Everest Rugby Challenge – Rugby with altitude

Helena AmorimMarço 26, 20193min0

Everest Rugby Challenge – Rugby with altitude

Helena AmorimMarço 26, 20193min0
É quase nos píncaros do Evereste que se joga um par de jogos muito especiais do Mundo do Rugby. Fica a conhecer melhor o Everest Rugby Challenge

Evento destinado a ajudar uma organização de caridade que apoia projectos no UK e Irlanda para auxílio de crianças e jovens com deficiência, tentando ao mesmo tempo bater dois recordes Mundiais, decorrerá entre 13 de Abril e 6 de Maio no Everest.

Durante 24 dias, um grupo de 24 elementos, liderados por Lee Mears, Ollie Phillips, Shane Williams e Tamara Taylor (internacionais do rugby), predispõe-se a combater a aclimatização e altura de 6500m em suporte da organização Wooden Spoon, esperando angariar 200mil libras; pretendem realizar o maior jogo de rugby de contacto a maior altitude em versão mista. O grupo terá de caminhar 22 km com um ganho de altitude de 1310m, passando do Everest Base Camp para o Advanced Base Camp onde jogarão então a partida de rugby em sevens ou full contact.

A preparação do grupo vem sendo feito há já algum tempo, nomeadamente com um estágio na Escócia, com passagens por Onich, Ben Nevis e Glencoe onde treinaram resistência ao frio, chuva e altitude além de testarem o equipamento e de tentarem melhorar a dinâmica do grupo. Foi estabelecido todo um regime de treino que passou pela escolha do material, o estabelecimento de exercícios de base, cardiovasculares e exercícios de trekking.

O Wooden Spoon – The Childrens Charity of Rugby é uma organização fundada em 1983, que recolhe fundos e financia e apoia projectos no Reino Unido e Irlanda para apoio de crianças e jovens com deficiência ou algum tipo de desvantagem.

Como exemplos surgem as situações em que são diagnosticadas deficiências físicas em que a prática de desporto ajuda na recuperação ou ainda no estabelecimento, através da prática regular de desporto, da confiança necessária para voltarem a ingressar nos estudos depois de terem deixado a escola devido a uma situação familiar.

Já foram distribuídos 26 milhões de libras em cerca de 700 projectos que de alguma maneira usam o rugby como uma ferramenta transformadora da vida de crianças e jovens, onde os valores de paixão, integridade, trabalho de equipa e diversão são o mote principal para tentar ajudar e recuperar as crianças de uma situação desfavorável e assim, tentar que tenham acesso às mesmas oportunidades que crianças e jovens saudáveis.

A Wooden Spoon teve origem num episódio peculiar decorrido no 5 Nações de 1983. A Selecção Inglesa ficou em último lugar e um grupo de apoiantes Ingleses que se tinham dirigido a Dublin para o jogo final, entraram num bar para carpir as mágoas e foram presenteados com uma colher de pau envolta num cachecol Irlandês, numa salva de prata.

De regresso a terras Inglesas, Peter Scott, um dos apoiantes e actual presidente da Wooden Spoon, decide realizar um jogo de golf onde o prémio era precisamente a salva de prata com o cachecol e a colher. O evento rendeu cerca de 8500 libras e esse dinheiro foi usado para a aquisição de um minibus que foi entregue a uma escola de necessidades especiais.

Pelo #MyEverest é possível fazer a partilha de histórias motivadoras, onde o mote é precisamente Share your story, Set your goal.

Um par de lendas a caminho de um recorde? (Foto: Everst Rugby Challenge)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter