Rugby Feminino: Itália soberba no começo das Seis Nações 2020

Helena AmorimFevereiro 4, 20203min0

Rugby Feminino: Itália soberba no começo das Seis Nações 2020

Helena AmorimFevereiro 4, 20203min0
Tabela classificativa dividida a três, entre a Inglaterra, Irlanda e Itália no começo das Seis Nações 2020 versão feminina. Será que vai haver surpresa também na próxima ronda?

Na primeira jornada do seis nações feminino, a Irlanda venceu a Escócia por 18-14, Gales sucumbiu perante a Itália por 15-19 e França perdeu frente ao emblema da Rosa por 13-19.

Começando pelo Le Crunch, é um facto que a equipa feminina sofre do mesmo mal da equipa masculina: há grande variabilidade nos jogadores escalados e nunca se sabe quem vai aparecer; embora no caso de França masculino até seja mais uma questão física de “quem vai aparecer no jogo”, no caso feminino é mais literal, com uma pool de jogadoras muito variada e com uma dupla de formação e abertura em constante rotação.

O potencial da equipa feminina é muito elevado com jogadoras a surgirem de novo e a mostrarem que não estão numa toada conservadora, referindo já à cabeça a fabulosa e “maverick” nr 15, Jessy Trémoulière, uma jogadora completa e extremamente versátil e competente nas suas opções técnicas.

A questão de alguma partição de jogadoras ( XV no seis nações e 7´s para o circuito e qualificação olímpica) coloca-se mas há uma certa versatilidade actual que permite que de uma boa pool de jogadoras, haja elementos para abordar as duas vertentes.

Inglaterra entrou no jogo dominante com ensaios de Abigail Dow (ponta direito) e Poppy Cleall (segundo centro) mas Laura Sansus, a formação , reduz aos 24´. Na segunda parte, até tiveram bola mas erros de manuseamento de bola, pagaram-se caro para as Francesas. Mais um ensaio inglês, desta feita por Emily Scarratt, a brilhante segundo centro, mas o lado fancês nunca deixou de tentar, embora sem resultados práticos.

No embate entre Gales e Itália, realizado no Cardiff Arms Park, a selecção italiana foi de uma maneira geral mais feliz que a sua congénere galesa, esta a acordar tarde demais. Apesar de posse mais afirmativa nos primeiros minutos por parte da equipa da casa, foi de facto o lado italiano a ser constantemente mais ameaçador e à procura da linha de ensaio.

Os toques de meta surgiram aos 33’ por Melissa Bettoni, a talonadora, para logo de seguida as galesas responderem por Hannah Jones, a poderosa segundo centro. Na segunda parte dois ensaios relativamente próximos das italianas, aos 53 e 58, foi um passo decisivo para a vitória (Maria Magatti, ponta direito e Sofia Stefan, ponta esquerdo). Jones faz bis aos 64’ mas a vitória já não iria fugir ao lado de Itália.

Chris Horsman é agora o líder da equipa galesa depois de o treinador transacto (Rowland Phillips) ter “tirado uns tempos”, sem se saber a razão exacta, o que fez crescer a especulação sobre o estado actual da moral da equipa. É uma situação estranha e que também afastou algumas jogadoras, mas a ver…

No Irlanda-Escócia, a equipa do Trevo ganhou à equipa do Cardo por 18-14, tendo dominado os primeiros quinze minutos de jogo com dois ensaios mas o lado escocês comandado por Philip Doyle “Goose”, um velho conhecido do lado Irlandês (seis nações em 2013 e uma vitória frente às black ferns em 2014, pelo lado Irlandês), rebateu muito bem e entrou forte na disputa do jogo, com ensaios de Emma Thomson, primeiro centro e de Emma Wassell, a segunda linha a marcar aos 75´mas o resultado estava afeito.

Inglaterra vem de um Grand Slam em 2019 e as expectativas são altas!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter