Harden nos Nets: um reencontro que tem de dar título

Rui MesquitaJaneiro 24, 20215min0

Harden nos Nets: um reencontro que tem de dar título

Rui MesquitaJaneiro 24, 20215min0
James Harden é o novo reforço dos Nets e este investimento tem de dar títulos, mas será que vai correr bem? Descobre tudo aqui!

James Harden é, sem dúvida, um dos melhores jogadores da NBA. Uma máquina ofensiva praticamente imparável capaz de marcar pontos a qualquer momento. Melhor marcador da Liga nos últimos 3 anos é com um arsenal invejável de movimentos ofensivos. A sua defesa por vezes deixa a desejar, mas foi mesmo MVP da NBA no ano 2017-2018.

Toda esta qualidade não se traduziu em títulos em Houston e o ambiente estava de cortar à faca. Harden já tinha dito que queria sair e os Rockets queriam trocá-lo para tirar algum valor da sua estrela. Duas equipas mostraram interesse: os Philadelphia 76ers e os Brooklyn Nets.

A troca e quem a ganhou

A troca acabou por acontecer com os Brooklyn Nets que queriam Harden para fechar o seu conjunto de estrelas. Para a troca acontecer duas equipas juntaram-se à “festa”: Indiana Pacers e Cleveland Cavaliers.

Os Nets receberam Harden e uma pick de segunda ronda dos Cavaliers. Os Rockets receberam Victor Oladipo, Dante Exum, Rodions Kurucs, 3 picks de primeira ronda dos Nets, 4 pick swaps e ainda a pick de primeira ronda de Milwaukee em 2022. Os Pacers receberam Caris LeVert e uma pick de segunda ronda dos Rockets. Os Cavaliers receberam Jarrett Allen e Taurean Prince

Se tivesse de escolher um derrotado da troca seriam os Pacers, mas por azar. A aposta em LeVert é bem feita, mas nos exames médicos foi descoberto um tumor no rim que o deixa de fora por tempo indefinido. Os Rockets e os Nets fizeram o que tinha de fazer. A equipa de Brooklyn abdica do futuro para ganhar já e a de Houston garante o futuro e parte do presente com Oladipo.

Um reencontro em Brooklyn de duas super-estrelas (Foto: Basketball Tipoff)

O balanço da NBA com a troca de Harden

A hegemonia da Conferência Oeste no que diz respeito a estrelas fica, com esta troca, menor. O balanço no que diz respeito a candidatos claros ao título fica, a meu ver, também equilibrado. No Oeste, as duas equipas de Los Angeles são super-candidatas ao título e no Este havia apenas os Bucks de Giannis entrava nesse patamar. Agora os Nets podem até ser considerados os principais favoritos. Vamos perceber porquê.

Harden junta-se a Kevin Durante e Kyrie Irving. O reencontro com Durant (jogaram juntos nos Thunder) junta os vencedores de 7 dos últimos 11 títulos de melhor marcador da Liga. Irving junta ainda mais qualidade ofensiva à equipa que será facilmente a melhor equipa nesta área. Os problemas poderão aparecer a defender. Nenhum dos 3 é conhecido pela qualidade ou vontade defensiva, mas a ideia será marcar mais pontos do que o adversário.

São 3 jogadores capazes de decidir jogos sozinhos e se conseguirem entender-se me campo poderão facilmente ser campeões. Harden entrou na equipa dos Nets com o pé esquerdo (isto é positivo, Harden é canhoto, tal como o autor deste artigo que não quer perpetuar estereótipos contra esquerdos). Em 5 jogos leva 23,6 pontos por jogo, 8 ressaltos por jogo e 12 assistências por jogo. Sim, 12 assistências por jogo, a jogar com um grupo de colegas novo, em jogos com e sem Irving.

Este papel de Harden deixa os fãs da equipa com água na boca. Se James aceitar um papel de facilitador para meter a equipa a funcionar, tudo fica mais fácil. O treinador dos Nets terá um papel fundamental em fazer este conjunto de estrelas funcionar. Steve Nash é uma antiga estrela da NBA e veremos se é o homem certo para levar a equipa a bom porto.

A pressão e uma previsão

A pressão passa toda para o lado dos Nets. Este all-in obriga a equipa a ganhar um título neste ano ou no próximo e algo abaixo disso será considerado um falhanço. Não são a única equipa com esta pressão, mas serão a que tem mais pressão. No Oeste a pressão está do lado dos Clippers, depois do falhanço do ano passado. Os Bucks precisam de forma urgente de chegar a uma final e Giannis precisa de um título o mais rápido possível, para cimentar o seu legado na NBA. Todos com pressão e apenas uma equipa sairá vencedora.

Cabe a Steve Nash equilibrar todos os egos dos Nets (Foto: Sports Rush)

A minha previsão para estes Nets é que vencerão a Conferência Este, ultrapassando os Bucks. Chegando à Final da NBA, irão encontrar certamente uma das equipas de LA e, na minha previsão, essa equipa será os Lakers, atuais campeões em título. A equipa de LeBron James e Anthony Davis jogará com menos pressão e vai acabar por vencer estes Nets. Davis vai dominar a série e ser MVP das Finais e os Nets terão de adiar o sucesso.

Com esta previsão passo a bola para Harden e companhia (desculpam, rapazes, só podem mesmo jogar com uma bola) para contrariarem esta previsão. Como fã dos Thunder que sou, ver Harden e Durant chegar à Final e perder para uma equipa de LeBron James vai trazer-me stress pós-traumático, mas parece-me o mais provável.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter