Quem são as 5 melhores equipas do futebol americano universitário?

Miguel Veloso MartinsOutubro 23, 20204min0

Quem são as 5 melhores equipas do futebol americano universitário?

Miguel Veloso MartinsOutubro 23, 20204min0
Este tem sido um ano diferente no futebol americano universitário. Quatro das grandes conferências ainda não tocaram o relvado, mas já começamos a identificar algumas das melhores equipas universitárias de 2020. Sem contarmos com quaisquer equipas que ainda não jogaram, fica a conhecer o nosso Top 5 de equipas que já estão a lutar para chegar ao College Football Playoff.

1. Clemson (5-0)

Os vice-campeões Clemson Tigers estão a dominar a concorrência. A equipa de Dabo Swinney venceu na semana passada com uma margem 66 pontos. Este é um recorde na conferência ACC. Trevor Lawrence terminou o jogo contra Georgia Tech com 404 jardas em passe e 5 touchdowns. Os Tigers são praticamente impossíveis de parar. Pode ser dito que Clemson tem um calendário relativamente fácil. A equipa terá apenas de jogar contra duas equipas que estão no Top 25 da Associated Press (desta semana). No entanto, este é um plantel que se provou mortífero e com imensa qualidade. Os Clemson Tigers merecem ser considerados a melhor equipa a nível universitário neste momento.

 

2. Alabama (4-0)

Os Alabama Crimson Tide tiveram mais uma vitória importante contra Georgia e estabeleceram a sua superioridade na SEC. Com a ajuda de DeVonta Smith e Jaylen Waddle, Mac Jones tem apresentado performances dignas de candidatura ao Heisman Trophy. Alabama já enfrentou dois plantéis classificados no Top 10 dos rankings da AP e ganharam. A maré vermelha garantiu ambas as vitórias com uma liderança segura. Alabama terá à sua frente uma vaga de equipas que regularmente estão classificadas no Top 25. Auburn e LSU são dois exemplos desta ocorrência, mas não podemos esquecer que a Associated Press classifica também equipas que ainda não jogaram este ano. Os Crimson Tide não vão ter um caminho fácil, mas este plantel já está habituado aos grandes jogos.

 

3. Notre Dame (4-0)

De forma a garantir a possibilidade de competir este ano, Notre Dame deixou de ser uma equipa independente e juntou-se à conferência ACC. Os Fighting Irish têm tido um calendário fácil até ao momento, mas em breve terão o seu primeiro jogo contra uma equipa do Top 10. Este será contra a melhor equipa nos rankings da NCAA, os Clemson Tigers. Não existe melhor forma de Notre Dame provar o que vale, não só na sua conferência, mas também em toda a competição. Os Irish têm um dos melhores RBs desta temporada, Kyren Williams, e uma defesa invejável. Mal podemos esperar para ver o seu confronto contra Clemson dentro de três semanas.

 

4. Georgia (3-1)

Os Georgia Bulldogs tiveram a sua primeira derrota da temporada na semana passada contra a segunda melhor equipa universitária do país, Alabama. Georgia esteve a liderar o marcador ao intervalo por 24-20. A segunda metade do jogo foi totalmente diferente. Alabama marcou 21 pontos sem qualquer resposta dos Bulldogs. Assim, a equipa sediada em Athens já passou o seu maior desafio da temporada. Georgia provou que conseguia lutar contra o topo dos rankings, mas que ainda tem muito a melhorar. Quem sabe se não voltaremos a ver este confronto esta época no SEC Championship Game.

 

5. BYU (5-0)

Esta é a nossa escolha mais arriscada. Os BYU Cougars têm sido a equipa surpresa deste ano. Os Cougars têm um dos melhores QBs no campeonato de futebol americano universitário. Zach Wilson teve um jogo de sonho contra Houston com 400 jardas de passe e 4 touchdowns. O QB tem de ser um candidato ao Heisman Trophy. Vai ser interessante acompanhar a jornada de BYU e de Wilson nos próximos meses. Quem sabe não estão no Top 10 para ficar.

 

Na tua opinião, qual é a melhor equipa universitária dos Estados Unidos?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter