Liga dos Campeões e a História dos “nossos” rivais: Galatasaray, Schalke 04 e Lokomotiv


Liga dos Campeões e a História dos “nossos” rivais: Galatasaray, Schalke 04 e Lokomotiv

Neste 1º artigo de recordar alguns episódios e histórias dos adversários europeus dos clubes portugueses, vamos ao Grupo D da Liga dos Campeões do FC Porto

GALATASARAY

“ O nosso objetivo é jogar juntos como os ingleses, ter uma um nome e uma cor e vencer todas as equipas não turcas”

Ali Sami Yen, Fundador do Galatasaray

Ali Sami Yen juntou-se aos colegas de líceu e juntos fundaram o Galatasaray SK, no dia 30 de Outubro de 1905. A origem do nome Galatasaray remonta ao nome da escola secundária,  Galata Sarayı Enderûn-u Hümâyûn (Escola Imperial do Plaácio de Galata). O nome Galata  é o nome do bairro medieval genovês da cidade de Istambul (atualmente, bairro de  Karaköy). Por outras palavras, Galatasaray significa literalmente “Palácio de Galata”.

Segundo algumas fontes históricas, o clube foi batizado de Galatasaray por causa de um jogo contra uma equipa grega local. Nesse jogo, o Galatasaray venceu por 2-0 e os esspectadores chamaram a equipa de “Galata Sarayı efendileri” (“Senhores do Palácio de Galata”). E após este jogo, eles adotaram este nome e passaram a chamar ao clube de “Galata Sarayı”.

Em 1905, durante a era do Império Otomano, os clubes turcos não podiam ser registados oficialmente, mas, após a Lei de 1912 de Associação, o clube foi registado legalmente.

LOKOMOTIV MOSCOVO

O Lokomotiv Moscovo é o único dos “grandes” de Mosocov que nunca conquistou o campeonato nacional da União Soviética. As suas conquistas de campeão nacional remontam todas ao período pós-perestroica.

O Lokomotiv foi fundado como Kazanka (Moskovskaya-Kazanskaya Zh.D) em 1922. O Kazanka reuniu os melhores jogadores de futebol que trabalhavam nas linhas ferroviárias de Moscovo e mudou o nome para KOR (em portugues, Clube da Revolução de Outubro) em 1924.

Em 1931 volta ao seu nome antigo de Kazanka. Passados 5 anos, em 1936, o adota o nome atual, Lokomotiv (significa Locomotiva em português). Durante o governo comunista, o Lokomotiv Moscovo fazia parte da Sociedade de Desportos Voluntários do Lokomotiv e era propriedade do Ministérios de Transportes Soviético.

Em 1936, o Lokomotiv estreou-se no Campeonato da União Soviética, na época existiam dois campeonatos sazonais no país, o da primavera e o de outono. O clube contava com os melhores jogadroes do Kazanka, entre os quais estavam alguns dos melhores jogadores soviéticos da época, como Valentin Granatkin, Nikolay Llyin, Alexey Sokolov, Piotr Terenkov, Mikhail Zhukov, Llya Gvozdkov e Ivan Andreev. O primeiro sucesso nacional chegou neste mesmo de 1936, os ferroviários bateram o Dinamo Tbilisi na final da Taça da União Soviética.

SCHALKE 04

O sucesso do Schalke 04 remonta ao período mais negro da história da Alemanha. Durante o governo nazi, o Schalke 04 conquistou 6 vezes o Campeonato Alemão e foi duas vezes finalista vencido.

Com a chegada de Hitler ao poder em 1933, o futebol não escapou ás mudanças que ocorreram em toda a sociedade alemã. As ligas de futebol são reorganizadas, o Schalke 04 começou a jogar na “Gauliga Westfalen” (Liga Regional da Vestefália), uma das 16 ligas regionais estabelecidas para substituir as inúmeras ligas regionais e locais. O Schalke venceu todas as edições do Campeonato da Vestefália, no total venceu 11 vezes consecutivas, entre 1933 e 1944.

O clube nunca perdeu um jogo em casa na “Gauliga Westfalen” e apenas foi derrotado em seis jogos fora de casa. Ficou invicto na liga regional em 1936, 1937, 1938, 1939, 1941 e 1943, este era um sinal claro do domínio do Schalke a nível regional mas também foi a nível nacional.

O primeiro título nacional do Schalke aconteceu em 1934, na final derrotou o Nuremberga por 1-0. Na época seguinte, o campeão da Vestefália e da Alemanha, renovou o título de campeão nacional, desta feita a vitima foi o Estugarda que foi derrotado por 6-4.

Entre 1939 e 1942, o Schalke jogou todas as finais do Campeonato, e venceu por três vezes. Três dessas finais nacionais foram jogadas contra clubes austríacos – Admira Viena, Rapid Viena e First Viena, equipas essas que passaram a jogar na “Gauliga Ostmark” após pós a incorporação da Áustria ao III Reich, através do Anschluss de 1938.

Schalke 04 (Foto: Getty Images)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter