PLL: Atlas, Chaos, Waterdogs e Whipsnakes chegam às semifinais

Miguel Veloso MartinsAgosto 28, 20214min0

PLL: Atlas, Chaos, Waterdogs e Whipsnakes chegam às semifinais

Miguel Veloso MartinsAgosto 28, 20214min0
A temporada da PLL está quase a chegar ao fim e já conhecemos os seus semifinalistas. Fica a saber mais sobre os jogos de dia 5 de Setembro.

Muita coisa mudou desde a última vez que falamos da Premier Lacrosse League, no final de Julho. Três das equipas que estavam classificadas no Top 4 da liga na altura conseguiram atingir as semifinais. As surpresas começam quando vemos uma equipa semifinalista que no final de Julho lutava para não terminar a época em último lugar. Uma prova clara não só da imprevisibilidade da modalidade, mas também da competitividade da PLL. Fica a conhecer as estrelas das semifinais de dia 5 de Setembro.

#2 Atlas vs. #6 Chaos

Atlas (6-3)

Depois de 2 temporadas em que ouvíamos falar do seu potencial e talento, o ano de 2021 tem sido quase perfeito para os fãs dos Atlas. Com apenas 3 derrotas, a equipa de Ben Rubeor terminou a época regular com um jogo contra os Waterdogs que acabaria por definir ficaria classificado em primeiro lugar. Os Atlas acabaram por sair derrotados num jogo equilibrado (9-10), ficando com a segunda posição da tabela. Por ironia do destino, o seu primeiro oponente nos playoffs tratava-se da nova equipa de um dos alicerces da fundação da equipa (e da PLL).

Em 2019 e 2020 falar dos Atlas era praticamente sinónimo de falar sobre Paul Rabil. No entanto, o jogador que fundou a liga e foi a cara dos Atlas durante 2 temporadas, agora abandonava a equipa para representar os Cannons, equipa em que jogou na extinta MLL. Com uma vitória dominante nos quartos-de-final, Trevor Baptiste e os Atlas provaram que a equipa beneficiou desta mudança na sua estrutura.

Chaos (3-6)

Da última vez que falamos sobre a PLL (30 de Julho), os Chaos estavam posicionados na penúltima posição da liga. No entanto, a equipa continua a criar nos playoffs aquilo que o seu nome representa: Caos. Esta não foi a primeira vez que os Chaos chegaram às semifinais da PLL mesmo não tendo resultados satisfatórios na maior parte da temporada.

Aliás a equipa chocou todas as probabilidades em 2020, quando terminou a época regular em último lugar, mas conseguiu destacar-se nos playoffs, perdendo apenas na grande final contra os Whipsnakes. Com um plantel que aparenta ter finalmente atingido o seu potencial, tanto no ataque como na defesa e no faceoff, este confronto pode vir repetir-se mais uma vez em 2021.

#1 Waterdogs vs. #5 Whipsnakes

Waterdogs (6-3)

Os Waterdog começaram a temporada de forma inconsistente. Depois de terem começado a temporada com 3 derrotas em 5 jogos, a equipa de Andy Copeland encontrou finalmente o seu ritmo e desde então não perderam um único jogo. Desde então, os Waterdogs têm sido uma das equipas mais dominantes da liga. Com um ataque poderoso, a equipa conquistou 4 vitórias consecutivas e começou finalmente a subir nas tabelas. O seu sucesso deve-se muito também à evolução do seu guarda-redes Dillon Ward.

Refletindo o percurso difícil dos Waterdogs no início da época, as estatísticas de Ward nos primeiros 5 jogos eram desastrosas, sendo que a sua melhor percentagem de defesas neste período foi 47%. No entanto, após estes 5 jogos, Dillon Ward teve um drástico salto qualitativo, tendo sempre percentagens de defesa acima dos 60%. Os Waterdogs usufruíram de uma folga na primeira semana dos playoffs. Agora nas semifinais, a equipa terá o desafio de defrontar os campeões em título Whipsnakes, contra quem venceram durante a temporada (11-6).

Whipsnakes (5-4)

Os campeões em título não têm tido um ano fácil. Os Whipsnakes terminaram a temporada com 5 vitórias e 4 derrotas. Devemos constatar que a primeira derrota dos Whipsnakes em 2021 surgiu no jogo em que Matt Rambo abandonou o jogo cedo devido a uma lesão. A equipa ficou sem a sua estrela durante 3 jogos, período este em que perderam 2 partidas. O regresso de Rambo na penúltima semana de jogos foi celebrado com uma vitória contra os Redwoods (12-14), contra quem perderam de forma embaraçosa na ausência do seu capitão (13-7).

Mesmo com esta nova confiança adquirida, os Whipsnakes não ficaram imunes à sua 4ª derrota no último jogo da época contra os Archers (15-14). Agora nos playoffs, a equipa eliminou os Redwoods pela 3ª vez em 3 temporadas. Será esta uma prova que os Whipsnakes estão de volta e prontos para conquistar o seu 3º título consecutivo? Vamos ter de esperar até 5 de Setembro para descobrir.

Quem vai ser o campeão da PLL em 2021?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter