este AC MIlan já viveu melhores dias e que vai a Vila do Conde sem a estrela sueca Zlatan Ibrahimovic, mas mesmo assim o Rio Ave é claramente menos favorito a entrar na competição.

Caso entre a equipa orientada por Mário Silva irá quase de certeza cair no Pote 4 e por isso terá a vida mais difícil para sonhar com a passagem. No entanto podemos dizer que das 5 equipas esta é a única que já cumpriu com os objetivos mínimos nas competições europeias.

E o leitor até onde acha que podem ir as equipas portuguesas? Quem será a melhor supressa? Poderá Portugal conquistar novamente um troféu europeu?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter