Quando conseguirá Berardi finalmente confirmar o seu estatuto?

Pedro CouñagoOutubro 31, 20185min0

Quando conseguirá Berardi finalmente confirmar o seu estatuto?

Pedro CouñagoOutubro 31, 20185min0
O Fair Play faz um pequeno resumo do percurso de um jogador já não tão jovem que já esteve mais na ribalta do que está neste momento, vendo o que poderá acontecer para que esta história mude.

Se é verdade que já se conhece a qualidade do jovem esquerdino Domenico Berardi, não é menos sabido que a carreira do jogador parece estar algo estagnada, no limbo, em que não se sabe bem se será jogador para continuar num clube de médio nível ou se poderá subir um degrau. Mais importante, não se sabe se o italiano quer abandonar aquela que é a sua casa.

Qualidade de jogo, rapidez, aceleração e drible são os seus principais predicados, mas, para contrastar, a sua consistência exibicional tem estado aquém daquilo que o internacional italiano pode fazer. Na última temporada e neste início de Série A, o jogador parece que não tem aquela capacidade de desiquilíbrio que lhe era reconhecida, parece mais previsível.

O seu impacto inicial e o seu momento de estrelato

Quando começou realmente a perceber-se que Berardi tinha um talento especial, meio mundo ficou interessado na sua contratação. Mais impressionante, na altura, foi a Juventus ter permitido a sua saída a nível definitivo, tendo-o contratado e o jogador nunca chegado a jogar, ele que era um jogador de futuro auspicioso. No entanto, Domenico não conseguiria ter lugar na Vecchia Signora, e então permaneceu no Sassuolo, clube onde se mantém desde sempre na sua carreira sénior. Recorde-se que a Juventus contratou Berardi ao Sassuolo, no entanto manteve-o emprestado ao clube e, no fim da época 14/15, vendeu-o novamente ao Sassuolo pelo dobro do preço que tinha comprado.

Quem não se lembra dos quatro golos que Berardi marcou ao Milan em 2014? Parece que já passou uma eternidade, quase há tanto tempo como aquele já gasto a falar sobre o potencial do extremo para chegar a um patamar diferente na sua carreira. Recordemos esse jogo glorioso (Vídeo: FootyComps).

Este terá sido um dos momentos mais gloriosos da sua carreira, quando o jogador tinha ainda apenas 19 anos e estava a explodir numa equipa que jogava pela primeira vez na sua história a Série A Hoje, já tem 24 anos, tem muito mais experiência e sabedoria dos meandros do futebol, mas talvez a sua capacidade de explosão esteja mais desaparecida.

Berardi capitaneia o Sassuolo aos 24 anos

Sendo o extremo um jogador que é da casa desde sempre e aquele com mais talento da equipa, o passo natural a tomar e, talvez, uma das razões que o fazem permanecer no Sassuolo é possuir a braçadeira de capitão. Na Série A, são diversas as histórias de jogadores que batem recordes no que toca a permanência no mesmo clube, sendo que, agora, são mais raras, pois, como se sabe, o futebol está cada vez mais globalizado e os valores monetários começam a ganhar um poder que anteriormente não existia.

Será esta uma daquelas histórias que foi acima descrita? Se o for, será certamente surpreendente e, acima de tudo, fará com que Domenico construa um legado em Sassuolo mas não construa um legado a nível individual, pois tem ainda muito a provar no que toca a conseguir jogar a um nível mais alto.

Extremo com potencial para mais, os números provam-no

Com um pé esquerdo tão perfumado, capaz de grandes golos, com muita qualidade no primeiro toque e no drible, seria de esperar que os números do médio fossem impressionantes, e a verdade é que não o têm sido. Na passada temporada, o jogador fez 5 golos e 1 assistência em 33 jogos, esta temporada, em nove jogos, o jogador tem 2 golos e uma assistência. Não são números particularmente espetaculares, de um jogador que até já marcou 4 golos no mesmo jogo há quatro anos atrás contra um AC Milan. O jogador é o recordista de golos na Série A pela sua equipa, mas tem vindo a perder fulgor.

Outra das questões prende-se com o número de internacionalizações que tem pela Squadra Azzurra. Numa seleção que está em autêntico caos, numa renovação profunda, poderia ser a perfeita oportunidade para Berardi se conseguir afirmar e ser um valor seguro no meio de uma seleção ferida. No entanto, aos 24 anos, Berardi tem apenas 3 internacionalizações pela Itália, foi uma estrela nos sub-21, sendo dos mais internacionais de sempre nesse escalão, mas não o está agora a replicar ao máximo nível.

Teremos outro desfecho a curto prazo?

Domenico Berardi usa o número 25 nas costas, sendo que, em agosto próximo, fará também 25 anos de idade. Será que poderemos ter uma coincidência e ser esta a altura da saída do esquerdino do Sassuolo?

Um dos principais motivos que pode estar relacionado com o abaixamento de forma de Berardi pode passar pela falta de estímulo, pela falta de luta por algo mais que uma classificação tranquila. Será que um novo começo, uma mudança de ares, não o faria subir o seu nível de jogo.

O dono da bola em Sassuolo precisa de dar outro brilho ao seu futebol (Foto: Goal.com)

Uma coisa é certa, a qualidade é absolutamente inegável, e este autor aprecia imenso as suas capacidades de mexer com o jogo, tanto que o quer ver de volta a dar show como já deu no passado. É um caso de estudo como Berardi já esteve tão cotado e agora parece um pouco esquecido, e isto sem nunca ter saído do mesmo local. Esperemos que o extremo dê resposta afirmativa, porque não só o Sassuolo precisa dele, como a seleção italiana precisa de um sério desequilibrador e, por fim, outros clubes maiores terão sempre espaço para um talento nato como Domenico, basta ele querer.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter