ELF: Liga europeia vai organizar jogo de All-Star contra seleção americana

Miguel Veloso MartinsJulho 23, 20213min0

ELF: Liga europeia vai organizar jogo de All-Star contra seleção americana

Miguel Veloso MartinsJulho 23, 20213min0
Uma semana depois da grande final da European League of Football, a temporada chegará oficialmente ao fim com um jogo de All-Star dos melhores jogadores da liga contra a seleção nacional americana. Sabe tudo sobre o evento que vai encerrar a primeira temporada da liga europeia.

A grande final da European League of Football acontecerá no dia 26 de setembro na MERKUR SPIEL Arena em Düsseldorf, mas a época não termina aqui. O culminar de uma temporada de jogos entusiasmantes virá uma semana depois na capital alemã. No domingo dia 3 de Outubro, a liga irá organizar o seu primeiro jogo All-Star, onde enfrentará a seleção nacional dos EUA no Friedrich-Ludwig-Jahn Sportpark de Berlim.

O Friedrich-Ludwig-Jahn Sportpark consegue receber 19,708 adeptos nas suas bancadas e é um dos estádios mais emblemáticos do futebol americano na Europa. Durante 1999 e 2002, o estádio da capital alemã foi a casa da equipa profissional da NFL Europe, Berlin Thunder. Mais tarde, em 2004, tornou-se na casa dos Berlin Adler, uma equipa semi-profissional que representou a capital na GFL. Aqui começa a história do estádio na perseverança do futebol americano alemão após o cancelamento da NFL Europe.

O Friedrich-Ludwig-Jahn Sportpark tornou-se simbólico de grandes finais, sendo anfitrião de todas as German Bowls entre 2012 e 2018, assim como  de uma Euro Bowl em 2014. O regresso do futebol americano no seu mais alto nível no continente europeu, sem dúvida trará memórias para os dias de glória no estádio de Berlim. Quem sabe se este evento não servirá como o momento certo para anunciar um possível regresso dos Berlin Thunder ao Friedrich-Ludwig-Jahn Sportpark.

Os Estados Unidos são os campeões mundiais – tendo já participado e conquistado o ouro três vezes: no Japão em 2007, na Áustria em 2011 e na Copa do Mundo em 2015. O próximo torneio será disputado na Austrália em 2023. Nos Jogos Mundiais de 2017 na Polónia, os EUA conquistaram a medalha de bronze, a vitória foi da França na final contra a Alemanha.

Zeljko Karajica e Patrick Essume mais tarde revelaram mais detalhes durante um livestream no Instagram da liga europeia. A equipa de All-Stars da ELF será selecionada pelos adeptos e treinadores da competição. O voto dos adeptos deverá valer 50% do processo de seleção, sendo os restantes 50% representativos do voto dos treinadores. Os votos vão-se iniciar após o final deste fim-de-semana de jogos (24 e 25 de Julho).

Apesar do jogo de All-Star ocorrer apenas no domingo, a ELF está a planear um fim-de-semana recheado de eventos. As celebrações vão se iniciar na sexta-feira, dia 6 de Outubro, com uma gala de prémios. A cerimónia vai galardoar os sucessos da temporada anterior, incluindo prémios por posição, MVP e melhor treinador.

Os responsáveis da liga revelaram ainda que existe a possibilidade de um kicker famoso representar a equipa americana. Existe ainda a possibilidade de vermos o ex-jogador da NFL, Björn Werner, a representar a equipa de All-Star na mesma posição. Quanto às regras para a formação do plantel All-Star, a ELF vai manter a mesma regulação relativa a jogadores americanos que utilizou durante toda a temporada. A equipa apenas deverá contar com 4 atletas americanos, 2 no ataque e 2 na defesa. Já no plantel americano, existe a possibilidade dos jogadores americanos da ELF, que não foram selecionados para a equipa All-Star, serem elegíveis para representar a seleção americana.

Os bilhetes para o evento já estão à venda na Ticketmaster. Os bilhetes mais baratos rondam os 30€ e os mais caros 199€ oferecendo uma experiência VIP. Quanto a transmissões televisivas, a liga ainda está em negociações, mas o comissário da ELF promete uma transmissão no site da liga para todo o mundo.

Não percas o ELF All-Star Game no dia 3 de Outubro.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter