SADA Cruzeiro – Origem do campeão de tudo

Thiago MacielMarço 27, 20215min0

SADA Cruzeiro – Origem do campeão de tudo

Thiago MacielMarço 27, 20215min0
Neste artigo te explico como surgiu o SADA Cruzeiro, o campeão de tudo no volei e referência do voleibol brasileiro e mundial.

“Incrível, histórico, sensacional”, foram as palavras do narrador que transmitia o jogo onde o oitavo colocado da Superliga, o Itapetininga, eliminava o SADA Cruzeiro, ainda na fase quartas de final. Essas palavras só confirmam a grandeza do time mineiro e o porque de entrar para a história do vôlei.

Criação

Maior campeão da história da Superliga Masculina de Vôlei, o Sada Cruzeiro nasceu em 2006, como Associação Esportiva Sada Vôlei, por meio da parceria entre a Prefeitura de Betim-MG e o Grupo Sada, principal patrocinador do clube.
Em 2006, a então equipe de Betim foi terceira colocada na Liga Nacional, o que a levou a disputar sua primeira Superliga na temporada 2006-07.
Foi em janeiro de 2009 que a equipe passou a se chamar Sada Cruzeiro Vôlei, em uma parceria com o Cruzeiro Esporte Clube, tradicional clube do futebol mineiro.
Depois de firmar a parceria e virar o clube de vôlei do Cruzeiro, a sede e o centro de treinamento da equipe de foram transferidos para o Parque Esportivo do Cruzeiro, em Belo Horizonte. Porém, as partidas do Sada Cruzeiro como mandante são disputadas no Ginásio Poliesportivo do Riacho, em Contagem, na Região Metropolitana da capital mineira.

Títulos

Multicampeão no voleibol masculino, o Sada Cruzeiro já superou a marca de 30 títulos conquistados desde 2010. Além de ser hexacampeão da Superliga Masculina, o Sada Cruzeiro é tricampeão do Campeonato Mundial de Clubes, heptacampeão do Sul-Americano de Clubes, tricampeão da Supercopa Brasileira, pentacampeão da Copa Brasil de Voleibol e 11 vezes campeão do Campeonato Mineiro de Vôlei Masculino.

Além de ser o maior campeão da história da Superliga, o Sada Cruzeiro é também o maior campeão sul-americano de vôlei. O time celeste superou os clubes Banespa e Paulistano, cada um com cinco títulos, conquistados nas décadas de 1970 e no início da de 1990. Entre os demais times brasileiros, o Minas Tênis Clube tem dois títulos, o Sesi-SP tem um e a extinta Cimed também um.
Além disso, O Sada Cruzeiro é tricampeão mundial de vôlei masculino. A equipe mineira conquistou os títulos em 2013, 2015 e 2016.

Marcelo Mendez

Se podemos relacionar um nome a história de conquistas do SADA Cruzeiro, esse nome se chama Marcelo Mendez. Argentino, de Buenos Aires, Mendez assumiu o Sada Cruzeiro em 2009, depois de uma breve passagem pelo time de Montes Claros. Naquele ano, nascia a parceria do então Sada Betim com o Cruzeiro Esporte Clube e a vitoriosa trajetória do maior campeão da história do voleibol nacional se fundia à do treinador. Foram 55 campeonatos disputados desde 2010, chegando a 48 finais para levantar 39 taças.

Foram 12 temporadas. Três vezes como o melhor time do mundo, sete da América do Sul e seis da Superliga.
E, ao final de 2020/21, o técnico Marcelo Mendez se despede do comando do Sada Cruzeiro.

Apesar da histórica eliminação do SADA Cruzeiro, Marcelo Mendez já faz parte da história do clube. Inclusive, logo após confirmar sua saída, começou uma mobilização para colocar o nome do ginásio do Barro Preto, onde os atletas treinam, para CT Professor Marcelo Mendez.

Sada
marcelo-mendez, argentino que revolucionou o voleibol brasileiro

Marcelo Mendez enviou uma carta de despedida ao site Webvolei, e em um dos trechos o mesmo descreve que:

“Hoje é um dia muito difícil para mim. Depois de 12 anos, estou me despedindo do Sada Cruzeiro. Um filme passou pela minha cabeça quando comecei a imaginar essa mensagem de despedida(…). Eu só tenho a agradecer. Em 2009, quando cheguei ao projeto, nunca imaginei, nos meus melhores sonhos, poder escrever uma despedida apenas agora, em 2021. Saio daqui uma pessoa e um profissional diferente, melhor. Alguém que nunca irá esquecer os momentos vividos. Os bons momentos, em sua imensa maioria, e também os ruins, que fazem parte de qualquer ciclo, em qualquer profissão. Tudo serve para o aprendizado e a nossa melhoria como pessoas. (…)”

Principais Jogadores

Vários craques do voleibol brasileiro e mundial defenderam o Sada Cruzeiro, como o levantador William e o oposto Wallace e o ponteiro cubano naturalizado brasileiro Leal. Mas nenhum jogador conquistou tantos títulos na história do clube mineiro quanto o líbero Serginho. Além deles, destaque para o ponteiro Filipe, que defendeu o Sada Cruzeiro pela 11ª temporada seguida em 2020/21 e é o atleta que veste a camisa celeste por mais tempo.

Sada Cruzeiro
Outro serginho? Grande líbero do Sada. Não teve muitas chances na seleção por conta de Sérgio Escada

O futuro

Mesmo com a surpreendente eliminação do Sada Cruzeiro nas quartas de final da Superliga masculina de vôlei, tal fato não resultará numa mudança radical para a próxima temporada. Ao menos no elenco. A tendência é a permanência dos principais nomes, como os centrais Isac e Otávio e o levantador Cachopa. O ponteiro Alan tem propostas da Itália. A única saída certa entre os titulares é a do argentino Facundo Conte. O ponteiro retornará ao vôlei polonês.

Assim, o SADA Cruzeiro deve retornar forte para a temporada 2021/22. A equipe ainda joga o Sul-americano em abril, ainda incerto por conta do Coronavírus.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter