FP Scouting – Ricardo Mangas (CD Aves)

João NegreiraFevereiro 16, 20194min0

FP Scouting – Ricardo Mangas (CD Aves)

João NegreiraFevereiro 16, 20194min0
Ricardo Mangas, da equipa sub-23 do CD Aves é o próximo alvo do FP Scouting! Fique a conhecer tudo sobre o defesa esquerdo.

A rubrica FP Scouting, onde analisamos os melhores talentos do país está de volta! Desta feita, a parceria entre o Fair Play e a Talent Spy vai analisar um dos melhores jogadores de uma das surpresas da Liga Revelação!

Ricardo Mangas, que fez toda a sua formação no SL Benfica, joga, agora, pelos sub-23 do CD Aves. Naquela que tem sido uma boa campanha na Liga Revelação – ficaram em 4º lugar, a 5 pontos do 1º classificado, na 1ª fase – o defesa esquerdo foi importante nessa conquista.

Mangas chegou à formação das águias em idade precoce, mas quando chegou a altura de dar o salto para sénior, teve que sair para um clube de menor dimensão.

Foi também muito assíduo nos escalões jovens da seleção nacional, totalizando 17 partidas, divididas pelos sub-15, sub-16 e sub-17. Mais uma vez, com o passar do tempo, foi ficando para trás e não mais foi convocado para representar a seleção das quinas.

De referir que, no seu primeiro ano de júnior foi emprestado ao Tondela, sendo que na época passada é contratado pelos avenses, sendo logo emprestado ao Mirandela. Nesta temporada, integra o plantel de sub-23.

De mencionar que, até à jornada 20 só tinha falhado 3 jogos. Contudo, nunca mais jogou, fazendo apenas 1 jogo no ano civil de 2019, devido a uma rotura parcial do tendão de aquiles.

Ricardo Mangas é um lateral esquerdo ofensivo. Sempre muito disponível para a equipa nesse aspeto, apoiando sempre a equipa na sua manobra ofensiva. É em organização ofensiva que podemos ver o melhor de si, projetando-se desde cedo na saída de bola, tendo também um grande rigor quando desce para oferecer linhas de passe aos defesas.

Com bola, joga muito simples, com os apoios frontais ou laterais, sendo que após o passe, oferece logo grande verticalidade ao ataque.

Não obstante, é quando perde a bola nesses momentos que se vê o pior de Mangas. Não que reaja mal à perda da bola, no espaço curto, mas quando está muito projetado no ataque, não desce logo e recupera a posição.

Algo muito frequente em defesas laterais que gostam de subir no terreno, já que não conseguem estar a correr pelo campo constantemente. Porém, há que saber quando é que não irá descompensar a equipa e se valerá a pena o risco de subir no terreno e ajudar o ataque.

Para além disso, Ricardo Mangas tem algumas lacunas no jogo aéreo. Contudo, é algo que pode melhorar, já que conta com algumas competências físicas para se tornar minimamente eficiente neste padrão técnico.

De referir também que o jogador de 20 anos pode ser uma arma nos livres. É ele um dos batedores da equipa do CD Aves, sendo um perigo com o seu pé esquerdo. Ainda não marcou esta época, mas certamente que muitas equipas não quererão fazer faltas perto da área.

Ricardo Mangas caracteriza-se, fundamentalmente, por ser um lateral esquerdo ofensivo, mas que deixa um pouco a desejar nas transições defensivas. Cumpre em organização defensiva, não sendo excelente, mas é, sem dúvida alguma, um lateral que gosta de atacar.

Mangas, com toda a capacidade para melhorar, pode tornar-se um grande lateral esquerdo. A margem de progressão é grande e podemos vir a vê-lo nos grandes palcos, no futuro.

BOA OPÇÃO PARA…

Ledman Liga Pro – A opção em poderia recair em várias equipas. No entanto, os defesas laterais são escassos. Em boa verdade, é mais provável encontrar um bom talento atacante do que um defensor. E sendo Ricardo Mangas um bom defesa esquerdo, que gosta de atacar com confiança e que cumpre a defender, qualquer equipa da Ledman Liga Pro, poderia querê-lo e seria uma boa oportunidade de se lançar para outros palcos.

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter