All In do Benfica para lutar pelo título nacional no andebol

João de MatosJulho 30, 20204min0

All In do Benfica para lutar pelo título nacional no andebol

João de MatosJulho 30, 20204min0
A secção de andebol de Benfica, já começou a limpeza geral de balneário e a preparar a época 20/21 com muitas caras novas, que lutarão pelo título nacional de Andebol 1. 
Overview
A secção de andebol de Benfica, já começou a limpeza geral de balneário e a preparar a época 20/21 com muitas caras novas, que lutarão pelo título nacional de Andebol 1. 
0%
Summary

A secção de andebol de Benfica, já começou a limpeza geral de balneário e a preparar a época 20/21 com muitas caras novas, que lutarão pelo título nacional de Andebol 1. 

Overall score 0%
0 min100

A secção de andebol de Benfica, já começou a “limpeza” geral de balneário e a preparar a época 20/21 com muitas caras novas, que lutarão pelo título nacional de Andebol 1.

Ole Rahmel, ponta alemão de 30 anos, é o mais recente reforço para a equipa de andebol do Benfica, “Já conhecia o Benfica e agora estou muito feliz por estar aqui, num enorme clube Europeu. Estou muito orgulhoso”, congratulou-se, em declarações à BTV. Aos 30 anos, esta será a primeira experiência de Rahmel fora da Alemanha, onde nas três últimas épocas alinhou no THW Kiel, recordista de títulos no campeonato germânico, com 21 troféus conquistados, e uma das mais fortes equipas europeias.

“Estou feliz por poder jogar noutra Liga, quero começar a aprender português e quero saber tudo, conhecer a cultura, tudo… É uma espécie de aventura para mim, mas o desporto vem em primeiro lugar. Quero ter sucesso num clube como o Benfica, que é dos melhores clubes desta Liga. Isso é o mais importante para mim”, realçou.

Fonte: slbenfica.pt

Outra cara nova para o clube da Luz é o internacional esloveno Matic Suholeznik, pivot de 25 anos, que alinhou durante as últimas duas temporadas no Dunquerque, da primeira divisão francesa, considerou que “o Benfica é um clube espetacular e tem tudo o que os melhores clubes do mundo têm”. “Quero melhorar como jogador. Quando as pessoas do Benfica me apresentaram o projeto, imaginei-me dentro do mesmo. O clube está a fazer um trabalho muito bom para tentar juntar um bom grupo de jogadores no plantel”, observou.

Mohamadou Keita, franco-maliano de 25 anos, é também reforço da equipa de andebol do Benfica. “O Benfica é um grande clube, com muita história, muitas vitórias, e estou muito feliz por estar aqui e representá-lo. Espero ganhar muitos títulos”, disse o jogador, proveniente do Ivry, clube francês que representou nas últimas cinco temporadas. Keita, de 25 anos, começou a carreira no CSM Finances, antes de em 2015 se mudar para o Ivry, clube do principal campeonato de França, pelo qual alinhou nos últimos cinco anos.

Outra aposta do Benfica é o lateral esquerdo, Arnau García, reforço espanhol, de 26 anos, estreia-se em Portugal depois de três épocas no Toulouse (França). “Estou muito feliz por estar aqui. Há vários jogadores espanhóis que já jogaram aqui no Benfica e que me falaram muito bem do clube. Neste momento estamos na fase dos testes médicos e já estou encantado com todas as condições que tenho visto… Creio que este vai ser um bom ano para o Benfica”, disse à BTV.

A equipa de andebol do Benfica irá iniciar os trabalhos de pré-temporada no próximo dia 3 de agosto, no pavilhão N.º 2 da Luz. Os dias anteriores serão dedicados à realização dos habituais exames médicos e testes físicos aos atletas, informa o clube. A época 2020/2021 arranca oficialmente no final de agosto, com a participação na primeira ronda de qualificação da EHF European League. Os jogos estão previstos para 29 e 30 de agosto – o adversário será conhecido a 28 de julho. A estreia no Campeonato Nacional está marcada para 12 de setembro, com a receção ao Águas Santas.

O Benfica vai defrontar os austríacos do Fivers na primeira ronda de qualificação da EHF European League, e o Belenenses terá pela frente os eslovenos do RK Trimo Trebnje, determinou o sorteio da competição europeia de andebol. As duas equipas portuguesas jogam primeiro em casa e a segunda mão fora, com a eliminatória agendada provisoriamente para as datas de 29 de agosto e 5 de setembro. Após duas rondas de qualificação, a fase de grupos contará em outubro com 24 equipas, 12 provenientes das rondas preliminares e 12 já qualificadas, e a competição terminará com a final em maio de 2021. Como analisou João Pais, jogador dos encarnados

“A EHF European é uma nova competição, com clubes fortes desde a primeira ronda, mas penso que o sorteio foi favorável. Evitámos o PAUC Handball, que penso ser a equipa mais forte do pote 2.”

Em declarações à Federação Europeia de Andebol (EHF), o ponta português disse ainda que a competição é um dos objetivos do clube para a época 2020/21 e que o seu início permitirá também preparar o campeonato com “grande intensidade”.

Fonte: Kevin Domas / Panoramic

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter