Quem irá ocupar o Segundo lugar do Pódio?

José Nuno QueirósFevereiro 22, 20185min0

Quem irá ocupar o Segundo lugar do Pódio?

José Nuno QueirósFevereiro 22, 20185min0
Com o avançar do tempo a Luta pelo título parece entregue, mas o segundo lugar está longe de estar decidido. Quem vai ocupar o lugar do PSG na última época?

A liga francesa está a 12 jornadas do fim e os 10 pontos de diferença do líder PSG para o segundo lugar faz com que a luta pelo segundo lugar e consequente entrada direta na Champions League seja o principal foco no país gaulês.

Neste momento Monaco e Marselha disputam taco a taco esta luta com apenas um ponto a deixar os monegascos na frente, mas ambas as equipas tem que se preocupar com o Lyon que apesar da diferença de 7 pontos pode ter um palavra a dizer nesta liga

AS MONACO

Os comandados de Leonardo Jardim partem na frente e são os principais candidatos a ocupar o segundo lugar na Ligue 1. Para além de serem os detentores do título são a seguir ao PSG a melhor defesa e o melhor ataque, isto aliado à presença de jogadores desequilibradores como Falcao, Fabinho ou Lemar que podem fazer a diferença a qualquer momento.

Olhando para o que ainda falta jogar o Monaco tem apenas a Taça da Liga contra o PSG como o único jogo fora do campeonato, sendo que na Ligue 1 e para acabar a época no segundo lugar os monegascos tem 5 jogos no seu reduto e 7 longe do principado com especial destaque para o jogo em Paris com o PSG sendo que antes recebe o Nantes e ainda antes desloca-se a casa do Rennes fazendo desta tripla jornada a prova de fogo para o Monaco que tem a vantagem de não competir com os rivais diretos na luta pelo segundo lugar.

Caso o Monaco saia vitoriosos dos primeiros 15 dias do mês de Abril, a equipa de Leonardo Jardim reforça ainda mais o favoritismo nesta luta.

O topo já parecer miragem, mas ainda há muito para ganhar (Fonte: Mundo Deportivo)

MARSELHA

O Marselha é a equipa que ficou mais conhecida em Portugal na última semana quando ganhou 3-0 ao Sporting de Braga num jogo de sentido único e onde os franceses provaram ter um andamento muito maior que os portugueses.

No Marselha Germain e Thauvin são quem mais decide e quem mais cria e finaliza na frente e por isso e por só terem 1 ponto de diferença tem claras hipóteses de conseguir um lugar de entrada direta na Champions League.

No campeonato o Marselha tem ainda que disputar 6 jogos em casa e fora e tal como o Monaco tem que visitar o terreno do PSG, e já na próxima jornada.

Tirando esta deslocação, a recepção ao Nantes e ao Lyon (um rival direto nesta luta pelo segundo posto), são os dois jogos que merecem uma atenção redobrada, mas que se iram realizar ainda em Março pelo que se prevê um final de época tranquilo a nível interno.

A maior penalização para o Marselha pode ser o facto de estar também na Taça de França (vai disputar o PSG) e na Liga Europa onde não se sabe até onde pode ir, mas parece pelo menos certo uma presença na próxima fase.

Esta sobrecarga de jogos pode levar a uma quebra física e a uma perda de pontos onde menos se espera com especial ênfase nos jogos fora de portas. Será, portanto, necessário uma gestão exemplar do plantel para que consiga o segundo lugar e entrada direta na Champions (pelo menos por aqui parece um caminho mais fácil do que a conquista da Liga Europa).

Payet vai ser uma das chaves na luta do Marselha (Fonte: Visão do Mercado))

LYON

Dos três candidatos ao segundo lugar do pódio, o Lyon é aquele que parte com maior atraso em relação aos adversários, mas não pode ser já afastado desta luta.

A equipa do português Anthony Lopes, que é uma das maiores figuras da equipa, não tem margem de erro até ao final do campeonato se quiser o apuramento direto para a Champions League.

O grande trunfo do Lyon é o seu calendário! Com 7 jogos a jogar no seu reduto e apenas 5 fora, o Lyon tem que visitar o Marselha e receber o Nantes como jogos mais difíceis, mas ao contrário dos rivais não tem que jogar com o poderosíssimo PSG.

A grande contrariedade para este Lyon é a mesma que o Marselha, tem a Taça de França e a Liga Europa para jogar e a sobrecarga de jogos pode ser um fator prejudicial para o Lyon.

A entrada para a fase de grupos da Champions via Liga Europa pode ter para o Lyon um interesse adicional, fruto deste atraso classificativo.

Visto partir do último lugar nesta luta pelo segundo lugar, a luta pela Europa pode parecer mais realista dentro da enorme exigência que será.

O Salvador da Baliza em Lyon (Fonte: Pinterest)

Com duas ou três equipas é certo que a luta pelo segundo lugar do pódio na França vai ser a par da zona de descida o principal aliciante deste campeonato onde o vencedor e os lugares europeus estão entregues.

E com tanta qualidade nas 3 equipas podemos esperar uma luta intensa e que vai trazer muitas surpresas inesperadas!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter