14 Fotos que contam a História do Rugby Português em 2018

Francisco IsaacDezembro 14, 20188min1

14 Fotos que contam a História do Rugby Português em 2018

Francisco IsaacDezembro 14, 20188min1
De Torneios Juvenis a finais de campeonatos nacionais séniores, o Fair Play escolheu 14 fotos de 14 fotógrafos do Rugby Português em jeito de sumário do ano 2018. Qual é a tua favorita?

O Fair Play escolheu 14 fotos que contam o ano do Rugby Português, ou, melhor, que ilustram alguns momentos da melhor parte da oval lusa em 2018.

As fotos de cada fotógrafo que se dedica a esta arte de dar “cor” à memória da modalidade!

LUÍS CABELO FOTOGRAFIA

Faça chuva ou faça sol, faça calor ou faça frio, tenha muito lama ou seja um sintético áspero, é impossível de tirar o sorriso da cara de um jovem praticante de rugby. Luís Cabelo captou este momento num dia de tempestade em Lisboa e o seu “alvo” não só não fugiu para se abrigar, como mostrou raça e vontade de continuar com o saco de placagem e ficar com os pés no treino!

Foto: Luís Cabelo Fotografia

MIGUEL RODRIGUES FOTOGRAFIA

Aquele pré-momento antes do impacto e placagem, em que o portador da bola estuda como e onde entrar e o placador ganha o último fôlego antes de meter o ombro e colocar o adversário no chão, à mercê de um turnover. É palpável a intensidade, bem capturada por Miguel Rodrigues, neste CDUL GDS Cascais para a Divisão de Honra. O duelo mais aguardado de um jogo de rugby: portador vs placador!

Foto: Miguel Rodrigues Fotografia

FILIPE MONTE FOTOGRAFIA

A técnica de converter um pontapé em pontos é das mais especiais de uma modalidade em que a bola está praticamente sempre nas “mãos” de todos. Filipe Monte esperou pelo momento certo para apanhar Pedro Lucas a pontapear a oval em direcção aos postes… o “cone” já está em voo, a bola pontapeada e a técnica paralisada no tempo.

Foto: Filipe Monte Fotografia

MARIA PIETRA FOTOGRAFIA

Quebra-de-linha, outro dos particularismos do rugby passe por um jogador conseguir entrar tão bem mas tão bem no contacto que consiga “partir” uma placagem ou enganar a linha de defesa e sair disparado até à área de ensaio ou, pelo menos, conseguir ganhar vários metros. Maria Pietra marcou presença num duelo sempre desafiante, entre RC Montemor e CR Évora… será que esta quebra-de-linha levou a ensaio?

Foto: Maria Pietra Fotografia

FERNANDO VIEIRA DIAS FOTOGRAFIA

Continuando na senda do Clássico ou Dérbi do Alentejo, Fernando Vieira Dias traz uma imagem que muito bem representa o rugby português: placagem,. Por maior que seja o adversário, a guelra e raça dos jogadores lusos nunca foi de virar costas ao desafio e ir aos pés, canelas, joelhos ou pernas metendo o ombro on the line. Foi esta raça que deu a vitória (improvável) ao CR Évora frente ao RC Montemor no CN 1ª Divisão 2018/2019.

Foto: Fernando Vieira Dias Fotografia

INÊS CABRAL FOTOGRAFIA

Uma excelente chapa de Inês Cabral, a fotografar o momento em que um jogador, de nome desconhecido, mergulha para o ensaio durante um dos maiores torneios de rugby juvenil da Europa: o Rugby Youth Festival da Move Sports. No meio de uma confusão total de camisolas, calções, jogadores, treinadores, pais, amigos e muito mais, o rugby português ganhou vida e um contorno especial durante mais uma edição do torneio.

Foto: Inês Cabral Fotografia

JOSÉ ANTÓNIO FERNANDES FOTOGRAFIA

O “coimbrão” José António Fernandes, que não pára de dar ao “gatilho” na máquina de fotografar, esteve presente em Junho num dos vários torneios de formação/escolar e entre as várias fotos, trouxe esta para posteridade. A placagem é “perfeita”, ou seja, o gesto técnico está todo ele bem executado, com as pernas em força, ombros encaixados, braços a trancar e concentração máxima.

Foto: José António Fernandes Fotografia

CB FOTOGRAFIA

Será que se escapa ou fica no sítio que está? A vitória da Agronomia no Estádio Universitário em Novembro passado foi incontestável, mas o CDUL ainda tentou fazer valer aquela qualidade individual fatal para as defesas. João Bello com um sidestep inteligente quase que fura a defesa agrónomo e fica o momento que a CB Fotografia traz: então parou ou não parou ali?

Foto: CB Fotografia

ANTÓNIO SIMÕES DOS SANTOS FOTOGRAFIA

A cultura do passe, de receber a bola em condições e depois de libertá-la ainda com melhor trato, de consegui-la de meter no sítio certo, à hora certa para que a equipa consiga avançar no terreno de forma sustentada. O “veterano” das fotografias do rugby português António Simões dos Santos deu o clique certo, no segundo certo para captar este “passo de dança” de um jogador da Lousã a passar a bola. 10 em 10?

Foto: António Simões dos Santos Fotografia

LUÍS SEARA CARDOSO FOTOGRAFIA

Tonalidades. É a palavra que descreve melhor esta foto de Luís Seara Cardoso, durante a final da Divisão de Honra em Outubro passado, no dia em que o CF “Os Belenenses” regressaram às vitórias. A camada azul nas bancadas do Jamor fez a festa perante a vitória da sua equipa, num jogo de final de época realizado no início da nova temporada. Entre o azul do Restelo e o verde da Tapada da Ajuda este foi o final (início) de mais uma época.

Foto: Luís Seara Cardoso Fotografia

ABAÇAÍ FOTOGRAFIA

Tudo a olhar para o alto… é lá que está o bem mais precioso de um jogo de rugby: a bola. A luta nos céus assemelha-se a uma subida a um arranha-céus entre dois adversários que têm de lutar (legalmente) pelo seu controlo. Os restantes param para ver quem vai sair por cima deste desafio, entre os vários que um campo de rugby submete os seus atletas. Uma foto que pára o tempo pelo clique da Abaçaí Fotografia.

Foto: Abaçaí Fotografia

JF FOTOGRAFIA

Fair Play, respeito, companheirismo e bom desportivismo, são regras básicas para se poder jogar qualquer modalidade. O rugby tem esse código “deontológico” por detrás do seu funcionamento e a JF Fotografia não deixou de fotografar um exemplo claro dessa partilha de valores e princípios num jogo do escalão de sub-18, entre Técnico e Montemor.

Foto: JF Fotografia

JOSÉ VERGUEIRO FOTOGRAFIA

As Olissípiadas 2018 foram um sucesso total para o desporto português e o rugby não podia ter deixado de fazer parte deste momento importante do activismo desportivo em Lisboa. José Vergueiro capta esta invasão dos jogadores do CDUL nos campos da Agronomia, como o exemplo dos vários números de mini-atletas envolvidos com a oval.

Foto: José Vergueiro Fotografia

PAI CONDE FOTOGRAFIA

As “garras” destes Jaguares vão um dia surpreender o rugby português, não há dúvidas nenhumas. Em Maio passado tiveram a oportunidade de subir de divisão, mas acabaram por sucumbir a uma melhor formação do Rugby Vila da Moita. Contudo, não desistiram e esta fome de lutar pela bola fica bem patenteada nesta foto de Pai Conde que capta uma das marcas desta super-equipa: divertir.

Foto: Pai Conde Fotografia

One comment

  • Paulo Soares de Oliveira

    Dezembro 22, 2018 at 6:15 pm

    Julgo que a foto de JF Fotografia, um jogo sub 18 é entre o CR Evora vs Tecnico, pelo equipamento do Evora, parece-me…

    Reply

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter