A explosão (tardia) de Ciro Immobile!

José Nuno QueirósFevereiro 18, 20205min0

A explosão (tardia) de Ciro Immobile!

José Nuno QueirósFevereiro 18, 20205min0
Immobile é hoje um nome reconhecido e elogiado por todos. No entanto, a sua carreira tem mais altos e baixos do que pode imaginar. Venha connosco acompanhar a viagem do avançado italiano no futebol.

Ciro Immobile tem feito as delícias aos adeptos da Lazio na presente temporada e tenta a todo o custo bater o seu record de 41 golos em 47 jogos, alcançado em 2017/2018.

Apesar de tudo e com os já 29 golos alcançados nesta época, o avançado italiano já tem, em número de golos, a segunda melhor época da carreira, que começou a nível sénior há 11 anos.

Immobile nunca foi um fraco jogador, ou um avançado que passasse despercebido a quem acompanhava o futebol italiano, mas foi preciso esperar pelos seus 26 anos para vermos Ciro Immobile a alcançar o topo do futebol mundial e a revelar-se como um dos melhores avançados da atualidade, algo que coincide com a sua chegada à Roma na época 2016/2017. Para se perceber o impacto que a Lazio teve na vida de Immobile, das suas 4 melhores épocas, 3 foram nos romanos da Lazio.

Fracassou na primeira passagem por Turim (Fonte: Goal)

Formado no Sorrento, cedo deu nas vistas e rumou à toda poderosa Juventus ainda júnior, mas foi emprestado ao fim de 2 anos depois de não ter feito qualquer golo e só ter completado 5 jogos no total.

A experiência não correu bem no Siena, que lutava pela subida com 2 golos em 6 jogos e em Janeiro trocou de clube, realizando o segundo empréstimo na mesma temporada, desta vez ao Grosseto também da Serie B, mas de lugares muito mais abaixo, voltando a desiludir com apenas 1 golo em 16 partidas.

Com 3 anos de Sénior e apenas 3 golos na carreira, Immobile corria o risco de cair no esquecimento, quando já caminhava para o 21º aniversário.

Foi então que tudo começou a mudar quando encontrou a felicidade quando ajudou o Pescara a vencer a Serie B ao marcar 28 golos em 37 jogos, naquela que é até aos dias de hoje a sua 3ª melhor época na carreira.

Immobile contava agora com a derradeira oportunidade nos campeões italianos da Juventus, clube ao qual ainda estava ligado contratualmente, mas a Vecchia Signora tinha outras ideias em mente e vendeu o italiano ao Genoa por apenas 4M€ quando o atleta estava avaliado em 6,5M€.

Era a primeira experiência a sério de Immobile na Serie A (se excluirmos os 5 jogos em 2 anos na Juventus) aos 22 anos e o avançado queria agarrar a oportunidade, mas voltou a fracassar apesar das muitas oportunidades com 34 jogos mas apenas 5 golos marcados, numa época em que o Genoa ficou apenas 1 lugar acima da zona de descida.

Consequência? o Genoa despachou Ciro Immobile por apenas 2,75M€, apesar de valer 7M€ perdendo quase 50% do investimento feito 1 ano antes. O clube comprador foi o Torino, grande rival da Juventus.

Immobile foi finalmente feliz do outro lado de Turim (Fonte: ESPN)

Ao contrário da Juventus, o Torino revelaria-se feliz com Immobile novamente a passar os 20 golos, apontando 23 em 34 jogos, ajudando o clube a atingir um 7º lugar e uma presença na Liga Europa. O Torino desembolsou mais 8M€ para ir buscar uma percentagem do passe que estava ainda na rival Juventus, pois já sabia do interesse do Borussia Dortmund no atleta que iria ter a sua primeira experiência no estrangeiro a troco de 18,5M€.

Com um enorme desafio pela frente numa das maiores equipas europeias, Immobile voltou a ser inconsistente, fazendo apenas 10 golos em 34 jogos, levando o Dortmund a emprestá-lo na época seguinte ao Sevilla de Espanha a troco de 3M€, onde fez uma das piores épocas da carreira com 4 golos em 15 partidas.

Immobile tinha 25 anos e parecia que já não iria atingir o potencial que prometeu em junior, numa altura complicada para o Sevilla que em Janeiro tinha acionado uma cláusula de compra obrigatória de 11M€, pagando um total de 14M€ pelo atleta ao Dortmund.

As suas experiências no estrangeiro foram enormes fracassos (Fonte: 101 great golas)

Ciro Immobile quis então regressar ao local onde tinha sido mais feliz para jogar mais no resto da temporada e fechou a época 2015/2016 no Torino mas sem o fulgor de outros tempos com 5 golos em 14 partidas.

Foi então na época 2016/2017 que a vida de Immobile iria mudar aos 26 anos com a transferência para a Lazio por 9,45M€, movimentando um total de 56,63M€ na sua carreira.

O resto nos romanos é história que ainda está por acabar 165 jogos com a camisola das águias romanas e 115 golos apontados em 3 anos e meio, estando já avaliado em 50M€

Foi o melhor marcador do campeonato em 2017/2018 com 29 golos, numa época brutal em que marca 41 golos em 47 jogos e assume-se como o ponta de lança de eleição que sempre sonhou ser.

Hoje em dia é presença assídua na Seleção italiana (Fonte: Getty Images)

Esta época já lidera a lista de melhores marcadores e procura bater recordes pessoais, uma vez que leva já 26 golos na liga, devendo facilmente bater os 29 que marcou em 2017/2018.

Immobile passou a ser também presença assídua na seleção italiana com 10 golos apontados em 39 internacionalizações.

O avançado Italiano mostra assim que estamos sempre prontos para atingir o nosso maior potencial e que os fracassos não devem deitar-nos abaixo, tendo mostrado que com alguma estabilidade e carinho num clube, toda a sua qualidade iria explodir.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter