Associação Juventude de Viana – Novamente de olhos postos no 5º lugar

José NevesOutubro 4, 20186min0

Associação Juventude de Viana – Novamente de olhos postos no 5º lugar

José NevesOutubro 4, 20186min0
A Associação Juventude de Viana vem de uma época marcada pelas lesões, o que afectou a equipa na obtenção do objectivo proposto. Para esta temporada o objectivo mantém-se o mesmo, conseguirão alcançá-lo?

2017-18 foi uma época bastante atribulada no Pavilhão de Monserrate. Com o objectivo de ombrear com Barcelos e Valongo na luta pelo 5º posto, e com o reforço sonante que era Emanuel Garcia, a Juventude de Viana partia com esperança de terminar o campeonato como a primeira equipa das que não lutam pelo título. Mas várias lesões de jogadores influentes, inclusive uma lesão que ditou o final da carreira precoce de André Azevedo, e a saída do técnico Renato Garrido para a Oliveirense, acabou por levar a equipa de Viana do Castelo a perder pontos importantes e terminar na 7ª posição da tabela.

Emanuel Garcia foi principal reforço da equipa para a temporada passada e mostrou ao longo da época o porquê da aposta da Juventude de Viana em si. O avançado argentino foi o 2º melhor marcador do campeonato com 45 golos apontados, ficando apenas atrás de João Rodrigues que marcou 49, 11 dos quais nas derradeiras duas partidas. Apesar da veia goleadora de Garcia a Juventude de Viana foi uma equipa mais instável no aspecto defensivo, sendo a única equipa da metade superior da tabela a ter sofrido mais de 100 golos no campeonato.

Emanuel Garcia foi o “homem golo” da juventude de Viana (Foto:Paulo Jorge Magalhães/Global Imagens)

Após a saída de Renato Garrido para Oliveira de Azeméis, André Azevedo, que iniciou a época como jogador da Juventude de Viana, acabou-a como treinador principal. Para 2018-19 Azevedo mantém-se à frente dos destinos da equipa vianense, e contará com cinco reforços.

Desde logo com dois regressos à equipa minhota, Gonçalo Suíssas e Luís Viana. Os experientes jogadores foram rivais na luta pela manutenção na temporada passada, com Viana a representar o despromovido Valença, e Suíssas a defender as cores do Braga. Ambos regressam a Viana do Castelo para a época 2018-19, Suíssas parte para a terceira aventura no clube depois de o ter representado por três temporadas entre 2007 e 2010, e por duas épocas em 2015-16 e 2016-17.

O veterano Luís Viana, de 42 anos, foi na temporada passada o principal artilheiro do Valença no campeonato com 22 golos, avança agora para aquela que será também a sua terceira passagem pelo clube minhoto, depois de o ter representado pela primeira vez nas temporadas 2008-09 e 2009-10, e pela segunda em 2013-14 e 2014-15.

Os restantes três reforços da equipa vianense preparam-se para a sua estreia no principal campeonato português. Para a baliza chega o jovem Bruno Guia, guarda redes que na última temporada jogou pela equipa de sub20 do OC Barcelos. Guia deverá desempenhar o papel de 2º guarda redes, voltando a ser Jorge Correia o dono da baliza da Juventude.

De Espanha, mais precisamente do CE Noia, chega o jovem Arnau Xaus. Xaus tem apenas 21 anos e foi um dos jogadores mais importantes da jovem equipa do Noia que na temporada passada terminou a OK Liga na 4ª posição, o que valeu ao clube catalão uma qualificação para a Liga Europeia.

Do hóquei francês chega outro jovem talento, Remi Herman. Uma das principais figuras da geração de ouro do hóquei francês, Remi Herman chega proveniente do Mérignac, uma das principais formações do hóquei gaulês. Na sua última temporada em terras francesas, Herman marcou 28 golos, o que lhe valeu a 4ª posição na tabela dos goleadores.

De saída da equipa de André Azevedo estão, para além do agora técnico que colocou um ponto final na carreira no decorrer da temporada passada, três elementos.

Para além de Azevedo também o histórico guarda redes Paulo Matos pendurou os patins ainda no decorrer da temporada anterior. Paulo Matos ganhou notoriedade com a camisola do OC Barcelos, no início do milénio, tendo feito parte da equipa barcelense campeã nacional em 2000-01.

Emanuel Garcia é a principal saída da equipa minhota. Garcia foi a grande figura da equipa na temporada transacta, como provam os seus 45 golos marcados no campeonato, em 2018-19 Garcia acompanha Renato Garrido e Edo Bosch, e reforça a UD Oliveirense.

Também de saída mas para o campeonato espanhol está João Ramalho, depois de defender as cores de Carvalhos, Candelária e Valongo, o jogador de 25 anos completou a sua primeira temporada ao serviço da Juventude de Viana, tendo apontado 9 golos no campeonato nacional. Em 2018-19 Ramalho será um dos jogadores portugueses a alinhar na OK Liga, ao serviço do PAS Alcoy, equipa com larga tradição com jogadores portugueses. Para além de Ramalho vão também alinhar na 1ª Divisão do pais vizinho João Rodrigues (FC Barcelona), Tiago Rafael (Reus Deportiu) e Renato Castanheira (PAS Alcoy).

Luís Viana regressa a uma casa que bem conhece (Foto: O Jogo)

A Juventude de Viana, na fase preparatória para a época, terminou a Elite Cup na 6ª posição, com o saldo de uma vitória (frente ao HC Turquel por 8-4), um empate (diante do Tomar a 4), e uma derrota (por 3-4 frente ao Valongo). Em torneios anteriores a equipa de André Azevedo já havia defrontado os primodivisionários HC Braga (derrota por 0-1), Riba d’Ave HC (empate a 3), e SC Marinhense (derrota por 4-6). Resultados que estão longe de ser os esperados pelos vianenses nos jogos oficiais, a Juventude de Viana ainda terá algumas arestas por limar até ao início do campeonato.

Campeonato esse que, para a Juventude de Viana, se inicia fora de portas no terreno de um dos candidatos ao título, a Oliveirense. Com um calendário nada fácil para início de temporada, a estreia em casa está marcada para a 2ª jornada, com a recepção a outro dos candidatos, o FC Porto.

Será uma época em que a equipa de Viana poderá partir atrás de Valongo e Barcelos na luta pelo 5º lugar, até pelos adversários das primeiras rondas, e com a ausência de Emanuel Garcia, outras individualidades terão dar o passo em frente e liderar a equipa. Para já na pré-temporada o reforço francês Remi Herman tem sido um dos destaques com 12 golos apontados, veremos se, quando começarem os jogos oficiais, Herman mantém o stick quente.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter