Copa do Mundo de Clubes da FIFA – História e Origens

Thiago MacielFevereiro 3, 20216min1

Copa do Mundo de Clubes da FIFA – História e Origens

Thiago MacielFevereiro 3, 20216min1
Começa nesta semana a copa do mundo de clubes da FIFA, torneio que conta com os campeões continentais da temporada 2019-20. Mas quando o torneio começou?

Copa Rio é mundial?

Em 1909, Sir Thomas Lipton teve a ideia de criar um torneio mundial e criou o troféu com o seu nome, mas que acabou reunindo times europeus. Foi o primeiro esboço de um campeonato mundial. Nos anos 50, a CBD, com a aprovação do então presidente da FIFA, Jules Rimet, decidiu organizar o primeiro torneio intercontinental, trazendo clubes representantes dos seis países mais bem ranqueados na Copa do Mundo de 1950, além dos vencedores dos estaduais de São Paulo e Rio de Janeiro.

O torneio foi um sucesso de público, além de grande participação da imprensa internacional e teve como primeiro campeão o Palmeiras, que venceu a Juventus na final. O torneio ainda foi disputado no ano seguinte, 1952, e vencido pelo fluminense.

A época do torneio, público e imprensa tratavam como um verdadeiro campeonato mundial. Porém, os clubes tentam reconhecer junto à FIFA, mas a mesma sempre é ambígua nas suas decisões. Em 2019, a entidade conferiu ao Palmeiras a chancela FIFA de campeões mundiais, mas sem mencionar o campeonato de 1952.

Copa RIO é mundial
Jornal elevando o Palmeiras a campeão mundial (Foto: A Gazzeta)

Anos 60 e o embrião do mundial

Iniciada em 1960, a antiga Copa Europa-América do Sul, era disputada pelos clubes campeões da Copa dos Campeões da Europa (Atual Liga dos Campeões) e Taça Libertadores da América (Atual Copa Libertadores da América). Os jogos eram disputados pelo sistema de duas partidas, uma em cada país. Caso houvesse dois empates ou cada clube vencesse um jogo, uma terceira partida seria realizada.

Como dito anteriormente clubes das federações da América do Norte, da América Central, da Ásia, África e Oceania não eram convidados a jogar. Por isso a FIFA interveio rapidamente e vetou o cunho “mundial”

Eventualmente, os clubes europeus se queixavam da forma violenta como os clubes, principalmente os argentinos, costumavam jogar as partidas em suas casas, além de problemas como falta de calendário, violência de alguns times, insegurança nos estádios e até falta de neutralidade de árbitros. Isso demonstrava uma total falta de profissionalismo e organização por parte dos líderes da competição. A competição não disputada em 1975 e 1978 e esteve a beira de ser encerrada se não fosse o surgimento de uma montadora japonesa.

Campeões do mundo incluindo copa Toyota
Todos os campeões mundiais, considerando a copa Toyota (Foto: GE)

Copa Intercontinental

Nos anos 80, a montadora japonesa Toyota, que tinha em vista a abertura do mercado europeu e sul-americano para seus veículos, iniciou o patrocínio dos jogos. Assim, Copa Europa-América do Sul passou a se chamar Copa Intercontinental-Copa Toyota. O formato também mudou, de modo que agradasse os dois lados envolvidos. Os dois campeões continentais disputariam apenas uma partida, que se terminasse empatada seria decidida nos pênaltis.

Foram grandes jogos que marcaram época, como o Flamengo de Zico, que passou por cima do Liverpool em 81, São Paulo e Barcelona, o mesmo time paulista fez um grande jogo contra o Milan, como também a vitória do Boca Juniors contra um forte Real Madrid, nos anos 2000.

Gol Raí na Copa Intercontinental
Golaço de Raí de falta contra o Barcelona, na final de Tóquio em 1992 (Foto: La Marca)

A FIFA entra em cena

A entidade então, em 1998 criou o Mundial, e definiu como sede o Brasil. As cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo foram escolhidas para a realização dos jogos, e o torneio seria disputado em janeiro de 2000. O título ficou nas mãos do Corinthians, que participou na época como representante do país sede.

A FIFA fracassou em realizar o segundo torneio, em 2001. Um dos motivos foi a falência da empresa que patrocinaria o torneio. Outro foi o desinteresse de algumas federações da Europa, que não queriam bancar financeiramente o torneio. A segunda edição foi adiada para 2003, logo na sequência cancelada.

Esse é um dos motivos para uma desvalorização do novo formato. Porém, a partir de 2005 não houve mais cancelamentos e o torneio é disputado todos os anos. Com os representantes de cada confederação e o país Sede.
A grande questão da Copa Toyota era o seu reconhecimento como torneio mundial. É muito comum as equipes sul-americanas se considerarem campeões do mundo. Já entre os europeus o status muda um pouco de clube pra clube, inclusive em algumas galerias de troféus, a taça da Copa Intercontinental está associada separada de uma taça da copa do mundo.

Em 2017, o Conselho da FIFA tratou do reconhecimento ou não dos títulos da Copa Intercontinental como sendo mundiais. A solicitação foi aceita e, com isso, os vencedores da Copa Intercontinental passaram a ter oficialmente o status de campeões mundiais. No entanto, sem promover a unificação com a atual competição da entidade. Inclusive, no site da organização a mesma não faz menção aos campeões da Copa Toyota, assim como o fez com a Copa Rio de 51.

Mundial FIFA
Campões de Clubes FIFA – Liverpool campeão em 2019 (Foto: Sport)

Planos Futuros

A FIFA, em março de 2019, anunciou a criação de um novo Mundial de Clubes, a ser disputado a cada quatro anos, com a presença de 24 times. A primeira edição seria organizada em junho e julho de 2021, ocupando a janela deixada pela Copa das Confederações no calendário mundial.

Com a pandemia o novo mundial foi adiado e ainda não tem data definida. O que sabemos é que em 2021 teremos um mundial de clubes no Japão, nos moldes dos atuais, e é provável o novo certame em 2022 ou 2023, que será realizado na China.

Real Madrid
Real Madrid – maior campeão de Mundial de Clubes (Foto: Getty Images)

One comment

  • Waldir.Braga

    Abril 5, 2021 at 6:15 pm

    A Copa Rio foi registrada com um torneio Mundial com a autorização da FIFA isso foi declarado no século passado, O País sede foi O Brasil por parte da Imprensa Internacional em Nível Mundial, representado no Cenário MUNDIAL

    Reply

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter