La Liga Scouting #29 – Arnaut Danjuma Groeneveld (Villarreal CF)

Bruno DiasAgosto 31, 20215min0

La Liga Scouting #29 – Arnaut Danjuma Groeneveld (Villarreal CF)

Bruno DiasAgosto 31, 20215min0
29ª edição do "La Liga Scouting" - a primeira da época 2021/22 - com uma das novas e entusiasmantes adições do Verão ao futebol espanhol.

Estamos a 31 de Agosto, dia final do mês forte do mercado de transferências, onde os principais clubes se reforçam e apresentam caras novas para a também nova época desportiva, com vista a reunirem cada vez mais argumentos de peso para atingirem os seus objectivos.

O futebol espanhol não é excepção, e à La Liga têm chegado novos jogadores de grande qualidade para todos os sectores. São inúmeras as contratações de atletas de topo mundial, de jovens promessas ou simplesmente de “craques” aparentemente desconhecidos do adepto comum.

Uma das adições mais atractivas é, sem sombra de dúvida, Arnaut Danjuma Groeneveld. Formado no PSV, o extremo pertence a uma autêntica “fábrica” de criação de criativos e desequilibradores do futebol holandês, uma escola ofensiva cujo poço de talento parece nunca secar.

Dispensado em 2016 para o NEC Nijmegen, Arnaut Danjuma começou aí uma caminhada de clara ascensão no futebol europeu. A primeira época no clube não correu da melhor forma, mas a segunda trouxe consigo uma afirmação total, com um fantástico registo de 11 golos e 17 assistências em apenas 28 jogos, na segunda divisão holandesa.

Foi esse rendimento que fez o Club Brugge contratá-lo em 2018. Mas Arnaut entraria aqui numa fase algo atribulada da carreira, com sucessivas lesões a condicionarem substancialmente o seu rendimento, primeiro no clube belga e depois no Bournemouth, onde chegou em 2019 com pompa e circunstância por cerca de 16M€ e para actuar na Premier League. A época não correu bem a nenhuma das partes, dado que os “cherries” desceram de divisão e Groeneveld não conseguiu apontar qualquer golo ou assistência nos 14 jogos em que participou.

(Foto: superdeporte.es)

Mas em 2020/21, tudo se alterou. O holandês entrou bem na temporada, o clube assumiu o seu favoritismo na luta pela subida e regresso ao principal campeonato inglês e esse objectivo foi mesmo concretizado com um forte contributo do extremo, que conquistou inequivocamente o seu espaço enquanto um dos melhores jogadores do Championship.

Assim, neste Verão, os pretendentes à sua contratação eram muitos. Mas Groeneveld decidiu mudar de ares e rumou ao Villarreal – actual detentor da Liga Europa -, que pagou cerca de 23,5M€ pelos seus serviços. Aí, o holandês juntar-se-á a um ataque repleto de talento, que conta já nas suas fileiras com jogadores como Gerard Moreno, Samuel Chukwueze, Paco Alcácer ou Boulaye Dia.

Em Espanha, num dos principais campeonatos do planeta, Groeneveld poderá ainda ganhar um maior protagonismo, tendo em vista um regresso à selecção A holandesa, onde se estreou em 2018. E tendo em conta o seu começo (já com um golo nas primeiras duas partidas da Liga), parece seguro afirmar que o estatuto continuará a crescer nos relvados de La Cerámica (outrora conhecido como El Madrigal).

 

O futebol de Groeneveld

Arnaut promete entusiasmar os adeptos do “submarino amarillo” e trazer espectáculo para a La Liga. Do seu pé direito supersónico saem golos de levantar o estádio e fintas desconcertantes, e a combinação letal de agilidade e velocidade que possui tornam-no imparável quando confiante nas suas capacidades.

Explosivo, procura constantemente situações de 1×1 e 1×2, sobretudo a partir da ala esquerda do ataque. É nessas acções que faz a diferença no plano ofensivo, através da finta curta e da velocidade de execução, que lhe permitem ganhar a frente do lance ao defesa adversário e arrancar para a linha de fundo ou mesmo na direcção da baliza contrária. Sendo principalmente um desequilibrador a partir dos corredores laterais, Groeneveld tem também bastante qualidade na finalização, tal como atesta o seu registo recente de 15 golos (e 7 assistências) nos 33 jogos que disputou no Championship pelo Bournemouth, na época passada.

É claro que ainda existe margem de progressão, especificamente ao nível da tomada de decisão. Aliando à sua capacidade de sair do drible em vantagem no lance uma leitura de jogo de outro nível, o holandês poderá transformar-se num jogador mais eficiente e crescer ainda mais no rendimento final que produz para a equipa. Esse mesmo crescimento poderá perfeitamente ser proporcionado pelo 4x4x2 de Unai Emery, onde Groeneveld deverá partir da esquerda e terá certamente muitas ocasiões para explorar o espaço no meio-campo adversário através de rápidos contra-ataques.

As avaliações relativas à sua qualidade técnica e capacidade de impacto no jogo ofensivo foram sempre altamente positivas, mas existia igualmente uma espécie de unanimidade no que toca à sua inconsistência exibicional. Arnaut era capaz do melhor e do pior em 90 minutos, e a sua condição física instável colocava também algumas dúvidas em torno do seu real potencial. Foi em Inglaterra, de resto, que conseguiu dar esse mesmo salto competitivo que tanto precisava e que o transformou numa “arma” mais estável e perigosa para o ataque às defensivas oponentes.

Agora, aos 24 anos, Arnaut Danjuma Groeneveld parece estar pronto para brilhar nos principais palcos europeus, e a sua contratação poderá muito bem ter uma influência significativa no sucesso desportivo que o Villarreal venha a atingir na temporada 2021/22.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter