Altura de fazer o ponto de situação na Liga Sport Zone

Rafael RaimundoMarço 27, 20185min0

Altura de fazer o ponto de situação na Liga Sport Zone

Rafael RaimundoMarço 27, 20185min0
A Liga Sport Zone está a entrar na reta final da fase regular e o Fair Play está atento ao que vai acontecer nos principais pavilhões por todo o país.

Está a aproximar-se o final da fase regular do campeonato. O primeiro lugar à partida será do Sporting CP e o SL Benfica a ocupar a segunda posição na tabela. Entre o pódio da fase regular e o quarto posto, Braga AAUM e Módicus/Glassdrive disputam entre si, contudo, a luta pela melhor classificação será até ao fim. Um terceiro lugar garante, teoricamente, um adversário mais acessível na primeira ronda a eliminar. Quatro pontos separam as duas equipas.

Logo a seguir à equipa do Módicus surge o Futsal Azeméis na luta para tentar fazer a melhor classificação possível.

Bem mais entusiasmante está a luta pelos últimos três lugares que dão acesso à fase final. Na corrida por um lugar estão Quinta dos Lombos, Os Belenenses, o Fundão e a Burinhosa, com a equipa do Unidos Pinheirense a aparecer com 23 pontos, menos dois do que as quatro equipas antes referenciadas.

O que espera a cada equipa na luta pela final eight

Começando pela Quinta dos Lombos, a 6ª classificada da Liga Sport Zone, a equipa tem cinco jogos muito complicados. Das cinco equipas adversárias apenas o Leões de Porto Salvo e o Fundão estão atrás na tabela classificativa. Uma visita a Braga e a recepção ao Benfica na penúltima e última jornada, respectivamente, promete um final de campeonato complicado para a equipa treinada por Rodrigo Barreiros.
A equipa de Belém tem o jogo mais difícil na penúltima jornada ao deslocar-se até ao pavilhão João Rocha para defrontar o campeão nacional Sporting. Os outros jogos serão contra o Unidos Pinheirense, G. D. Fabril, Rio Ave e Leões de Porto Salvo. Teoricamente, e refletindo as posições na tabela classificativa, Os Belenenses tem um calendário acessível para garantir um lugar na fase final com relativa tranquilidade.
Entre partidas contra o antepenúltimo e último classificado, G. D. Fabril e Cd Aves, o Fundão terá ainda de enfrentar três adversários diretos na luta por um lugar que desde logo garanta a manutenção. Quinta dos Lombos, Burinhosa e Unidos Pinheirense são os adversários mais complicados.
Por fim a Burinhosa. A equipa do concelho de Alcobaça surge numa posição que já não dá acesso à final eight porém, a equipa tem os mesmos pontos que 6º, 7º e 8º classificado. Para a equipa treinada por Alex Pinto, os últimos jogos vão exigir uma equipa numa excelente forma. A equipa recebe o Sporting já na próxima jornada, e entre a deslocação até ao sempre complicado campo do Leões de Porto Salvo – o Benfica que o diga – e ao atual 4º classificado, Futsal Azeméis, recebe ainda o Fundão e termina a fase regular com um jogo no seu pavilhão frente ao Braga AAUM.
Logo a seguir à equipa da Burinhosa está o Unidos Pinheirense e o Rio Ave, com 23 e 21 pontos respectivamente, que também querem ter uma palavra a dizer, bem como o G. D. Fabril e o Leões de Porto Salvo que, ainda que tenham apenas 19 e 18 pontos somados, também aspiram uma classificação superior na tabela.

Menor diferença entre os rivais

Há cerca de dois meses escrevemos aqui que os adeptos podiam estar descansados que brevemente o Benfica iria voltar a pôr à prova a equipa de Nuno Dias. Dito e feito.
Como foi possível observar no jogo logo após a conquista do campeonato europeu por parte de Portugal, o Benfica e Sporting estão agora com níveis exibicionais mais próximos. Certo é que não será fácil para o Benfica atingir a dinâmica já existente no Sporting. As movimentações estão mais que interiorizadas pelos jogadores e os próprios fazem jus à máxima de que “já quase jogam de olhos fechado”. Embora as exibições últimas não tenham sido das mais entusiasmantes, algumas lesões afetaram o plantel, a equipa permanece sempre ao mais alto nível. A final four da Uefa Futsal Cup pode ser o concretizar do sucesso de uma forma de jogar cuja intensidade é elevadíssima.
Já para os encarnados, a chegada de Fernandinho bem como a veia goleadora de Deives, são alguns dos pontos fundamentais na viragem “tática” dos encarnados. A menor dependência dos lances característicos do russo Robinho é também evidência dessa nova dinâmica no jogo da equipa treinada por Joel Rocha.
O Braga AAUM – que é à partida a única equipa com hipóteses de o fazer – a intrometer-se de novo na luta pelo título só engrandecia a modalidade, porém, este ano acreditamos na reedição das finais que ao longo dos anos têm sido comuns. O campeão vai sair do sempre emocionante jogo entre os rivais da 2ª circular.

Fotografia: Facebook Braga AAUM

Contudo, até lá ainda há muito por decidir. Entre o fim do campeonato regular, o duplo compromisso de seleções, a final four da Uefa Futsal Cup para o Sporting e ainda a final eight da Taça de Portugal muita coisa vai acontecer. O Fair Play, uma vez mais, promete continuar a seguir com toda a atenção o panorama do futsal nacional e também internacional.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter