9 jogadores sub-23 com contratos a expirar em Junho de 2022 pt.2

Francisco IsaacJaneiro 14, 20225min0

9 jogadores sub-23 com contratos a expirar em Junho de 2022 pt.2

Francisco IsaacJaneiro 14, 20225min0
Fica a saber de 9 jogadores jovens que podem assinar a custo-zero neste Verão, ou que até pode sair já, com mais 3 nesta parte 2

Como em todos os anos, há uma série de jogadores profissionais do mundo do futebol com o seu contrato a terminar, e o Fair Play escolhe 9 nomes abaixo do escalão etário sub-23 (dividido em três partes de três) que podem aguçar o interesse de equipas portuguesas, seja pelo talento, polivalência, margem de progressão ou sentido de oportunidade. Esta é a 2ª parte, e podes ler a primeira neste link!

BEN BRERETON DIAZ (BLACKBURN ROVERS)

Na Championship inglesa escondem-se alguns “diamantes” e jogadores especiais que podem motivar autênticas guerras e leilões devido ao seu talento e qualidade, como será no caso de Ben Brereton Diaz, ponta-de-lança do Blackburn Rovers, e actual 2º melhor marcador deste segundo patamar do futebol inglês, com 20 golos e 2 assistências, sendo que o papel do avançado vai muito para além dos remates desferidos para o fundo das redes.

O internacional chileno de 23 anos, que chegou a passar pela academia do Manchester United durante os anos de 2009-2013, tem logrado exibições de calibre alto durante esta temporada, passando de 7 golos em 40 jogos em 2020/2021 para 20 remates certeiros em 25 aparições na actual época, e isto deve-se a três pormenores: afinação do poder de conclusão dentro da área, assumindo uma eficácia mais potente e de maior cadência dos golos, não necessitando de um largo número de tentativas para chegar ao objectivo; mobilidade no último terço do campo, conseguindo fazer a diferença pelo poder de velocidade e destreza mental; e qualidade no envolvimento com os seus restantes parceiros de ataque, não ficando “preso” ao seu papel de goleador, já que tenta ser um dos trampolins para assaltar o meio-campo adversário.

É actualmente um dos nomes mais cobiçados da Championship, estando na idade certa para dar o salto, com Everton, Brighton, Wolverhampton e Leeds United interessados no concurso do chileno, que finda o seu contrato em Junho como todos os outros desta lista escolhida pelo Fair Play.

AMOS PIEPER (ARMINIA BIELEFELD)

Um dos produtos mais refinados dos últimos anos do futebol alemão e um dos possíveis futuros para o centro da defesa da Mannschaft, Amos Pieper termina a sua ligação ao Arminia Bielefeld, e já há concorrentes assumidos ao concurso do central, a começar no Dortmund, Leverkusen e, claro, Bayern de Munique, com todos estes a sentirem o enorme potencial do defesa. Para os adeptos portugueses, o defesa fez parte da selecção alemã que derrotou os sub-21 de Rui Jorge no último Campeonato da Europa em 2021, impondo-se com excelência no eixo defensivo, fechando bem o espaço a Tiago Tomás e Dany Mota, saindo a jogar com facilidade, sempre a transmitir um bom diálogo com os seus colegas de equipa, algo visto também ao serviço do Bielefeld na época que está a decorrer.

Alinhou a titular em 17 dos 18 jogos ao serviço do clube em 2021/2022, cumprindo os 90 minutos (só por uma vez saiu do campo, isto aos 85′), ajudando a equipa a assumir a 6ª melhor defesa da Bundesliga, apesar de estarem nos últimos lugares da liga fruto de um ataque mais pobre, com Amos Pieper a ser um dos principais destaques, evidenciando-se uma classe tremenda na transição entre defesa e meio-campo, na aproximação e fecho de acção do avançado adversário, para além de se opor com total determinação no jogo aéreo, sendo um polo de certeza e para os comandados de Frank Kramer.

O Dortmund está, potencialmente, perto de assinar com o central, e caso se confirme é um retorno a casa para Amos Pieper, já que até 2019 fez parte do emblema do Westfalenstadion. Será um regresso a casa para um dos jogadores jovens em voga do futebol alemão?

MATEUSZ ZUKOWSKI (LECHIA GDANSK)

O lateral de 20 anos e internacional pela Polónia por quatro ocasiões está no radar de alguns clubes de segundo nível na Europa, como APOEL, Alavés, Bochum, e poderá ser um reforço interessante para o futebol português, já que a margem de progressão é minimamente interessante, pois o defesa possui certos elementos técnicos e tácticos positivos: capacidade em transitar da acção defensiva para o ataque num instante, oferecendo profundidade à manobra ofensiva; boas dinâmicas no confronto táctico com os extremos adversários, fechando bem os espaço sem comprometer o aparelho defensivo; e sentido de risco, apostando em remates de longo alcance ou tentar dribles numa aproximação à grande área.

Mateusz Zukowski faz parte de uma das gerações mais gratificantes do futebol polaco, carregada de jogadores talentosos, conseguindo incorporar qualidades que poderão lhe valer uma saída para um campeonato de outra dimensão – o Lechia Gdansk poderá tentar uma transferência em Janeiro de modo a somar algum retorno financeiro com o jovem -, precisando o lateral-direito de um desafio superior até para continuar na sua rota de crescimento e afirmação, após ter siso lançado por Paulo Sousa na selecção nacional da Polónia no ano findado há poucas semanas.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter