20 Fev, 2018

Os 10 Melhores Offseason Moves da NBA em 2017

João PortugalSetembro 29, 20171min0

Os 10 Melhores Offseason Moves da NBA em 2017

João PortugalSetembro 29, 20171min0
Os dez melhores Offseason Moves da NBA em 2017! Escolhe para ti qual o melhor e ajuda-nos a definir o ranking final das transferências e mexidas da NBA 2017

A Offseason da NBA foi explosiva. Chris Paul, Kyrie Irving, Jimmy Butler, Gordon Hayward, Paul Millsap, Paul George, Carmelo Anthony, todos eles mudaram de ares, a maioria para fortalecer ainda mais o todo poderoso Oeste.

Os Golden State Warriors podem ser “culpados” de terem retirado alguma imprevisibilidade à temporada passada e ainda mais às que aí vêm, contudo este defeso mostrou que o resto da liga, principalmente a Conferência Oeste, fez tudo para lhes dificultar a caminhada para o terceiro anel em 4 anos.

Houve tantas trocas de jogadores importantes que um top10 que tentei que fosse equilibrado entre Trocas/ Free Agents e Escolhas do Draft, acabou por ficar com 5 trocas e apenas uma pick do draft evidenciada nas 10 melhores movimentações deste verão.

Quão incrível e sem precedentes foi esta offseason? Dwight Howard foi trocado e já poucos se lembram disso, aliás nem foi um movimento que estivesse perto de entrar no nosso top10.

A aposta dos Wolves em Jeff Teague, as boas decisões tomadas pelos Kings, cujo ponto alto foi a contratação do Free Agent George Hill, assim como a capacidade de Sam Presti, GM dos Thunder, depois de duas trocas enormes ainda ter adicionado peças importantes como Patrick Patterson, ficaram à porta.

Por falar em Presti, quem diria que Oklahoma iria ganhar o verão desta forma! O prémio de Executive of the Year é pouco para quem consegue Paul George e Carmelo Anthony nos saldos do Este.

Vê, escolhe, vota e ajuda-nos a decidir o ranking das melhores offseason moves da NBA de 2017!

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter