NFL: Confirmado Combine para atletas internacionais na Alemanha

Miguel Veloso MartinsJulho 14, 20193min0

NFL: Confirmado Combine para atletas internacionais na Alemanha

Miguel Veloso MartinsJulho 14, 20193min0
O anúncio de um International Scouting Combine na Europa esta semana foi uma das maiores noticias desta offseason para jogadores europeus. Sabe mais sobre o evento de recrutamento que irá decorrer em Colónia.

Há um mês falei sobre a NFL Europe, o futuro do futebol americano na Europa e o que a liga poderia fazer para ajudar. Um dos temas foi a estratégia da CFL de recrutamento de jogadores europeus e como a NFL deveria aprender com a mesma. Esta semana foi anunciado pela NFL que em Outubro a liga irá organizar um combine (evento de recrutamento) na Europa, mais especificamente em Colónia, Alemanha.

O chamado International Scouting Combine será uma réplica do NFL Combine que ocorre anualmente em Indianapolis, mas desta vez procurando recrutar atletas de todo o mundo. Os drills serão os mesmos utilizados para recrutar prospects universitários. O evento não será exclusivo para jogadores europeus, assim 50 jogadores internacionais serão convidados para o evento.

Com a ajuda do International Player Pathway o australiano Jordan Mailata foi selecionado para jogar nos Philadelphia Eagles. Foto de Mitchell Leff/Getty Images.

Os jogadores selecionados serão chamados para treinar nos Estados Unidos e talvez fazer parte do International Player Pathway. Este programa dá a oportunidade a jogadores estrangeiros de se juntarem a equipas da NFL. Uma das vantagens desta iniciativa é que, caso os atletas sejam mantidos nos practice squads das equipas, será-lhes permitido ter um total de 11 jogadores no grupo (em vez de 10). Os atletas terão assim hipótese de treinar e aprender num meio profissional.

O programa existe desde 2017 e recrutou através de um combine na Austrália no ano passado. Os jogadores podem tanto ser escolhidos no NFL Draft como ser adquiridos como free agents, dependendo da sua elegibilidade. O International Player Pathway serviu também para criar uma série de vídeos no canal de YouTube da NFL chamada NFL Undiscovered, em que podemos acompanhar a jornada destes jogadores.

Os jogadores selecionados no ano passado mantiveram-se nas suas equipas. O alemão Moritz Böhringer, que deu muito que falar quando foi o primeiro jogador a ser selecionado no NFL Draft diretamente da Europa, irá continuar com os Cincinnati Bengals. O britânico Efe Obada vai continuar nos Carolina Panthers após uma época extraordinária. O jogador de rugby league australiano Jordan Mailata foi selecionado no NFL Draft pelos Philadelphia Eagles e tem-se provado uma das peças importantes para o futuro do franchise. O inglês Christian Scotland-Williamson converte-se também do rugby (neste caso, rugby union) para o futebol americano, assinando com os Pittsburgh Steelers. Os Cleveland Browns mantêm o britânico Tigie Sankoh no seu plantel. O alemão Christopher Ezeala continuará com os Baltimore Ravens.

Este ano foi a vez das quatro equipas da AFC East receberem os atletas internacionais. Depois do sucesso de Mailata, o australiano Valentine Holmes assina com os New York Jets e segue a influência de Mailata, convertendo-se do rugby league para o futebol americano. O mesmo acontece com Christian Wade (jogador de rugby union) que vai jogar nos Buffalo Bills. O alemão Jakob Johnson, que jogou tanto na liga alemã (GFL) como University of Tennessee, assinou com os New England Patriots. Durval Queiroz Neto irá representar o Brasil no plantel dos Miami Dolphins.

Se jogas futebol americano e quiseres tentar a tua sorte, podes fazê-lo eviando uma descrição detalhada da tua carreira como jogador assim como um video com highlights tuas para o email InternationalCombine@nfl.com. O International Scouting Combine irá decorrer a 19 de Outubro.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter