O que esperar do futebol feminino brasileiro em 2022?

João Pedro SundfeldDezembro 24, 20213min0

O que esperar do futebol feminino brasileiro em 2022?

João Pedro SundfeldDezembro 24, 20213min0
Confira quais os principais fatores que fazem o ano de 2022 ser extremamente animador para o fã do futebol feminino no Brasil

O futebol feminino no Brasil está em constante desenvolvimento. As equipas estão, no geral, dando mais atenção à modalidade, apesar de ainda não investirem como poderiam/deveriam. Projetos interessantes estão nascendo, profissionais competentes sendo contratados e times de qualidade sendo formados.

Com isso, surge uma dúvida crucial: após uma temporada histórica no país, o que esperar para 2022?

Equipas consolidadas

Existem algumas equipas que já estão consolidadas no cenário do futebol feminino e que mantiveram suas principais peças para a época 2022. Este é o caso de Corinthians e Ferroviária.

Os dois times estão entre os principais do Brasil nos últimos anos, conquistando títulos e contando com importantes atletas nos seus respetivos plantéis.

O Corinthians é o atual campeão de tudo. O Timão conseguiu a Tríplice Coroa na última época, conquistando o Paulistão, o Brasileirão e a Libertadores. Além disso, o time conta com nomes de peso, como é o caso de Vic Albuquerque e Portilho, que foram fundamentais nas competições vencidas.

A Ferrinha, por sua vez, não conseguiu títulos, mas fez boas campanhas e tem tudo para continuar em alta. A equipa que foi campeã da Libertadores 2020 chegou às meias finais do estadual e do Brasileirão, mas foi eliminada pelo Corinthians.

‘Novos’ projetos

O Brasileirão 2022 contará, também, com projetos ‘novos’. Afinal, só agora algumas equipas começaram a dar a devida atenção ao futebol feminino. A principal destas é o Flamengo, que quer montar um time para vencer tudo.

A equipe rubro-negra não foi bem em 2021, mas a administração do clube mudou e deixou de ser vinculada à marinha. Assim, o projeto tem tudo para se desenvolver – e o início é animador. Contratações pesadas, valores acima do mercado, entre outros fatores tornam o Fla uma das principais equipas para próxima época.

Além dele, Atlético Mineiro tem potencial para surpreender. Atual vice-campeão da Série A2, o Galo investirá R$3 milhões a mais, se comparado ao último ano. Apesar da saída do treinador Hoffmann Túlio, o time pode ser uma equipe difícil de combater e, com isso, brigar por vaga, ao menos, na segunda fase do Brasileirão.

Jogadoras de qualidade

O futebol brasileiro não produz talentos apenas no futebol masculino. No feminino, inúmeros são os exemplos de atletas que têm qualidade para atuar em qualquer equipe não só do país, mas também do mundo.

Exemplos mais jovens, Vic Albuquerque, Ary Borges e Duda foram grandes destaques da última época e devem brilhar, mais uma vez, em seus respectivos clubes (Corinthians, Palmeiras e Flamengo), assim como outros nomes, como Bruninha, do Santos, e Kemelli, do Corinthians.

Existem, também, as atletas já consolidadas, apesar da pouca idade. Esse é o caso de Júlia Bianchi (Palmeiras), melhor jogadora do Brasileirão 2020, Gabi Portilho (Corinthians), um dos principais nomes do futebol feminino brasileiro atualmente, e Bia Zaneratto, titular da Seleção Brasileira, bola de ouro do Brasileirão 2021 e que está de volta ao Palmeiras.

Por fim, estão presentes no torneio as jogadoras mais experientes, mas que ainda têm muita lenha para queimar. Entre estas, Thamires, Erika e Gabi Zanotti (Corinthians) se destacam, assim como Cristiane (Santos) e Formiga (São Paulo).

Mais visibilidade

O último fator determinante para a próxima época do futebol feminino no Brasil é a maior visibilidade. Cada vez mais, os principais meios de comunicação dão atenção à modalidade. A Ladies Cup foi transmitida pelo Grupo Globo, Brasileirão na Band e Libertadores pelos canais Disney.

Isso faz com que o futebol feminino brasileiro cresça cada vez mais, atraindo novos investimentos e maior público.

2022 promete!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter