Mundial de Ginástica Acrobática – Portugal de Ouro e Bronze!

Sofia GoulartAbril 12, 20186min0

Mundial de Ginástica Acrobática – Portugal de Ouro e Bronze!

Sofia GoulartAbril 12, 20186min0
As Quinas subiram alto no Mundial de Ginástica Acrobática com alguns pódios conquistados! A nossa análise à prestação de Portugal no MGA 2018

Decorreu, entre os passados dias 4 e 10 de Abril, a décima edição da Competição Mundial por Grupos de Idade (CMGI) de Ginástica Acrobática, na cidade belga de Antuérpia. Portugal fez-se representar uma extensa comitiva, composta por 39 ginastas nos escalões 11-16, 12-18 e 13-19 anos, de seis clubes nacionais diferentes:

ESCALÃO 11-16 anos

Par Feminino

Leonor Ferreira/Mónica Lima – Ginásio Clube Português (GCP)

Mariana Alegre/Leonor Mendes – Acrogym Clube de Coimbra

Par Masculino

Francisco Semedo/Luís Ferreira – GCP

Bruno Asseiceiro/Dinis Cardoso – Sociedade Euterpe Alhandrense (SEA)

Par Misto

Rita Rebelo/Gustavo Sousa – GCP

Catarina Bacelar/Pedro Carvalho – GCP

Grupo Feminino

Matilde Vieira/Margarida Malato/Margarida Sousa – GCP

Bruna Capeto/Teresa Silva/Margarida Félix – (SEA)

 

Foto: FGP

ESCALÃO 12-18 anos

Par Feminino

Marta Oliveira/Beatriz Domingues – GCP

Par Misto

Inês Semedo/Pedro Malato – GCP

Leonor Cartaxo/Tomás Cardoso – GCP

Grupo Feminino

Mariana Rocha/Carolina Monteiro/Joana Rebelo – GCP

Filipa Henriques/Liana Asseiceiro/Maria Gaspar – SEA

ESCALÃO 13-19 anos

Par Masculino

Tomás Filipe/Henrique Branco – Grupo Dramático e Sportivo de Cascais

Fábio Beco/Bruno Ramalho – Gimnofrielas

Par Misto

Madalena Cavilhas/Manuel Candeias – GCP

Grupo Feminino

Rita Ferreira/Beatriz Carneiro/Bruna Gonçalves – Acro Clube da Maia

Foto: FGP

O OLHAR DO FAIR PLAY

Nesta CMGI, verificou-se uma competição marcada pela presença de muitos pares e grupos dos vários escalões e categorias, reunindo-se todos os elementos para uma prova muito renhida e disputada. Foi uma prova marcada pela estreia de vários jovens ginastas portugueses nos palcos mundiais da modalidade. À semelhança do que tem sido hábito, os atletas portugueses apresentaram esquemas excelentes, sem falhas e com pontuações altas.

Após a fase das qualificações, a seleção portuguesa alcançou as finais em todas as categorias que participou. Em virtude da regra ‘’apenas um grupo/par por país’’, nas especialidades em que havia dois pares ou grupos femininos, somente um pôde seguir para a final.

O grande destaque vai para as medalhas conquistadas pela seleção lusitana neste Mundial. No escalão 11-16 anos, em pares femininos, as ginastas Leonor Mendes e Mariana Alegre tiveram um desempenho fantástico na final, obtendo uma pontuação de 27.700 pontos no exercício de dinâmico, prestação que lhes valeu a MEDALHA DE BRONZE! Parabéns às jovens ginastas, aos respetivos treinadores e ao Acrogym Clube de Coimbra.

Recordemos que a Leonor e a Mariana estiveram presentes no último campeonato da Europa, que se realizou em Outubro de 2017.

Foto: FGP

No escalão de 12-18 anos, o par misto composto pelos ginastas Tomás Cardoso e Leonor Cartaxo, após realizar uma fase de qualificação irrepreensível (no esquema de equilíbrio, obtiveram a nota elevadíssima de 29,050 pontos!), apresentou na final um esquema de combinado de alto nível, cujo desempenho lhes valeu 28.000 pontos, classificando-se no terceiro lugar do pódio.

Foto: FGP

No escalão de 13-19 anos, em pares mistos, Manuel Candeias e Madalena Cavilhas, medalhados com bronze no último campeonato da Europa, alcançaram o 5º lugar na classificação geral final, com 27.800 pontos, garantindo o passaporte para os Jogos Olímpicos da Juventude, que se irão realizar na Argentina entre os dias 6 e 18 de Outubro de 2018, naquela que será a primeira vez em que a ginástica acrobática será acolhida neste evento.

Foto: FGP

Nos grupos femininos juniores, o trio maiato, composto por Rita Ferreira, Beatriz Carneiro e Bruna Gonçalves sagraram-se CAMPEÃS DO MUNDO! O trio, que tinha passado à final em 1º lugar após uma qualificação impecável, apresentaram o esquema de combinado, somando 29.050 pontos.

Esta é a primeira vez em que um trio português alcança um feito semelhante! Recorde-se que a Beatriz e a Rita integravam o trio que, no Europeu de 2017, conquistaram três medalhas de ouro em três finais possíveis! Parabéns às meninas do Acro Clube da Maia!

Foto: FGP

Mais uma vez, Portugal volta a dar cartas nos grandes palcos internacionais do desporto. Nesta modalidade, em que tradicionalmente países como a Rússia, Inglaterra e Bélgica, entre outros, se apresentavam como os principais candidatos às medalhas, a verdade é a realidade vai sendo outra, contribuindo Portugal para esse cenário, como bem tem demonstrado.

Fruto de um grande trabalho dos ginastas, dos respetivos familiares, dos seus treinadores e dos clubes, a seleção portuguesa só tem motivos de orgulho relativamente ao desempenho dos seus ginastas nas últimas competições internacionais.

RESULTADOS DAS QUALIFICAÇÕES E DAS FINAIS

ESCALÃO 11-16 anos

Par Feminino

Leonor Ferreira/Mónica Lima – 54.650 nas qualificações, 5º lugar

Mariana Alegre/Leonor Mendes – 27.700 pontos, 3º lugar

Par Masculino

Francisco Semedo/Luís Ferreira – 26.900 pontos na final, 4º lugar

Bruno Asseiceiro/Dinis Cardoso – 51.200 pontos na qualificação, 6º lugar

Par Misto

Rita Rebelo/Gustavo Sousa – 26.850 pontos na final, 6º lugar

Catarina Bacelar/Pedro Carvalho – 51.100 pontos na qualificação, 9º lugar

Grupo Feminino

Matilde Vieira/Margarida Malato/Margarida Sousa – 27.800 pontos na final, 6º lugar

Bruna Capeto/Teresa Silva/Margarida Félix – 52.850 pontos na qualificação, 13º lugar

ESCALÃO 12-18 anos

Par Feminino

Marta Oliveira/Beatriz Domingues – 26.000 pontos na final, 7º lugar

Par Misto

Inês Semedo/Pedro Malato – 54.300 pontos na qualificação, 5º lugar

Leonor Cartaxo/Tomás Cardoso – 28.000 pontos na final, 3º lugar

Grupo Feminino

Mariana Rocha/Carolina Monteiro/Joana Rebelo – 53.500 pontos na qualificação, 13º lugar

Filipa Henriques/Liana Asseiceiro/Maria Gaspar – 27,050 pontos na final, 8º lugar

ESCALÃO 13-19 anos

Par Masculino

Tomás Filipe/Henrique Branco – 27.300 pontos na final, 4º lugar

Fábio Beco/Bruno Ramalho – 53.350 pontos na qualificação, 6º lugar

Par Misto

Madalena Cavilhas/Manuel Candeias – 27.800 pontos, 5º lugar

Grupo Feminino – Rita Ferreira/Beatriz Carneiro/Bruna Gonçalves – 29.050 na final, 1º lugar


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter