NFL: Quatro Momentos de Destaque do NFL Draft 2021

Miguel Veloso MartinsMaio 8, 20214min0

NFL: Quatro Momentos de Destaque do NFL Draft 2021

Miguel Veloso MartinsMaio 8, 20214min0
Com o NFL Draft 2021 finalizado, começam agora as discussões sobre o impacto dos atletas escolhidos para o presente e futuro de cada franchise. Fica a conhecer os nossos quatro momentos de destaque do NFL Draft deste ano!

Matt Ryan recebe um reforço de confiança em Atlanta

Os Atlanta Falcons trouxeram um novo treinador nesta offseason, mas nem sempre “novo treinador” é sinónimo de “novo QB”. Os Falcons tiveram a oportunidade de selecionar Justin Fields com a 4ª escolha do Draft, mas decidiram adicionar um alvo fenomenal para o QB veterano Matt Ryan. Selecionando o Kyle Pitts, Atlanta adicionou ao seu arsenal possivelmente um dos melhores Tight Ends a sair do futebol americano universitário nos últimos anos.

Já na segunda ronda do NFL Draft, os Falcons ainda conseguiram selecionar o nosso prospect favorito na posição de Safety, mesmo tendo descido 5 posições através de uma troca com os Denver Broncos. Richie Grant junta-se agora a uma unidade de DBs jovens e não será uma surpresa se o alumni da University of Central Florida fôr premiado com a titularidade desde o primeiro jogo. Os Falcons aproveitaram também para fortalecer as suas trincheiras com jogadores de linha ofensiva e defensiva como Jalen Mayfield, Drew Dalman, Ta’Quon Graham e Ade Ogundeji.

Detroit Lions saem como grandes vencedores do Draft

Os Detroit Lions têm de ser considerados os sortudos do NFL Draft. Depois dos Bengals e Dolphins terem selecionado WRs, para nossa surpresa, Penei Sewell caiu no colo dos Lions. Sewell era considerado pela maioria dos analistas como uma escolha de Top 5, sendo que tínhamos projetado, antes do Draft, que este seria selecionado pelos Bengals.

Após este cenário perfeito para Detroit, a equipa continuou a reforçar as suas trincheiras. Na segunda ronda, os Lions selecionaram o DT Levi Onwuzurike.

O ano de 2021 vai ser de desenvolvimento para os Detroit Lions e a gerência tem se demonstrado paciente na construção do futuro do franchise. Com Jared Goff no comando do ataque, os Lions parecem estar dispostos a construir em torno do QB. E se correr mal? 2022 poderá ser o início de uma nova era em Detroit com um rookie QB.

Chicago Bears arriscam tudo por Justin Fields

A offseason começou com rumores sobre uma troca que envolveria enviar Russell Wilson para os Chicago Bears e culminou na contratação de Andy Dalton, prometendo-lhe o papel de QB titular. Depois de tanta discussão sobre o futuro da posição de QB em Chicago, assim como o seu suposto final decepcionante, não esperávamos ver os Bears a selecionar um QB na primeira ronda. Mas foi isso que Matt Nagy e Ryan Pace fizeram. Com a 11ª escolha do Draft, os Chicago Bears selecionaram Justin Fields. Os Bears originalmente ocupavam a 20ª posição do Draft, mas, com a queda de Justin Fields no Draft, a equipa de Chicago trocou a sua escolha com os NY Giants.

Em troca pela 11ª posição, os Giants receberam uma escolha de primeira (20ª) e quinta (164ª) ronda em 2021 e uma escolha na primeira e quarta ronda em 2022. No entanto, as trocas não pararam aqui para Chicago. Na segunda ronda, os Bears arriscaram mais uma vez, trocando da 52ª posição para a 39ª, com o objetivo de selecionar o OT Teven Jenkins. Com esta troca, os Chicago Bears ficaram fora do Draft até à 5ª ronda, após terem enviado a sua escolha de 3ª ronda para os Panthers.

Os smokescreens dos Baltimore Ravens

Os Baltimore Ravens estão a poucos passos de voltarem à Super Bowl e claramente draftaram com esta noção em mente. Num NFL Draft recheado de prospects em WR, os Ravens investiram na posição trazendo mais ajuda para o jovem Lamar Jackson. A escolha de um WR na primeira ronda do Draft foi especialmente uma surpresa após os comentários positivos do GM dos Ravens sobre a unidade empregada pela equipa. Rashod Bateman foi selecionado pelos Baltimore Ravens, uma escolha antes do que tínhamos projetado pré-NFL Draft. Bateman é um verdadeiro técnico, especializado em criar separação com o seu footwork incrível e a precisão nas suas rotas.

Com a sua segunda seleção da primeira ronda, os Baltimore Ravens selecionaram Odafe Oweh. O edge rusher de Penn State é um jogador que se destaca pela sua estatura física e, mesmo não tendo resultados extraordinários no nível universitário, os Ravens fizeram uma boa aposta em arriscar no seu potencial. No nosso Mock Draft, Baltimore escolheria um jogador de OT com a 31ª escolha do Draft. A decisão de não selecionar um offensive tackle tornou-se num dos temas de discussão em torno do Draft dos Ravens. No entanto, Alejandro Villanueva assinou contrato com a equipa colmatando esta necessidade com uma adição tardia no mercado, uma contratação que assumimos que estivesse a ser trabalhada antes e durante o Draft.

Quais foram os teus momentos favoritos do NFL Draft 2021?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter