Habemus Mundial de Ralis

Francisco da SilvaJulho 24, 20203min0

Habemus Mundial de Ralis

Francisco da SilvaJulho 24, 20203min0
Depois de 3 provas disputadas, o Mundial de Ralis foi suspenso devido ao surto COVID-19. Entretanto, o calendário da competição foi revisto e regressa em setembro no Rali da Estónia.

O Mundial de Ralis, tal como todas as atividades desportivas, foi temporariamente suspenso por tempo indeterminado devido aos efeitos colaterais do surto de COVID-19. As consequências da pandemia foram nefastas para várias etapas. Chile (adiado por razões políticas), Argentina, Portugal, Quénia, Finlândia, Nova Zelândia e País de Gales outrora presentes no calendário inicial do Mundial de Ralis deixaram de ter a oportunidade de presentear os seus aficionados com os melhores pilotos do Mundo no asfalto e na gravilha.

A temporada de 2020 tinha tudo para ser uma das mais espetaculares da história recente do Mundial de Ralis, contudo, o surto pandémico COVID-19 cancelou o regresso da competição a África e à Nova Zelândia. Para fazer face ao imprevisto e não deixar a temporada terminar sem qualquer vencedor individual ou coletivo, a organização refez o calendário do Mundial de Ralis.

Após as 3 primeiras provas da competição, Thierry Neuville (Hyundai Shell Mobis) venceu em Monte-Carlo, Elfyn Evans (Toyota Gazoo Racing) venceu na Suécia e Sébastien Ogier (Toyota Gazoo Racing) venceu no México. Face aos resultados extremamente competitivos da tripla Ogier-Evans-Rovanperä a formação nipónica da Toyota Gazoo Racing domina a classificação de construtores com 110 pontos, mais 21 do que a Hyundai Shell Mobis e mais 45 pontos do que a M-Sport Ford. Na classificação individual, Sébastien Ogier lidera com 62 pontos, mais 8 do que o seu companheiro de equipa Elfyn Evans e mais 20 pontos do que o belga Thierry Neuville. Destaque positivo também para a estreia do talentoso Kalle Rovanperä que soma já 40 pontos e encontra-se à frente do atual detentor do título Ott Tänak, que depois de um violentíssimo acidente em Monte-Carlo ficou em 2º lugar tanto na Suécia como no México e soma 38 pontos.

O regresso do Mundial de Ralis irá ter lugar na Estónia, que não estava no calendário inicial da competição, sendo bastante aguardado por todos os aficionados do asfalto e da gravilha que certamente sentirão na temporada de 2020 um sabor bastante agridoce. Se por um lado as expectativas para 2020 eram elevadíssimas, a realização de pelo menos 8 provas acaba por ser um mal menor em detrimento de não termos qualquer vencedor individual ou coletivo depois de tanto esforço dos organizadores, anfitriões e construtores.

CALENDÁRIO WRC 2020

Prova 1: Rali de Monte-Carlo, 23 a 26 de janeiro

Prova 2: Rali da Suécia, 13 a 16 de fevereiro

Prova 3: Rali do México, 12 a 15 de março

Prova 4: Rali da Estónia, 4 a 6 de setembro

Prova 5: Rali da Turquia, 24 a 27 de setembro

Prova 6: Rali da Alemanha, 15 a 18 de outubro

Prova 7: Rali da Sardenha, 29 de outubro a 1 de novembro

Prova 8: Rali do Japão, 19 a 22 de novembro

Calendário do Mundial de Ralis revisto (Fonte: WRC)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter