10 Treinadores que fracassaram em grandes europeus e que nos esquecemos

Francisco IsaacOutubro 29, 20181min0

10 Treinadores que fracassaram em grandes europeus e que nos esquecemos

Francisco IsaacOutubro 29, 20181min0
O fracasso faz parte da vida e no futebol esse factor também é verdade... mas e aqueles treinadores que pegaram em grandes europeus e não conseguiram fazer nada demais?

Nos dias que correm os grandes europeus não estão a salvo de virem a ser atacados por uma maleita complicada de “fintar”: treinadores que fracassam. É sempre um conceito susceptível a crítica, pois algumas vezes temos treinadores que falham mais pelas parcas condições proporcionadas pela direcção ou que recebem uma equipa jovem e que necessita de tempo, tempo esse que não existe devido à dimensão desse emblema.

Contudo, há uma série de outros técnicos que por várias outras razões falham totalmente nos objectivos iniciais que tinham sido traçados na hora da sua assinatura pelo novo clube, razões essas mais do foro da qualidade a nível pessoal que vai desde teimosia de querer seguir com uma estratégia desadequada até a um quebrar de ligação com os jogadores desde o primeiro minuto.

Não contamos com os técnicos que começaram muito mal a época de 2018/2019 como Julen Lopetegui (onde já vai o espanhol…) ou Niko Kovac, tentando descobrir nomes do passado-recente entre os anos 90 e os 2000.

Tenta acertar em quem é quem neste teste (cuidado com as rasteiras!)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter