FP Scouting – Luís Carlos (GD Estoril Praia)

João NegreiraMarço 4, 20194min0

FP Scouting – Luís Carlos (GD Estoril Praia)

João NegreiraMarço 4, 20194min0
Mais um artigo onde analisamos mais um talento da Liga Revelação. Desta vez, fomos à procura de Luís Carlos, defesa esquerdo do GD Estoril Praia.

A parceria entre o Fair Play e a Talent Spy continua a observar os melhores talentos de Portugal. Com grande foco na Liga Revelação, apresentamos o lateral esquerdo de uma das surpresas desta Liga.

Falamos de Luís Carlos – mais conhecido como Luís Ká, ou apenas Ká – do GD Estoril Praia que acabou a 1ª fase em 2º lugar e está agora no topo da tabela na fase de apuramento de campeão.

No artigo passado, também falámos de um lateral esquerdo de uma das surpresas da Liga Revelação. Contudo, os estorilistas surpreenderam ainda mais que o CD Aves e Ká é um lateral com algumas diferenças de Mangas.

Apesar de não ter sido totalista, Luís Carlos foi importante nesta conquista do equipa do Estoril Praia que até mudou de treinador a meio da época.

Natural da cidade de Braga, é mesmo nos arsenalistas que começa a sua carreira de jogador. Por lá faz toda a sua formação jovem, mas quando chega a idade de sénior, não teve lugar e acabou por ser transferido para o Amarante, na época 2015/2016.

Na equipa que milita no Campeonato de Portugal, atuou por 21 vezes e na época seguinte, voltou a ser transferido para o Bragança, onde lá ficou 2 temporadas.

Nesses 2 anos, vestiu a camisola por 56 vezes e marcou 2 golos. Na equipa da cidade de Bragança era ele o homem das bolas paradas (livres e cantos) tendo um pé esquerdo bastante forte e poderoso.

Não obstante, já não tem esse papel na equipa da Linha, ficando apenas a nota que poderá ser uma mais valia para qualquer equipa nesse aspeto.

Ká, é um lateral esquerdo muito ofensivo que gosta de atacar. Projeta-se imenso, muito cedo (talvez por instrução do treinador) e dá sempre muita profundidade à equipa. Assim, não está presente na 1ª fase de construção.

As suas maiores valências são a sua capacidade de cruzar muitas vezes e com precisão e a sua capacidade de ultrapassar jogadores na última fase ofensiva. Isto é, Luís Carlos, aparece muitas vezes para cruzar, mas quando isso não acontece, está à vontade para tentar fintar o jogador.

Estando sempre muito disponível para o ataque é preciso ter a consciência de que não pode colocar a equipa em perigo e que vai ter que voltar rápido, o que nem sempre acontece. Um problema geral em quase todos os laterais esquerdos, mas que é preciso ser melhorado para ser um jogador completo.

Defensivamente, pode melhorar em alguns aspetos quando se junta à linha defensiva, estando muitas vezes demasiado perto e à frente do 2º central. Pode também melhorar o seu desarme, cometendo algumas faltas. Algo simples e facilmente melhorável por Luís Ká.

De referir, ainda, o facto de Luís Carlos ter falhado vários jogos no final do ano civil que passou e agora ter dificuldade em afirmar-se outra vez.

Ora, Ká, começou a temporada como titular e jogava quase sempre os 90 minutos. No entanto, a sua regularidade na equipa foi diminuindo (talvez pela mudança de treinador) até que lesiona-se no final do ano e aí deixa a sua concorrência, sem concorrência.

Voltou aos jogos no final de janeiro, depois de 2 meses sem jogar e está, agora, a ser introduzido, a espaços, tendo que lutar por um lugar no onze inicial.

Por fim, de mencionar que Ká é um jovem com muita margem de progressão, um lateral esquerdo que gosta de abraçar a linha e cruzar, sendo muito participativo no processo ofensivo. Tendo então que limar alguns aspetos defensivos, pode crescer muito.

BOA OPÇÃO PARA…

Ledman Liga Pro – A opção em poderia recair em várias equipas. No entanto, os defesas laterais são escassos. Em boa verdade, é mais provável encontrar um bom talento atacante do que um defensor. E sendo Luís Ká um bom defesa esquerdo, que gosta de atacar com confiança e que cumpre a defender, qualquer equipa da Ledman Liga Pro, poderia querê-lo e seria uma boa oportunidade de se lançar para outros palcos.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter