Clique e saiba tudo o que rolou no MMA em Portugal e no mundo!

Renan BrunacciNovembro 14, 20194min0

Clique e saiba tudo o que rolou no MMA em Portugal e no mundo!

Renan BrunacciNovembro 14, 20194min0
Campeonato Amador de MMA (IMMAF), Strikers League MMA em Carcavelos, UFC, portugueses em ação, cinturões em jogo, tudo o que você precisa saber para ficar atualizado, está aqui...

O fim de ano é sempre muito agitado para os amantes de MMA. Eventos, premiações, combates aguardados em organizações vão chegando e desenrolando o melhor que o ano pode nos oferecer.

Dessa vez não foi diferente. Alguns portugueses apareceram pelos campeonatos que tivemos essas semanas passadas.

Começando pela vizinhança, 09 de Novembro tivemos o Strikers League MMA no Pavilhão dos Lombos em Carcavelos. A divisão de MMA da Strikers League, atrai muitos atletas de modalidades distintas a combaterem no MMA, em busca de coroar o lutador que tem o melhor mix dentro do desporto.

Os grandes vitoriosos da noite foram Bruno Carvalho, Emanuel Reis e Vítor Nobrega.

A luta mais aguardada era do veterano Vítor Nobrega lenda no MMA nacional. Vítor venceu Isaac Dull por decisão unânime em uma luta de tirar o fôlego. Até a porta do Cage eles quebraram devido a intensidade do combate.

IMMAF

No mês de Novembro tivemos a edição anual do IMMAF World Championships Amateur MMA, que foi realizado no Bahrain. Em 2017 Portugal chegou até as finais com Marcos Moreno ou Moreno Hortinha, como é conhecido no mundo das lutas. Infelizmente ou felizmente, ficamos com a medalha de prata na ocasião.

Esse ano, tivemos 3 representantes. Abdul Rahim e Alex Gil lutaram na mesma categoria até 61kgs. Já Rui Morgado competiu uma categoria a baixo. Rui Morgado e Abdul Rahim ficaram com baixa pontuação nos seus primeiros combates e foram eliminados. Já Alex Gil deu muito trabalho, venceu a primeira ronda derrotando o camaronês Victor Ngono após ter encaixado um triângulo de pernas.

Nas Oitavas de Final do Mundial de MMA amador, Gil enfrentou um casca grossa! O russo Magomed Idrisov foi medalha de ouro em Roma com 3 vitórias, e medalha de prata no Mundial do ano passado, com 4 vitórias.

Alex Gil que é da Ilha da Madeira, não conseguiu impor seu jogo, ficou o tempo todo amarrado no bom jogo do russo, e com isso perdeu. A luta foi até o final, ficando nas mãos dos juízes a decisão!

Fonte: IMMAF

MORENO HORTINHA

Nossa revelação do amador de MMA de 2017 Mario Moreno, também entra em ação este mês. No próximo dia 16, Moreno que está a viver e lutar em Luxemburgo vai enfrentar o suíço Anthony Riggio, que tem um recorde relativamente fraco 4-6 e curiosamente já lutou contra Oscar Nave, português que na ocasião vencera o suiço.

UFC

Dia 03 de Novembro o UFC promoveu a luta de um dos maiores nomes da organização. Não pelo cartel de vitórias, mas sim pela história de vida polémica e de altos e baixos.

Nate Diaz voltou ao octógono após muito falar-se sobre seus exames de anti-dopagem.

O UFC 244, trouxe na luta principal uma disputa de cinturão nunca vista antes. O Vencedor entre Jorge Masvidal e Nate Diaz ganharia o cinturão de ”Casca Grossa” da organização(inédito). Após apanhar muito, por 03 rounds, Nate foi obrigado a abandonar a luta, após os juizes e médicos alegarem que seus cortes em torno do olho direito, eram suficientemente profundos, podendo prejudicar sua visão e saúde.

E antes de terminar o ano, o UFC promete… Com alguns eventos ainda para acontecer, o mais aguardado sem duvidas é o UFC 245. Três cinturões estarão em jogo nesta noite.

Amanda Nunes põe o titulo em jogo contra Germaine de Randamie, no co-main event Max Holloway tenta impedir que Alexander Volkanovski, que tem apenas 01 derrota em seu cartel, o tire-o o podium.

E na luta da noite, o nigeriano e uma das sensações do ano de 2019, Kamaru Usman, põe em cheque todo o ano, contra o americano Colby Covington.

Fonte: UFC

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter