VNL – O que saber do inicio do torneio de nações de vôlei

Thiago MacielMaio 15, 20215min0

VNL – O que saber do inicio do torneio de nações de vôlei

Thiago MacielMaio 15, 20215min0
Após ser cancelada em 2020, a Liga das Nações de Vôlei (VNL) será disputada em 2021 e com novidades. E aqui neste artigo te explico todos os detalhes do torneio que inaugura as competições de vôlei do ano.

Após ser cancelada em 2020, a Liga das nações de Vôlei (VNL) começa em maio com muitas novidades.

O que é a  VNL ?

A Liga das Nações de Voleibol é uma competição internacional disputada pelas seleções masculinas e femininas filiadas à Federação Internacional de Voleibol (FIVB). O primeiro torneio iniciou-se em maio de 2018, com as fases finais masculina e feminina sendo sediadas em Lille, na França e Nanquim, na China, respectivamente.

A criação do torneio foi anunciada em outubro de 2017 em um projeto conjunto entre a FIVB, a IMG e 21 federações nacionais. A Liga das Nações substituiu a Liga Mundial, evento internacional anual masculino que decorreu entre 1990 e 2017. Como também ocupou o lugar do Grand Prix, torneio correspondente para as seleções femininas.
Em um comunicado de imprensa, a FIVB disse que a criação do novo torneio seria para revolucionar as competições de voleibol, tornando-se um dos mais importantes eventos da história da modalidade, apresentando o voleibol de uma forma nunca vista antes.

Formato de disputa

Nas edições de 2018 e 2019, a formula era simples: uma fase preliminar, com um sistema de cidades-sede rotativas, e uma rodada final disputada em uma cidade-sede pré-selecionada.

A diferença da edição deste ano, é que para garantir a saúde de todos os atletas. A FIVB (Federação Internacional de Vôlei) vai adotar sede única tanto no torneio masculino, quanto no feminino e ambas as competições serão disputadas seguindo o conceito de bolha, já visto na temporada passada na NBA.

A cidade de Rimini, na Itália, foi a escolhida tanto no feminino quanto no masculino.

Assim, as seleções jogarão entre si em turno único, com um total de 15 partidas por equipe, entre 25 de maio e 20 de junho para o evento feminino e de 28 de maio a 23 de junho para o masculino. As quatro melhores equipes por gênero, em vez das seis usuais, irão então para as finais do VNL para competir pelo título.

VNL 2021 vai reunir algumas das principais estrelas do voleibol internacional.

Equipes Participantes

Num total de 16 participantes em cada naipe divididas entre as seleções principais e as seleções consideradas “desafiantes”. Basicamente, as quatro seleções desafiantes lutam também para não serem rebaixadas. Assim, se uma das seleções principais terminar na ultima colocação, não será rebaixada, sendo para tanto uma das equipes desafiantes de pior colocação.

Entretanto, para este ano, o rebaixamento não irá acontecer por conta do cancelamento do torneio de acesso, a Challenger Cup, devido a pandemia do Covid-19.

Na VNL 2021, a Holanda irá substituir a China no torneio masculino. A Confederação Chinesa alegou limitações financeiras e restrições sanitárias para viagens por conta da pandemia do Coronavírus. Outro ponto alegado pelos chineses foi que a viagem atrapalharia o cronograma de participação nos Jogos Nacionais do país.

Deste modo teremos, na VNL masculina em 2021: Brasil, Argentina, Austrália, Bulgária, Canadá, França, Alemanha, Irã, Itália, Japão, Polônia, Rússia, Sérvia, Eslovênia, Estados Unidos e Holanda.

E na VNL feminina teremos: Brasil, China, Coréia do Sul, Bélgica, Canadá, Tailândia, Alemanha, Turquia, Itália, Japão, Polônia, Rússia, Sérvia, República Dominicana, Estados Unidos e Holanda.

Um dos melhores jogadores do mundo, Leal é presença confirmada na VNL 2021

Favoritos

Nos torneios de vôlei sempre é complicado determinar uma ou duas seleções como favoritas, devido pelo grande equilíbrio entre as equipes no cenário atual. Pelo fato de termos a proximidade dos Jogos Olímpicos de Tóquio, muitas equipes, principalmente as europeias, não entrarão com sua força máxima no inicio do torneio. A seleção masculina do Brasil não terá Renan Dal Zotto na VNL, o técnico da seleção segue internado no Hospital Samaritano no Rio de Janeiro em recuperação após complicações por infecção por Covid-19. No feminino, já é certo das seleções dos Estados Unidos e do Brasil começarem com força máxima desde o inicio do campeonato. Lembrando que as duas últimas edições foram vencidas por Rússia(masculino) e Estados Unidos(feminino).

Rússia venceu as duas únicas edições da VNL
No feminino, as americanas conquistaram a VNL 2018 e 2019

VNL 2021

A VNL será uma competição muito intensa, de um nível técnico muito alto e em 2021 vai ser ainda mais interessante, pois cada seleção vai usar a melhor estratégia: fazer dela um laboratório para os Jogos Olímpicos ou mandar uma equipe B, para treinar a equipe para os jogos e até esconder o jogo para Tóquio.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter