26 Mai, 2018

Estaduais 2018 – Conheça os clubes que podem surpreender

Sávio AzambujaJaneiro 25, 20184min0

Estaduais 2018 – Conheça os clubes que podem surpreender

Sávio AzambujaJaneiro 25, 20184min0
Nesta fase do campeonato, todos têm uma palavra a dizer

Começo de temporada no futebol brasileiro é sinônimo de estaduais por todo o país. Apesar de já não possuírem o prestígios de décadas atrás, os estaduais ainda guardam o charme e o carisma característico das rivalidades regionais. Além disso, os estaduais dão a chance a times de menor investimento crescerem e aparecerem diante dos ditos “grandes”, revelando jogadores e muitas vezes roubando a cena no futebol brasileiro. Enquanto os clubes de maior investimento se reforçam com grandes destaques do futebol brasileiro e do exterior, times do interior buscam em jogadores veteranos e jovens apostas alternativas econômicas para brilharem em seus plantéis.

Conheça hoje alguns clubes que podem surpreender nos principais campeonatos estaduais do país em 2018.

Campeonato Paulista (SP):

O campeonato paulista é, sem dúvidas, o mais competitivo do país. Devido a força econômica das cidades do interior do estado, os clubes possuem maior capacidade de investimento e organização. Confira alguns destaques:

Botafogo/SP

O Botafogo de Ribeirão Preto, que em 2017 foi eliminado nas quartas de final pelo Corinthians, vem se reforçando com vários jovens emprestados. Destaque para um trio vindo do Fluminense, formado pelo lateral-esquerdo Mascarenhas, o volante Willian e o meia Danielzinho. Quem também vai defender a Pantera é Dodô, do Atlético-MG. O meia-atacante que surgiu bem no Galo em 2014, esteve emprestado a Chapecoense na última temporada.

Red Bull Brasil

Mantido pela multinacional de bebidas energéticas, o Red Bull demonstrou mais uma vez a vontade de surpreender no Paulistão. O clube que manda seus jogos em Campinas não mediu esforços (e dinheiro) para se reforçar. O goleiro Júlio César, ex-Corinthians, os zagueiros Tiago Alves, ex-Palmeiras, Ewerton Páscoa, ex-Santos, e os atacantes Éder Luís, ex-São Paulo e Ricardo Bueno, ex-Palmeiras, foram contratados. João Denoni, do Palmeiras, chega por empréstimo.

(Foto: torcedores.com)

Campeonato Carioca (RJ)

O Cariocão também reserva grandes emoções para a edição deste ano. Apesar de não contar com a força econômica dos clubes do interior paulista, os clubes cariocas contam com a tradição e também aposta em velhos conhecidos do torcedor carioca para surpreender. Confira:

Madureira

Com boas campanhas nos últimos anos, o Madureira tenta não ficar pelo caminho em 2018 e para isso, a dupla Léo Lima (ex-Vasco da Gama) e Souza (ex-Flamengo), além do experiente técnico Paulo César Gusmão estarão em ação para levar o Tricolor Surburbano novamente as fases finais.

Volta Redonda

Por estar na Série C do Brasileirão e com a ambição de tentar subir de divisão nacional, o time da região Sul Fluminense quer fazer bonito também no Carioca e montou um elenco competitivo para a temporada.

Os nomes de destaque são o meia Vinicíus Pacheco (ex-Flamengo) e o artilheiro Anselmo (ex-Fortaleza). O Volta Redonda que já venceu a Taça Rio em 2005 e foi vice-campeão no mesmo ano.

Confira também alguns destaques do Campeonato Mineiro, Gaúcho e Baiano:

Tupi (MG)

Em qualquer competição estadual, o Tupi chega com o forte candidato entre as equipes do interior. Com uma das maiores folhas salariais, a equipe vem disputando a elite estadual desde 2007 e conseguiu o título de campeão mineiro do interior por duas vezes (em 2008 e 2012). Nesta temporada, a pretensão da diretoria é que a equipe faça muito mais do que no ano passado, em que terminou na modesta sétima colocação. Destaque para a contratação do meia Tchô (ex-Atlético/MG e América/MG).

Novo Hamburgo (RS)

Defensor do título, o Novo Hamburgo entra com uma pressão maior, mais visado, mas conseguiu manter 11 de seus campeões. A expectativa da comissão técnica é que o time repita a belíssima campanha do ano passado e surpreenda mais uma vez a dupla Gre-Nal.

Vitória da Conquista (BA)

Em 2018, o Vitória da Conquista quer chamar tanta atenção no Campeonato Baiano quanto a dupla Ba-Vi. Pelo menos em relação às contratações para o elenco, já conseguiu. Para treinador, apostou no ex-atacante Washington, o ‘Coração Valente’. E, para o ataque, trouxe um medalhão do futebol nordestino, o atacante Flávio Caça-Rato.

Tudo isso porque 2018 precisa ser o ano do Bode. Incomodado pela ausência nos torneios regionais e nacionais na temporada passada e pela extinção da Copa Governador do Estado, o Conquista quer brigar pelo título baiano para garantir um calendário maior ao clube no futuro.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter