Liga Placard 2019/2020: As melhores transferências até ao momento

Pedro AfonsoJulho 23, 20194min0

Liga Placard 2019/2020: As melhores transferências até ao momento

Pedro AfonsoJulho 23, 20194min0
O Fairplay analisou as mais movimentações de mercado no Futsal até ao momento e traz as 4 melhores transferências para a próxima Liga Placard 2019/2020

A nova época da Liga de Futsal (agora Liga Placard) aproxima-se e o nível de competitividade está mais alto que nunca. Com o Campeão Europeu em título na Liga e o título de Campeões Europeus de Seleções, é responsabilidade dos clubes portugueses demonstrar o porquê de podermos ser considerados a maior potência europeia na modalidade. Abaixo, uma seleção das movimentações de mercado mais interessantes até ao momento.

Paulo Ferreira (Futsal Azeméis)

A equipa de Oliveira de Azeméis tem apresentado, ao longo dos últimos anos, equipas altamente competitivas e recheadas de bons valores. Jogadores como Cristiano, Eli Junior, Arnaldo Pereira e Nandinho fizeram parte de vários plantéis que, desde a subida do clube em 2015/2016, contribuíram para as presenças constantes nos Play-offs de Apuramento de Campeão. No entanto, os comandados de Canavarro falharam o objetivo este ano, ficando num modest 9º lugar, aquém das expectativas do clube.

Um dos troféus ganho na Roménia ao serviço do Deva (Fonte: Romanian Insider)

Um dos reforços mais sonantes para esta época é o de Paulo Ferreira, jogador romeno de origem portuguesa, com longas passagens pelo País que agora representa, bem como passagens pelo futsal francês (ao serviço do Lyon Futsal), espanhol (ao serviço do Gestesa Guadalajara) e até pelo português (com passagens por clubes como o Freixieiro, Modicus e Rio Ave). Atuando como Universal, dará consistência a um clube que necessita de um líder experiente para conduzir a equipa a maiores voos.

Márcio Moreira (SC Braga/AAUM)

Uma das pérolas escondidas da antiga Liga SportZone, Márcio Moreira é um caso de estudo de um jogador com uma enormíssima qualidade e que demorou a dar o “salto” para um clube dito grande. O ala de 29 anos, natural de Matosinhos, passou as últimas 4 épocas ao serviço do AD Fundão, assumindo-se como peça fulcral para as boas campanhas dos beirões nas últimas épocas.

Um dos Campeões da Europa de 2018 (Fonte: Jornal do Fundão)

Dotado de uma velocidade estonteante e uma capacidade acima da média no 1×1, Márcio Moreira é uma aposta segura do Braga, que necessita de se reforçar se pretende manter o nível de outrora. A falta de investimento em reforços de qualidade inegável tem deixado marca no trabalho de Paulo Tavares. A manutenção de Nilson, Tiago Cintra, Vítor Hugo e outros elementos preponderantes, bem como esta aposta mais segura, podem ser as chaves do regresso à glória de outrora do clube minhoto.

Taynan da Silva (Sporting CP)

O atual campeão da Europa é conhecido pela sua enorme capacidade de ataque ao mercado e este reforço vem demonstrar isso mesmo. Após ter falhado a conquista do Campeonato Nacional, o Sporting CP sentiu a necessidade de revitalizar a equipa, deixando sair alguns dos seus jogadores mais velhos, como Pedro Cary e André Sousa, bem como outros elementos, como Dieguinho, para dar espaço a jogadores estrangeiros, num jogo delicado que é requerido pela FPF.

Taynan é uma contratação soberba por parte do clube leonino, reforçando-se com um ala de qualidades inegáveis, de apenas 26 anos, conferindo alguma consistência defensiva no seu duplo papel de fixo e ala. O internacional cazaque fez parte da equipa que foi derrotada na final da UEFA Futsal Champions League pelo Sporting CP e irá fortalecer um dos grandes clubes da Europa.

Fernando Drasler (SL Benfica)

O atual campeão Nacional tem vindo a reforçar-se com qualidade ao longo dos últimos anos, tentando fazer frente a uma óbvia hegemonia leonina. O título conquistado na época passada é um culminar de um processo evolutivo e sobre o qual os dirigentes encarnados sentem que devem trabalhar. A aposta em Fernando Drasler demonstra isso mesmo.

Uma aposta segura dos encarnados (Fonte: SAPO Desporto)

Fixo importante na caminhada até à final do Play-off de Apuramento de Campeão espanhol, pelo ElPozo Murcia, Fernando surge como o substituto natural de Marc Tolrà, que seguiu em caminho contrário. Tolrà nunca foi capaz de se adaptar verdadeiramente ao sistema de Joel Rocha e a chegada de Fernando permitirá colmatar uma lacuna defensiva deixada por Fernando Wilhelm, que apenas André Coelho conseguiu preencher. Um reforço interessante para uma equipa que necessita de mais contratações se pretende ombrear com o Sporting CP mais uma época.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter