Piores mercados igual a piores equipas? As equipas menos apetecíveis para jogadores

João FerreiraAbril 4, 20214min0

Piores mercados igual a piores equipas? As equipas menos apetecíveis para jogadores

João FerreiraAbril 4, 20214min0
Os pequenos mercados da NBA acabam por ter sempre as piores equipas? Quais delas não coneguem, agora, atrair grandes jogadores? Vê aqui!

Há, em todos os desportos coletivos, um certo desdém por algumas equipas. Seja por serem muito superiores às adversárias, por terem os melhores jogadores ou até por não mostrarem qualidade suficiente para competirem ao mais alto nível e até pelo local onde as podemos encontrar. Na NBA, esta é uma regra que se aplica, em grande parte, às equipas que nos últimos têm revelado algumas dificuldades em irem buscar jogadores nas free agency e que mostram cada vez mais uma pior adaptação aos mercados (compreenda-se, ao local) onde se encontram e de onde já são conhecidas.

À primeira vista, falamos de equipas cuja saúde financeira do estado/cidade onde se encontram são claramente inferiores às demais equipas, principalmente equipas que se encontrem nas costas, seja Este ou Oeste, e que se encontrem perto de grandes pólos civilizacionais (Nova Iorque, Los Angeles, São Francisco, Boston).

Por outro lado, podemos pensar automaticamente que são os estados do interior dos Estados-Unidos aqueles que mais sofrem com este flagelo que assola as equipas de basquetebol. No entanto, quando olhamos para as equipas do Texas (Suns, Spurs e Rockets) compreendemos que não é por esta vertente que os jogadores decidem colar-se às margens do EUA.

No entanto, neste artigo iremos analisar algumas equipas que necessitam urgentemente de mudar de mercados, numa ótica não meramente economicista, mas também numa lógica de adeptos de conseguirem conquistar outro tipo de margem negocial que até então não possuem.

Sacramento Kings / Oklahoma City Thunder

Foi verdadeiramente difícil de escolher por qual equipa começar pois estas duas equipas claramente necessitam de mudar de ares, por razões ligeiramente diferentes.

Os Kings têm uma equipa muito jovem, mas das equipas mais talentosas que existem neste momento na NBA. Sacramento, apesar de ser uma cidade apenas a 88 minutos de São Francisco, revela-se como uma cidade pouco capaz de incentivar os melhores jogadores e as maiores estrelas a mudarem-se e a usarem o roxo.

Entre 2006 e 2013, correu o rumor e houve uma constante pressão sobre a própria NBA para que a equipa se mudasse definitivamente para Las Vegas, uma cidade no Nevada, interior dos EUA, mas que tem uma capacidade económico-financeira e um potencial de crescimento assombroso e que já reuniu algum consenso para que no futuro possa vir mesmo a possuir uma equipa própria, contando já com o apoio de alguns jogadores.

Estará um regresso a Seattle no horizonte dos Thunder? (Foto: Getty Images)

Os OKC, antigos Seattle Sonics, deixaram um amargo de boca nos adeptos de Seattle que ficaram sem a sua equipa da NBA numa altura de claro crescimento e em que se esperava grandes coisas da equipa. Um mercado muito apetecível, já se falou por inúmeras vezes de várias equipas terem interesse em voltar a abrir a NBA a Seattle, seja pela sua proximidade com o Canadá, seja pela dimensão da cidade. Por outro lado, Oklahoma aparenta ter esgotado os seus recursos para manter alguma influência na decisão dos jogadores de forma a que estes escolham os Thunder para representarem.

Minnesota Timberwolves / Detroit Pistons

Para nós, estas duas equipas estão claramente empatadas na forma como abordam o mercado e na capacidade negocial que possuem para conquistar o apreço dos jogadores e, neste momento, dos próprios adeptos das cidades.

Longe vão os tempos em que os Pistons, com a sua equipa de malfeitores, conquistou tudo na NBA e aterrorizou as outras equipas, enquanto que era idolatrada pela sua cidade que via na sua equipa uma representação direta daquilo que era Motor City. Hoje em dia, os Pistons metem dó de ver jogar, com alguns jogadores que nem na 2ª liga eslovaca de basquetebol. Um franchise sem qualquer tipo de organização que necessita de ser adquirida e recolocada rapidamente.

Os Pistons precisam de algo para animar o franchise! (Foto: Getty Images)

Os Timberwolves nunca tiveram grande história na NBA. São uma equipa que lutam rasgadinho para ir aos playoffs e que todos os anos acabam por ser uma verdadeira vergonha para a NBA. Com Karl Anthony-Towns como principal jogador, os Timbs não conseguem convencer grandes jogadores a irem para Minnesota por este ser um dos Estados em pior estado (passo a redundância) dos E.U.A.

Para vocês que equipas é que já mereciam outra vida noutra cidade dos E.U.A?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter