3 prendas no sapatinho do FC Porto 2018: revalidação à vista?

Francisco da SilvaDezembro 24, 20183min0

3 prendas no sapatinho do FC Porto 2018: revalidação à vista?

Francisco da SilvaDezembro 24, 20183min0
O FC Porto precisa de se reforçar para atacar o bicampeonato com mais tranquilidade e escolhemos 3 opções de interesse. O Natal do FC Porto 2018 será positivo?

 Tomas Soucek (Slavia de Praga, médio centro)

A hegemonia de Danilo no centro do terreno é um dos principais pilares deste FC Porto de 2018/2019, como tal, não surpreende que no final da presente temporada o médio defensivo português rume a outras paragens.

Com o intuito de preparar a sucessão de Danilo, mas também de adicionar profundidade ao setor intermédio portista, a chegada de Tomas Soucek seria uma bela prenda no sapatinho de Sérgio Conceição. O jovem centrocampista de 23 anos é uma das principais referências do Slavia de Praga, quer pela sua capacidade em desarmar e recuperar bolas, quer pela sua influência nas bolas paradas ofensivas.

Soucek é um médio muito cobiçado pois é rápido, posiciona-se bem, é alto (192 centímetros), chega com qualidade à área contrária e tem ainda muito potencial para poder crescer. Os 3,75 milhões de euros* são uma maquia “conservadora” para este checo que promete subir ainda vários patamares no futebol europeu.

Javier Aquino (Tigres, extremo esquerdo)

A lesão de Otávio e a partida anunciada de Yacine Brahimi podem causar alguma instabilidade exibicional à formação azul e branca, assim sendo, a chegada de um elemento criativo capaz de desbloquear encontros com o seu génio individual é um must have. Face à maturidade competitividade e capacidade de desequilíbrio, Javier Aquino seria uma excelente solução de recurso e de baixo investimento.

O extremo esquerdo mexicano ainda não renovou efetivamente contrato com o Tigres e pode nos próximos dias ser um jogador livre, o que torna Javier Aquino um dos ativos mais apetecíveis do mercado mexicano.

Aquino é um extremo virtuoso, com baixo centro de gravidade e com uma qualidade técnica que desequilibra facilmente no um para um.

Após uma primeira passagem pela Europa discreta, o extremo mexicano é um dos melhores elementos do campeonato e, estando avaliado em 5 milhões de euros*, são vários os emblemas europeus interessados. No Dragão, Aquino não teria dificuldade em se adaptar e mostrar todo o seu perfume e magia no flanco esquerdo.

Paul Onuachu (FC Midtjylland, ponta de lança)

A prolongada lesão de Vincent Aboubakar e a inércia desportiva de André Pereira estão a exigir o máximo de Francisco “Tiquinho” Soares e Moussa Marega, nesse sentido, a contratação de mais um homem para a frente de ataque é de carácter urgente. Atendendo às características que Sérgio Conceição aprecia num ponta de lança, a chegada de Paul Onuachu seria uma belíssima “boa-nova” para o técnico azul e branco.

O nigeriano que atua atualmente no Midtjylland da Dinamarca é um avançado muitíssimo forte fisicamente, não tivesse ele mais de 2 metros de altura, de passada larga e algo desengonçada, mas com um bom sentido posicional e oportunista.

Na presente temporada, Onuachu leva já 11 golos em 17 jogos na primeira liga dinamarquesa, assumindo-se como a principal figura do atual 2º classificado e um dos ativos mais cobiçados na Dinamarca. Avaliado em 2,5 milhões de euros*, este ponta de lança de 24 anos seria uma aposta interessante dado o baixo nível de investimento necessário.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter